(Chile) Investigaciones policiales carentes de pistas sobre los integrantes de ITS

Desde la prensa chilena, las noticias recientes sobre las investigaciones de las agencias de seguridad en lo que respecta al fiero atentado contra el gigante de la minería en el sur del continente, reivindicado por la “Horda Mística del Bosque”, grupo de ITS en Chile.

¡Porque lo que hacen los grupos eco-extremistas ES una GUERRA REAL contra la civilización, y NO niñerías!

¡Adelante Mafia de ITS!

 

 

(Chile) “Ni insensatos ni dementes”

Desde que comenzó todo el circo mediático relacionado con el formidable atentado de ITS-Chile, una camada de “expertos”, politicastros, intelectualoides, reporteruchos, miserables hippies ambientalistas, arrogantes derechistas, pretenciosos empresarios, bufones izquierdistas, ciudadanos indignados, y demás basura, siguen hasta ahora, vertiendo una muy divertida lluvia de suposiciones, falsa información y vomitivas declaraciones, sobre lo que para ellos es el Eco-extremismo.

Dicen que los eco-extremistas somos un “invento de la derecha”, que somos una “cortina de humo”, que somos “adolecentes con mucho sufrimiento”, “que somos anarquistas”, que somos una “estrategia del pinochetismo”, que nuestras palabras son “de película”, solo falta que digan que somos igual de “atractivos” que los protagonistas de 12 monos ¡¡JA!!

Son contados los medios que han analizado de manera seria, (basándose en toda nuestra propaganda escrita y audiovisual) nuestra tendencia, como la nota que ponemos abajo.

Los ignorantes van a seguir escupiendo pendejadas, los indignados seguirán dejando comentarios de risa, los medios seguirán teniendo más preguntas que respuestas, los policías chilenos pensarán en descartar la reivindicación de ITS-Chile al ser incapaces de llevar ante su justicia a los orgullosos responsables, así como ha pasado con ITS de México, Argentina y Brasil, lugares en donde se ha subestimado el actuar eco-extremista, síganlo haciendo, tarde o temprano ITS volverá con otro atentado terrorista, y continuará siendo, su pesadilla…


¿Qué es el Eco-extremismo?

Análisis de Individualistas Tendiendo a lo Salvaje

(…)

Lo que hemos expuesto -salvo las notas al pie y referencias de prensa-, está tomado directamente de las publicaciones de ITS. Si bien es un resumen escueto, permite realizar el siguiente análisis ideológico, y su correspondiente correlato político y fáctico: El Eco-extremismo que propugna ITS es, en esencia, una nueva expresión del Nihilismo como fundamento filosófico y del Eco-pesimismo como doctrina base. Es un Neo-Nihilismo.

(…)

Así que como hemos visto, no se trata de “Anarquistas”: están mucho más lejos que la mera abolición del “Principio”… su objetivo es “Nada”. “Nada Humano”. Es más, parafraseando a Emile Cioran, “si tuviesen el poder, destruirían al hombre y limpiarían de la Tierra su huella”. Como vemos, no son tontas “narrativas adolescentes”: son narrativas densas y complejas, con fundamentos consistentes, e incluso horrendamente coherentes en su absoluta búsqueda de la Nada.

No “carecen de programa político”, todo lo contrario, su programa es la acción directa, sistemática, sin cuartel ni tregua contra sus objetivos, “renunciando incluso a pensar en mañana”. Su política es ahora, siempre, y su –en palabras del Subsecretario Aleuy–, “extraña denominación”, refleja exactamente su ideología: son, precisamente, “Individualistas Tendiendo a lo Salvaje”.

Son extremadamente formales en sus convicciones, al punto de nunca renunciar a su propia anti-naturaleza humana, llegando así a postular el suicidio como salida formal final. En sus concepciones, no hay ni víctimas ni victimarios, ni culpables ni inocentes, ni civilizados ni incivilizados, sino “no-civilizados”.

Por lo anterior, “Individuos Tendiendo a los Salvaje” no son, como los calificó el Subsecretario Aleuy, “bárbaros”, concepto que los griegos acuñaron para denominar a los persas, remedando irónicamente su habla: “bar-bar”, un término que posteriormente fue utilizado por algunos antropólogos quienes denominaron “barbarie” a un estadio de evolución cultural de las sociedades humanas, intermedio entre el salvajismo y la civilización…

Como ITS afirmó en su comunicado: “Somos una Horda de salvajes eco-extremista, nihilistas y egoístas, estamos por el caos total en la civilización y la proliferación de la delincuencia”.

Y por último, NO “le tienen más animadversión a la gente que era de la Concertación que a la misma gente de derecha”: les da exactamente lo mismo si asesinan a alguien de derecha, de izquierda, de arriba, de abajo, negro, blanco, chino, judío, palestino, heterosexual, homosexual, hombre o mujer, niño o anciano, discapacitado o campeón olímpico, pobre o rico, tonto o inteligente. Para ellos, cualquier Humano civilizado merece estar muerto.

Como señaló ayer el presidente de la Corte Suprema, Hugo Dolmestch:

“Es de esperar que las autoridades que correspondan hagamos el máximo esfuerzo por aclarar este delito, que puede dar inicio a una escalada…”, sosteniendo que el atentado “es de una gravedad tremenda, que nos puede cambiar la historia delictual y política en Chile”.

Es probable que a usted todo esto le pueda parecer una completa locura, propia de “insensatos o dementes”… Pero no lo son.

Se trata de jóvenes, de adultos jóvenes, completamente lúcidos, cuerdos y cabales. No están ni locos ni enfermos. No son ni tontos ni incultos. Al contrario. Todos sus textos, y en particular sus trabajos historiográficos, antropológicos e ideológicos, revelan mucha formación intelectual y pensamiento complejo… incluso cuando se expresan con faltas de ortografía evidentes.

Y lo más importante: se definen como terroristas –no en cuanto al uso del “terror por sí mismo”, sino su uso como “propaganda por el hecho”  –, ellos mismos se consideran extremadamente peligrosos, y advierten que no van a detenerse, no van a arrepentirse y nunca, nunca se rendirán.


LEE COMPLETO EL ANÁLISIS:

http://www.biobiochile.cl/noticias/nacional/chile/2017/01/18/que-es-el-eco-extremismo-analisis-de-individualistas-tendiendo-a-lo-salvaje.shtml

https://es.scribd.com/document/336947193/Un-Analisis-a-Individualistas-Tendiendo-a-Lo-Salvaje#download&from_embed

OTRO VIDEO DE LA PRENSA:

http://www.t13.cl/videos/nacional/las-redes-del-grupo-atentado-oscar-landerretche

(Chile) El atentado a Landerretche fue una acción bastante más planificada: Fiscal

Desde la prensa chilena esta nota que consta la dificultad que ha presentado el atentado contra el miserable de Codelco. Resalta también el espanto de la clase política ante esto.

Como dijimos con anterioridad, la sociedad, y las autoridades en Chile no saben aún a que se enfrentan realmente con la amenaza eco-extremista…


photo_876_jesrti

17 de enero

El presidente de la Corte Suprema, Hugo Dolmestch, llamó a realizar un máximo esfuerzo para aclarar con prontitud el atentado explosivo que sufrió el viernes pasado el presidente del directorio de Codelco, Óscar Landerretche, en su domicilio de La Reina.

Dolmestch sostuvo este martes que lo ocurrido era de una gravedad tremenda, novedoso en la historia de Chile y advirtió que podría dar paso a una escalada sin límites que afecte la imagen del país.

“Me parece de la máxima gravedad, estamos muy conmovidos por esto y esperamos que se vaya a aclarar para que no se vaya a repetir”, expresó.

Indicó que “puede dar inicio a una escalada que no sabemos hasta dónde puede llegar y es de una gravedad tremenda, es casi novedosa para Chile y si nosotros no podemos lograr su aclaración y su sanción, podemos promover su repetición y eso es muy grave”.

“Podemos estar siendo vistos como que estamos cayendo en una escalada”, recalcó el presidente del máximo tribunal del país.

Fiscal: “Es una acción bastante planificada”

En el marco de la investigación que lleva el Ministerio Público, se está a la espera de los resultados de los primeros peritajes realizados al artefacto explosivo, también determinar si existen evidencias genéticas y el análisis tanto del entorno del domicilio como en la sucursal de Chilexpress de San Joaquín, donde el objeto estuvo unas 24 horas antes de ser enviado a la casa de Landerretche.

El fiscal Raúl Guzmán sostuvo que “aún no nos llegan los informes policiales que den cuenta de las diligencias realizadas en la agencia o dependencias desde donde se envió este paquete, de modo tal que una vez que llegue este informe tomaremos conocimiento de aquello”.

“Efectivamente, esta es una acción bastante más planificada, un elemento mucho más sofisticado de lo que hemos conocido hasta ahora, lo que da cuenta que aquí ha habido una evolución también en quienes participan en este tipo de acciones violentas y terroristas”, sentenció.

En paralelo, el fiscal nacional Jorge Abbott hizo un llamado a modificar la Ley Antiterrorista, aseverando que esta no entrega grandes ventajas para la investigación

(pt) Chile – Vigésimo primeiro comunicado de Individualistas Tendendo ao Selvagem: reivindicação de atentado contra Landerretche

foto_1220170114095234

(…) “Para mim a raça humana deveria ser aniquilada (…) (…) Dado que considero que o ser humano é o maior inimigo da natureza (…) (…) e, portanto, merecemos o nosso próprio extermínio” (…)

– Maurício Morales

RÁ! Pensaram que Individualistas Tendendo ao Selvagem – Chile havia desaparecido?, eehh… NÃO! Estávamos apenas de tocaia com a paciência sábia dos seres antigos. Conspirando nas sombras andamos radiantes nos montes e rios, mas tristes nas cidades, para voltar como hoje fizemos, um atentado que dizem ser “sem precedentes”.

Já havíamos dito em nosso quinto comunicado:

(…) “Confiem, fiquem tranquilos, finjam que nós não existimos, mas cuando verem nossas flechas dirigindo-se em suas direções não se queixem” (…)

Cuidem-se progressistas aperfeiçoadores do tecno-sistema, trabalhadores, funcionários de alto escalão e cientistas. ITS-Chile deixou para trás a moral comum “revolucionária”, não tememos que terceiros morram ou saiam feridos durante os ataques, isso está mais do que claro.
Nosso atentado é um ataque em nome de todo o selvagem e desconhecido, é um ataque eco-extremista indiscriminado, febrilmente egoísta e contrário à civilização na sua mais elevada expressão. Também é um ato de terror para os hiper-civilizados representantes da devastação da Terra. Suas grandes minas a céu aberto são as provas dos maus-tratos do progresso humano contra a Natureza Selvagem.

Codelco, uma (senão a maior) empresa mineradora do mundo, responsável por devastar a Terra por décadas, encarregada de roubar seus minerais em busca da perfeição absoluta da civilização. Por acaso pensaram que os prantos dos montes indignados por suas máquinas não seriam escutados por nós? Por acaso pensaram que não escutaríamos os gritos de espanto das árvores? Pois é. Nossos ouvidos escutaram a chamada do Selvagem, por isso nossas mãos atentaram.

Somos os gritos de vingança da cordilheira que rodeia as tumbas da Codelco, a neve ali caída apenas amaldiçoa a todos os infelizes que trabalham em suas estruturas, e dizemos a TODOS, porque desde a velha que limpa o piso ou o chofer de algum camião, até os cargos altos da empresa ou donos, todos são partes da subjulgação do Selvagem.

Nosso presente explosivo é pela devastação que a Codelco tem perpetuado nas terras sulistas, foi assim como nosso objetivo centrou-se no presidente do diretório, Óscar Landerretche. O reconhecido economista da Universidade do Chile foi merecedor de nosso presente explosivo por ser uma das cabeças deste mega-projeto devastador de toda a beleza da Terra. Com máximo prazer soubemos que o artefato foi ativado e que feriu ao economista. Este mesmo indivíduo anunciou no ano passado a criação do “CodelcoTec”, uma subsidiária que dispõem de tecnologia do mais alto nível, entre elas a robótica, tecnologias que tem a capacidade de chegar a lugares inimagináveis.

its-320x240Codelco é o progresso humano e civilizado ao quadrado, pioneira em tecnologias e realizadora de grandes alianças econômicas entre países, sendo uma delas a criação da empresa BioSigma, que em conjunto com a empresa japonesa JX Nippon Mining & Metals Co. Ltd se encarregam da implementação de biotecnologias, sua planta é responsável por produzir “biomassa lixiviante”, a Mining Industry Robotic Solutions (MIRS) e assim por diante, e isso tudo apenas nos provoca um enorme desgosto e foram algumas das motivações para o nosso atentado.

Havíamos pensado em enviá-lo a alguns de seus felizes companheiros, mas sabendo que era o presidente do diretório nos encorajamos e concretizamos sua localização. Então, o que esperava um indivíduo que é representante de tudo o que descrevemos acima? Que deixaríamos passar em branco seu importantíssimo cargo como se não fosse nada? não-não-não-não, suas cicatrizes e o susto o recordarão para sempre estas siglas: ITS.

Mas, o que são feridas nos braços e estômago se comparadas com as feridas que as máquinas da Codelco infrigem na Terra? NADA! Sem dúvida isso é pouco para o que merece estes bastardos. Aparentemente também saiu ferida a empregada da casa e a filha pequena que teve um trauma acústico. Continua a ser pouco.

Certamente são muito previsíveis estes humanos modernos, pois em apenas dois dias conseguimos ratificar seu domicício, que afortunadamente encontramos na mesmíssima página da Codelco na web, ihuuu! (tão bonito que se vê na foto). Nossos cúmplices chegaram com as informaçãos e logo colocamos a mão na massa….e sim, conseguimos inserir o seu próprio bairro residencial, sem problemas.

O pacote-bomba composto de um tubo galvanizado artesanalmente habilitado para sua detonação estava recheado de pólvora de fósforo (se surpreenderiam com sua potência) e com uma dezena de parafusos em seu interior. Obviamente queríamos causar o maior dano possível ao alvo. (Desejávamos que ele tivesse aberto na altura da cabeça para que um parafuso perfurasse seu crânio e o matasse). Deixamos claro que não nos assustamos nem vemos como “ruim” a morte, nós nos distanciamos monumentalmente dos humanistas que a vêem como a coisa mais “ruim” que existe. Dentro deste grupo estão alguns aberrantes radicais de caráter anarquista que diante de tudo o que seja morto acabam por taxar de fascismo, crueldade animal, pfff!!.

Esta clarificação é um pouco repetitiva, mas nunca é demais. NÃO somos um grupo anarquista, NÃO nos motiva nada daquela ideologia (nem de nenhuma OUTRA), e sim, nos alegram os atentados de alguns eco-anarquistas. Somos uma Horda de selvagens eco-extremistas, niilistas e egoístas, estamos pelo caos total na civilização e pela proliferação da delinquência.

Este atentado não foi um ato político, não nos interessa a política, somos indivíduos raivosamente anti-políticos. Não nos interessa porra nenhuma as lutas sociais e seus dirigentes, cagamos para a cidadania e o povo cúmplice do sistema tecnológico-industrial. TAMPOUCO é um ataque que pretenda denunciar a empresa Codelco. NÃO buscamos que agora usem caminhões elétricos ou a painel solar, NÃO queremos que agora despejem seus dejetos tóxicos com menor toxicidade, NÃO buscamos que agora sejam responsáveis com o meio ambeite, não desejamos nada disso. Este atentado muito menos foi um ataque de desequilibrados mentais, saibam que estamos completamente sanos e conscientes de nossos atos, e estamos dispostos a ir até as últimas consequências. Pode ser que para vocês humanistas nós sejamos loucos, e se para ter sanidade devemos nos comportar como vocês e aceitar passivamente todo este lixo civilizador, pois não duvide; somos os maiores loucos da história. Este foi um atentado de vingança Selvagem, em nome da Terra que morre pelo progresso humano.

Sexta-feira, 13 de janeiro da era do crucificado, 10 da manhã e entramos em uma das tantas surcusais de correios do Chile, (prentendíamos dizer especificamente qual, mas não o faremos para que os serviços de “inteligência” tenham trabalho e se marturbem enquanto revisam as dezenas de surcusais, e para isso já estaremos nas terras dos Selk’nam!), uma curta espera e; “olá, quero enviar este pacote”, daí em diante não falamos nenhuma palavra a mais, ahh “obrigado”. Estes loucos dos correios são tão maneiros que se alguém paga a mais pelo pacote enviam ele no mesmo dia, yeaaaaah, daí sacamos um dinheirinho a mais, siiiim, por.. favor… que chegue pela tarde. Bem, depois as feridas do bastardo e o caos nos meios de comunicação, enfim…

pak-320x163Não somos um grupo novo, nosso atentado incendiário frustrado contra os nerds da FCFM nos deixou ansiosos, agora esse sim não foi fogo e não foi frustrado. A Horda ameaça e atenta, que fique mais do que claro. Hoje copiamos um dos pacotes-bomba de ITS-México, mas tenham em mente que mais cedo ou mais tarde imitaremos a suas mortais facadas e disparos!

Para tudo isso tínhamos um plano B, pois se não fosse recebido o pacote ele seria reenviado a um letrado docente da faculdade mencionada, já que usamos o seu nome como remetente. Este, acabou por ser companheiro de Landerretche, já que ensina no departamento de engenharia de minas.

Voltamos a nossos refúgios como os coelhos para suas tocas, silenciosos como o pássaro sigiloso que busca alimento, e ferozes como as presas da raposa cravadas em sua caça.

Nossos pensamentos no atentado estavam com os espíritos dos Selvagens da Terra do Fogo: com os Selk’nma, os Yamana, os Kawesqar, os Haush. Possuídos por suas deidades pagãs atacamos mais uma vez. Os demônios malditos dos patagônios nos cubriu com seu misticismo e nos abençoaram, em nome de todos esses Selvagens, suas deidades e ritos, seus montes e lagos: FERIMOS AO PROGRESSISTA DA CODELCO!

As danças dos jovens Klóketen no ritual de iniciação do Hain nos deram a força indomável dos oceanos. Agora dançamos como vocês, irmãos! Lembramos de vocês no atentado e em cada instante de nossas vidas.

Mandamos um caloroso abraço de cumplicidade de sangue aos assassinos do Chicomóztoc, aos indiscriminados da selva amazônica, aos envenenadores transandinos, aos demoníacos egoístas do velho continente e aos incendiários indiscriminados destas terras.

Variados progressistas, nerds e funcionários de alto escalão, melhor caminharem com os olhos nas costas, pois a mão eco-extremista ainda por aí!

QUE A NEBLINA DAS TERRAS AMALDIÇOADAS DO SUL APAGUE NOSSOS PASSOS!

Morte à civilização, à ciência e à mineração!

Morte a seus representantes, aperfeiçoadores e cúmplices!

Viva a indiscriminada Natureza Selvagem e cada ataque contra a civilização!

Viva a nossos ancestrais, seus deuses e sua misticidade pagã!

Pelo terrorismo eco-extremista, pela máfia de ITS, coragem individualistas!

Pela intensificação da guerra contra o progresso humano!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Chile

-Horda Mística do Bosque

Janeiro de 2017.

secuencia-320x88

(video) Haciendo un paquete-bomba

Desde manos anónimas afines nos han enviado algunos videos dentro un canal llamado “La Mafia” en Live Leak, en donde se comenzaron a subir videos sobre las reacciones de los medios de comunicación chilenos sobre el formidable atentado de ITS, así como un manual para el terrorista enseñando a hacer un paquete-bomba.

Al parecer todos los aparatos de “inteligencia” del país del sur están buscando a los terroristas responsables, nosotros desde acá, individuos afines a la tendencia eco-extremista y al terrorismo nihilista declaramos que, aunque escalen lo alto de las montañas, exploren las cuevas más profundas y alcen cada piedra buscándolos, sus acechanzas serán infructuosas!

¡Vida a los grupos eco-extremistas en guerra contra la civilización, y el sistema tecnoindustrial!

¡Muerte a los ciudadanos indignados, y a las autoridades cómplices de la devastación de la Naturaleza Salvaje!

Canales de videos afines en Goblin Refuge (con o sin Tor), en Live Leak, YouTube y en Vimeo:

https://goblinrefuge.com/mediagoblin/u/conjuro/

http://goblin2xsbqonuv5.onion/u/conjuro/

https://goblinrefuge.com/mediagoblin/u/nahual/

http://goblin2xsbqonuv5.onion/u/nahual/

http://www.liveleak.com/view?i=565_1484604478

http://www.liveleak.com/view?i=016_1484600367

http://www.liveleak.com/view?i=b8e_1484603205

 

https://vimeo.com/198287061

 

Reacciones internacionales tras atentado de ITS-Chile

Las reacciones de la prensa sobre el salvaje atentado de ITS han sido tremendas, periódicos y sitios web han publicado la noticia sobre el ataque y la posterior reivindicación, en inglés, portugués, y demás idiomas.

Dejamos pues, una nota en inglés y una lista de links sobre lo mencionado.

¡Adelante Mafia Eco-extremista!

¡Ninguna intimidación civilizada detiene a lo Salvaje!


Eco-terrorist group says it sent parcel bomb to chairman of Chile’s Codelco

Santiago, Jan 14 (EFE).- An eco-terrorist group on Saturday said it was responsible for a parcel bomb that detonated at the home of the chairman of the board of Chilean state-owned mining giant Codelco, the world’s biggest copper producer.

In an Internet blog site, the group known as Individualists Tending toward the Wild (ITS-Chile) posted a statement in which it claimed responsibility for Friday’s attack as well as two images of what it said was the bomb sent to the 44-year-old Oscar Landerretche’s home.

The parcel bomb was wrapped as a gift and delivered by a young woman to the residence, located in Santiago’s La Reina neighborhood. A professor of mining engineering at the University of Chile was listed on the parcel as the sender.

Landerretche suffered superficial injuries to his extremities and chest when the bomb went off.

The group said the parcel would have arrived at the offices of the university professor if Landerretche had not received it first.

“The pretentious Landerretche deserved to die for his offenses against Earth,” it said, adding that he “had been deserving of our explosive gift for being at the head of this megaproject devastating all the beauty of Earth.”

They added that they were not anarchists and were seeking vengeance “for Earth’s devastation.”

That group has earlier claimed responsibility for other firebomb attacks or attempted attacks, including one targeting the University of Chile’s Faculty of Physical and Mathematical Sciences in May 2016.

Landerretche called the attack “very violent” and “cowardly” after being treated for his injuries at a clinic on Saturday morning.

He told reporters that he and his family were fortunate, adding that his daughter and a domestic worker were in the house at the time but that his injuries were the most serious.

“If someone believes that with something like this the board of Codelco, the top administration of Codelco or I are going to act differently than what we’ve been doing with respect to establishing good practices, probity, controls within the company, which belongs to all Chileans, they are deeply mistaken,” the chairman said.

Chile’s government said Saturday that it was confident it would track down those responsible for the parcel bomb.

“I’m sure that very quickly we’ll be on the trail of the perpetrators of this incident,” Interior Minister Mario Fernandez said after heading a meeting of the country’s security agencies.

Fernandez said that as part of their investigation authorities would probe the possible role of ITS-Chile in the attack.

_________________________

https://www.econjobrumors.com/topic/chilean-economist-bombed-at-home-from-package-with-return-address-of-econ-dept
http://www.reuters.com/article/codelco-blast-idUSS0N15U023
http://www.efe.com/efe/english/world/eco-terrorist-group-says-it-sent-parcel-bomb-to-chairman-of-chile-s-codelco/50000262-3148946
http://www.worldnewsenespanol.com/309_hispanic-world/4264885_chairman-of-chilean-state-copper-company-hurt-by-parcel-bomb.html
http://mypublicnews.com/an-eco-terrorist-group-on-saturday-said-it-was-responsible-for-a-parcel-bomb-that-detonated-at-the-home-of-the-chairman-of-the-board-of-chilean-state-owned-mining-giant-codelco-the-worlds-biggest-c/
http://www.namnewsnetwork.org/v3/read.php?id=Mzc1Mzgx
http://www.chilesun.com/index.php/sid/250943291
http://www.lostiempos.com/actualidad/mundo/20170115/eco-extremistas-atento-contra-lider-codelco
http://www.mdzol.com/nota/714239-enviaron-un-paquete-bomba-al-presidente-de-la-minera-estatal-chilena/
http://www.bbc.com/mundo/noticias-america-latina-38622609
https://br.sputniknews.com/mundo/201701137424282-atentado-bomba-presidente-estatal-chile/
http://www.diariodaregiao.com.br/politica/diretor-da-codelco-fica-ferido-ap%C3%B3s-receber-um-explosivo-como-presente-em-casa-1.663254
http://www.zonacero.com/?q=mundo/presidente-de-chilena-codelco-sufre-atentado-explosivo-en-su-casa-75260
http://internacional.elpais.com/internacional/2017/01/14/america/1484352957_190628.html
https://actualidad.rt.com/actualidad/228467-presidente-minera-chilena-codelco-artefacto-explosivo
https://www.nytimes.com/2017/01/13/world/americas/chile-oscar-landerretche-codelco-bomb.html?_r=1
http://news.webindia123.com/news/Articles/World/20170114/3033462.html
http://www.nzherald.co.nz/business/news/article.cfm?c_id=3&objectid=11782400
https://sputniknews.com/latam/201701141049584141-codelco-chairman-gets-explosive-package/

(en) Chile-Twenty-First Communique of the Individualists Tending Toward the Wild

Traducción en ingles del comunicado 21 de ITS, reivindicando el salvaje atentado contra el miserable de Landerretche hace unos días.

¡Por la proliferación de la Mafia Eco-extremista en el Sur del Continente!


its

In my opinion the human race should be annihilated… Given that I think that the human being is the greatest enemy of nature… and for that reason we deserve our own extinction.”

-Mauricio Morales

Ha! You thought that the Individualists Tending Toward the Wild – Chile disappeared? Um, no! We were only stalking with the wise patience of the old ones, hatching plans in the shadows. We were whole as we wandered in the mountains and rivers, but sad in the cities, in order to come back with an “unprecedented” attack.

As we stated in our fifth communiqué:

“Take heart, remain calm, go about as if we don’t exist. Just don’t complain when you see our arrows pointed at you.”

Take heart progressive innovators of the technological system, workers, executives and scientists. ITS-Chile has left the common “revolutionary” morality behind. We aren’t worried if people come out dead or injured during an attack. That’s more than clear.

Our attack is one in the name of the wild and unknown. It is an eco-extremist attack, feverously egoist and against civilization in its highest expression. It is also an act of terror against the hyper-civilized who represent the devastation of the Earth. Their giant open air mines are evidence of the taunts of human progress against Wild Nature.

For decades now, Codelco, the largest mining company in the world, has been charged with the devastation of the Earth. It is assigned to rob its minerals in pursuit of the absolute perfection of civilization. Maybe they thought that the cries of the mountain abused by its machinery would go unheeded by us? Maybe they thought that we would not listen to the fearful cries of the trees?  No. Our ears have heard the call of the Wild, that is why our hands attacked.

We are the cry of vengeance of the mountains that encircle Codelco’s tombs. The fallen snow there curses all of the wretched people who work on those structures. And we mean all of them. For from the old woman who cleans the floors to the truck drivers to the most highest rungs of managers and owners, they are all part of the subjugation of the Wild.

Our explosive gift was for the devastation that Codelco has been carrying out in the southern lands. That is how our aim focused on the president of the board, Óscar Landerretche. The famed economist is at the head of the major project of devastation of all that is beautiful on Earth. With great pleasure we learned that the device exploded and wounded the economist. This past year he announced the creation of “CodelcoTec”, a subsidiary that uses the highest level of technology, including robotic; technologies that enable them to get to places they had heretofore not imagined they could reach.

Codelco is the human civilized project squared, a pioneer in technologies that spearheads economic cooperation between countries. One of these collaborations is the company BioSigma, which is a conglomerate with JX Nippon Mining and Metals Co. Ltd. (a Japanese company) that pursues the implementation of biotechnology in a plant that produces “lixiviant biomass,” Mining Industry Robotic Solutions (MIRS), and a long list of other projects. This just causes us even more disgust and was one of the primary motivations for our attack.

pak

We had thought of sending the package to one of his happy colleagues, but knowing that he was president of the board, we were encouraged and we pinned down his location. This guy, this one who is the representative of all that we have described above, what did he expect? That we were going to leave his most important position alone as if nothing was happening? No, no. no. His scars and his fright will always remind him of the initials: ITS.

For that reason, what are wounds on his arms and stomach compared to the wounds that Codelco has inflicted on the Earth? Nothing! Without doubt, this is only little of what these bastards actually deserve. It also seems that the maid was also wounded, and the little daughter suffered ear trauma. It’s still very little.

Of course these modern humans are super-predictable. It only took us two days to figure out where he lived, which we found on Codelco’s own webpage, wow (it looks pretty in the photo). Our accomplices arrived with the information and more, and we went to work. And yes, we were able to come right into the neighborhood without problems.

The package bomb was made of a homemade galvanized tube. It was filled with match head powder to make it detonate (you’d be surprised how powerful that stuff is). Inside were a dozen screws, and by this we obviously wanted to inflict the greatest harm to the target possible. (We hoped that he would open it at head level and that a screw would get embedded in his skull thus killing him.) And in that manner, we were not taken aback by death nor did we see it as a “bad” thing. We distinguish ourselves significantly from the humanists who see these sort of things as “evil.” Among these people are some crybaby anarchist radicals who condemn all death as fascism, animal cruelty, whatever!

This clarification is a bit repetitive but that’s appropriate. We are not an anarchist group, that ideological motivation does not move us, nor does any other. We are pleased by the attacks of some eco-anarchists. We are a Horde of eco-extremist savages, nihilists and egoists. We are for total chaos in civilization and the proliferation of criminality.

This attack was not a political act. Politics do not interest us. We are rabidly anti-political individuals. We don’t give a shit about social struggles and their leaders. We shit on the citizenry and the people who are accomplices to the techno-industrial system. We don’t aim to denounce Codelco with this attack. We don’t want them to start using electric trucks or solar panels. We don’t want them to dump slightly less toxic waste. We don’t want them to be socially responsible with regards to the environment. None of that. This attack was not the product of mentally unbalanced people. We are in full control of our faculties when we act. We are ready to accept the final consequences of our actions. For you humanists, maybe we are crazy. If being sane is to act like you and passively accept all of this civilized garbage, there is no doubt then: we’re the craziest people in all history. This was an attack of Wild vengeance, in the name of the Earth that dies because of human progress.

Friday the 13th of January in the era of the crucified, at 10 in the morning, we entered one of the offices of the Chilean post office (we would tell you which one, but we won’t so that the surveillance devices do their job, and the workers can masturbate while they review dozens of offices. By that time we will be in the land of the Selk’nam.) After a short wait, there as a “Hello, I’d like to send this package.” From there the only thing we said afterward was “Thank you.” This stuff is so cool that if you pay more they’ll deliver the package the same day. Sure, we took out three bills more and, yep, it could be delivered that afternoon. And well, after the wounds of that bastard and the chaos in the media, in the end…

We are not a new group. We carried out a frustrated incendiary attack against the geeks of the FCFM which made us anxious. This time it wasn’t fire and it didn’t fail. The Horde threatens and attacks, let that be clear. Today we copied one of the package bombs sent by ITS-Mexico. Be aware that sooner rather than later we will copy their stabbings and shootings!

With all of this, our plan B if he didn’t receive the package was to re-send it to a distinguished professor at the already mentioned department since we had already used his name as the sender. This guy ended up being Landerretche’s buddy since he taught in the mining engineering department.

We return to our hiding places like rabbits to their warrens. We are silent like the bird searching for food, and ferocious like the fangs of the fox on its prey.

Our thoughts in the attack were with the spirits of the Savages of Tierra del Fuego: with the Selk’nam, the Yamana, the Kawesqar, the Haush. Possessed by the pagan deities, we have attacked once more. The accursed Patagonian demons covered us with their blessing. In the name of all of those Savages, their deities and rites, their mountains and lakes: WE WOUNDED THE PROGRESSIVIST OF CODELCO!

The dances of the young Klóketen in the Hain initiation ritual have given us the untamed power of the oceans. Now we dance like you, brothers! We remembered you in the attack and in every instant of our lives.

We send a warm complicit embrace to the killers in Chicomoztoc, to the indiscriminate ones in the Amazonian jungle, to the poisoners across the Andes, to the demonic egoists on the old continent and the indiscriminate arsonists of those lands.

All you progressivists, geeks, and executives, watch you backs, the eco-extremist hand is close by.

May the fog of the accursed lands of the south erase our tracks!

Death to civilization, science, and mining!

Death to their representatives and accomplices!

Long live indiscriminate Wild Nature and every attack against civilization!

Long live our ancestors, their gods, and their pagan mysticism!

For eco-extremist terrorism, for the ITS mafia, be strong individualists!

For the heightening of the war against human progress!

-Individualists Tending Toward the Wild – Chile:

Mystical Horde of the Forest

secuencia

(it) CILE-VENTUNESIMO COMUNICATO DEGLI INDIVIDUALISTI TENDENTI AL SELVAGGIO: RIVENDICAZIONE DELL’ATTENTATO CONTRO LANDERRETCHE

Traducción al italiano del fiero comunicado de “Horda Mística del Bosque”, grupo de ITS en Chile.

Traducción a cargo de Rapace.

Como se sabe, el atentado contra una de las cabezas de la minería mundial, ha sido ampliamente difundido en todo Chile, tanto que la noticia ha llegado a ser mundial.

¡Risas y maldiciones para los destructores de la Tierra después de los atentados eco-extremistas!


its

(…) ” Per me la razza umana deve essere annientata (…) (…) Poiché considero l’essere umano il maggior nemico della natura (…) (…) e per questo meritiamo il nostro sterminio” (…)

-Mauricio Morales

OH! Avete pensato che gli Individualisti Tendenti al Selvaggio- Cile erano scomparsi? ehm… NO! Eravamo solo in agguato, pazienti e con la saggezza degli antichi, nelle ombre, occultati nei monti e i fiumi, e tristi nelle città, per ritornare come abbiamo fatto oggi, per un attentato di cui dicono; “senza precedenti”.

L’avevamo espresso nel nostro quinto comunicato:

(…) “Confidate, state tranquilli, fate come se non esistiamo, ma quando vedete le nostre frecce dirigersi verso voi non lamentatevi.” (…)

Rincuoratevi progressisti perfezionatori del tecno-sistema, lavoratori, dirigenti e scienziati. ITS- Cile ha lasciato dietro di se la morale comune “rivoluzionaria”. Deve essere chiaro che non ci spaventa se rimangono ferite o morte persone estranee all’attacco.

Il nostro attentato è in nome del selvaggio e dell’ignoto, è un attacco eco-estremista indiscriminato, specificatamente egoista e contrario alla civilizzazione, nella sua più alta espressione. È anche un atto di terrore per gli iper- civilizzati, rappresentanti della distruzione della Terra. Le grandi miniere a cielo aperto sono l’evidenza della vendetta del progresso umano contro la Natura Selvaggia.

Per decenni Codelco, è stata una (se non la maggiore) impresa mineraria al mondo, incaricata di devastare la Terra e di rubare i suoi minerali, per portarsi verso la perfezione assoluta della civilizzazione. Per caso hanno pensato che il pianto delle montagne violato dai macchinari, non era da noi ascoltato? Per caso hanno pensato che non abbiamo percepito il grido di spavento degli alberi? No.  Le nostre orecchie hanno udito il richiamo del Selvaggio, e le nostre mani hanno attentato.

Siamo l’urlo vendicativo della montagna, che accerchia le tombe di Codelco. La neve caduta che maledice gli infelici che lavorano nelle sue strutture, e diciamo a TUTTI: siete parte del soggiogamento del Selvaggio, dalle anziane che puliscono i pavimenti, agli autisti dei camion, fino ai dirigenti dell’impresa o i proprietari.

Il nostro regalo esplosivo è per la devastazione che Codelco, perpetua nelle terre del sud, e allo stesso modo è il nostro obiettivo che ha colpito il presidente del direttorio Óscar Landerretche. Il riconosciuto economista dell’università del Cile, ha meritato il nostro regalo esplosivo, per essere capo di questo mega- progetto devastatore di tutto quello che è il bello della Terra. Con il massimo godimento abbiamo saputo che l’ordigno è esploso e ha ferito l’economista. L’anno passato aveva annunciato la creazione di “CodelcoTec”, filiale che possiede una tecnologia di alto livello, come quella robotica, che ha la capacità di arrivare a un livello impensabile.

Codelco è il progresso umano e civilizzato al quadrato,pioniere delle tecnologie e realizzatore di grandi alleanze economiche tra paesi. Una di queste è la creazione dell’impresa BioSigma,che insieme all’impresa giapponese JX Nippon Mining & Metals Co. Ltd, è incaricata dell’applicazione delle biotecnologie in un impianto che produce “biomassa lixiviante”, la Mining Industry Robotic Solutions (MIRS) e altre. Questo ci ha disgustato e dato la motivazione per il nostro attentato.

Volevamo inviarlo a qualcuno dei suoi felici colleghi, ma sapendo che era il presidente del direttorio, con animo, abbiamo in maniera concreta localizzato il suo domicilio. Cosa sperava questo rappresentante di tutto quello descritto sopra?

Che avrebbe continuato con il suo fondamentale “ruolo”, come se nulla fosse? No-no-no, le cicatrici e la paura, gli ricorderanno sempre questa sigla: ITS.

Che cosa sono, dunque, le ferite nelle braccia e lo stomaco, contro le ferite che le macchine di Codelco infrangono alla Terra? NIENTE! Senza dubbio tutto questo è poco per quello che meritano questi bastardi. A quanto pare, è stata ferita l’impiegata della casa, la figlia piccola ha avuto un trauma acustico, e questo continua a essere poco.

Certamente questi umani moderni sono super prevedibili, poiché in solo due giorni, siamo riusciti a sgamare il suo domicilio, trovandolo nella stessa pagina internet di Codelco, wow! (molto bello nella sua foto). I nostri complici hanno preso le info,e ci siamo messi all’opera, riuscendo a localizzare il quartiere residenziale, senza problemi.

Il pacco bomba era composto di un tubo galvanizzato, artigianalmente abilitato per esplodere, pieno di polvere di fosforo/capocchie di fiammiferi (c’è da sorprendersi di come può essere potente), con una decina di bulloni all’interno. Ovviamente si voleva causare il maggiore danno possibile all’obiettivo. (Il nostro desiderio era che lui lo aprisse all’altezza della testa, cosicché si sarebbe potuto conficcare un bullone nel cranio, e rimanere ucciso). Per quello che è successo, non ci spaventiamo ne vediamo come “cattiva” la morte, distinguendoci specificatamente dagli umanisti che vedono questo cosa come la più cattiva. Alcuni di essi, sono dei piagnoni radicali di tendenza anarchica, che prima di tutto, vedono la morte e la condannano, come “fascista”, crudeltà animale..bah!

Ripetendoci, ci chiariamo in maniera specifica, che: NON siamo un gruppo anarchico, NON ci motiva questa ideologia (né nessun ALTRA), anche se siamo felici degli attacchi di qualche gruppo eco-anarchico. Siamo un Orda di selvaggi eco-estremisti, nichilisti e egoisti, per il caos totale contro la civilizzazione ,e la proliferazione della malavita.

L’attentato non è stato un atto politico, non ci interessa, siamo individui rabbiosamente anti-politici. Non ci interessano un cazzo, le lotte sociali, e i suoi capetti, e caghiamo sulla cittadinanza, e il popolo complice del sistema tecnologico- industriale. Allo STESSO MODO non è un attacco che aveva la pretesa di denunciare l’impresa Codelco. NON ci interessa che ora usano camion elettrici o pannelli solari. NON vogliamo che ora buttino i loro rifiuti tossici con meno tossicità. NON pretendiamo che siano socialmente i responsabili della salute dell’ambiente. Nulla di tutto questo. Quest’attacco è meno che meno un atto di squilibrati, devono sapere che eravamo completamente sani e consenzienti dei nostri atti, e siamo disposti ad andare avanti fino alla fine. Non c’è dubbio che se per gli umanisti siamo pazzi, essere sani, altresì – è accettare tutta la spazzatura civilizzatrice.

Venerdì 13 di gennaio, anno del crocefisso, alla 10 di mattina, entriamo in una delle innumerevoli succursali degli “Uffici postali cileni” (Specificando qual’è la succursale, gli apparati di “intelligenza” non possono lavorare e mastrubarsi , ispezionando decine di succursali. Noi a questo punto siamo già nelle terre dei Selk’nam!). Una breve attesa e: “ buon giorno, dobbiamo mandare questo pacco”. Dopo, le uniche parole espresse sono “ grazie”. Questi pazzi impiegati postali, sono cosi bakanes (“affidabili” Ndt), che se paghi di più il pacco, te lo inviano lo stesso giorno, siiiiiii!  Per questo, che prendiamo tre banconote in più, già, per farlo arrivare a destinazione nel pomeriggio. Alla fine tutto questo è buono, dato le ferite del bastardo, e il caos sui mezzi di comunicazione…

pak

Non siamo un gruppo nuovo. Il nostro attentato incendiario fallito contro i nerd della FCFM, ci aveva lasciati ansiosi.  L’Orda minaccia e Attenta, tenetelo in mente. Oggi “imitiamo” uno dei pacchi- bomba delle ITS- Messico, ma non tarderemo a “imitare” le coltellate mortali e gli spari di pistola!

Tutto questo aveva un nostro piano B. Se il pacco non fosse arrivato, era rinviato a un insegnante della facoltà menzionata, usando il suo nome come remittente. Esso- era l’assistente di Landerretche, che insegna al dipartimento d’ingegneria mineraria.

Ritorniamo ai nostri rifugi, come i conigli alle loro tane, silenziosi come gli uccelli che cercano cibo, e i feroci canini della volpe sulla preda.

La nostra mente e i nostri pensieri nell’attentato sono con gli spiriti dei Selvaggi della Terra del Fuoco: con i Selk’nam, gli Yamana, i Kawesqar, i Haush. Posseduti dalle divinità pagane, abbiamo attentato ancora. I demoni maledetti della Patagonia ci hanno protetto con la misticità e benedetto. Nel nome di tutti questi Selvaggi, le divinità e i riti, i suoi monti e laghi: FERIAMO IL PROGRESSISTA DI CODELCO!

Le danze dei giovani Klóketen nel rituale d’iniziazione dell’Hain, ci ha dato la forza indomabile degli oceani. Ora danziamo come voi fratelli!  Li rivanghiamo nell’attentato e in ogni istante delle nostre vite.

Mandiamo un caloroso abbraccio di complicità e sangue agli assassini del Chicomóztoc, gli indiscriminati della selva amazzonica, agli avvelenatori delle Ande, i demoniaci egoisti del vecchio continente, e gli incendiari indiscriminati di queste terre.

Progressisti vari, nerd e dirigenti, guardatevi alle spalle, la mano eco-estremista è vicina a voi.

CHE LA NEBBIA DELLE TERRE MALEDETTE DEL SUD CANCELLI I NOSTRI PASSI!

Morte alla civilizzazione, la scienza e la miniera!

Morti ai suoi rappresentanti, perfezionatori e complici!

Viva la Natura Selvaggia indiscriminata, e ogni attacco contro la civilizzazione!

Viva i nostri antenati, i loro dei e la misticità pagana!

Per il terrorismo eco- estremista, per la mafia delle ITS, siate forti individualisti!

Per l’avanzamento della guerra contro il progresso umano!

Individualisti Tendenti al Selvaggio- Orda Mistica del Bosco

Gennaio, 2017

secuencia 

 

(pt) “Salvar o Mundo” como a maior forma de Domesticação

Texto de Chahta-Ima traducido al portugués de su original en inglés, disponible también en español.

Traducción a cargo de “Ctenomys”.


“Cada Apache decide por si mesmo se ele luta ou não. Somos um povo livre. Não forçamos os homens a lutar como fazem os mexicanos. O serviço militar forçado produz escravos, não guerreiros.”

– “Avô”, citado em In the Days of Victorio: Recollections of a Warm Springs Aparche, por Eve Ball e James Kaywaykla

O contexto desta citação é interessante por ter sido proferida em uma reunião de líderes apaches cujo tema era sobre se devem ou não continuar a resistência contra o homem branco invasor ou sucumbir à poderosa força invasora. Com uma visão retrospectiva, pode-se afirmar que tal postura é uma tolice: se os Apaches fossem uma “frente unida” em vez dos diversos bandos que sempre foram, eles poderiam ter tido uma chance de vitória, é o que nosso raciocínio nos faz pensar. Em vez disso, sua incapacidade de adaptar sua organização social a novas condições levou-os diretamente à sua queda. Diante de uma sociedade de cidadãos intercambiáveis que constituem um Leviatã maciço e unificado, os Apaches continuaram a ser o povo indomável e selvagem de antes. E eles pagaram o preço final por isso: derrota, humilhação, exílio e, em muitos casos, morte prematura.

Mas talvez, mesmo assim, os fins não justifiquem os meios. Ou melhor, os “fins” são realmente os “meios” projetados e amplificados em uma conclusão lógica e monstruosa. Mesmo que os chefes apaches tivessem recrutado todos os guerreiros e os tivessem obrigado a lutar, mesmo que alguns dos guerreiros não tivessem fugido e se tornado caçadores de seu próprio povo para o exército branco, mesmo que pudessem ter segurado o Exército dos EUA por alguns anos mais, eles não teriam feito isso como Apaches, ou como o povo que sempre foram. O caso aqui é parecido, “para salvar a cidade, teríamos que destruí-la”. Ou melhor, para evitar que a cidade fosse estabelecida na terra dos apaches, eles tinham que se tornar a cidade no raciocínio da civilização. E eles sabiam o que isso significava: a escravidão de uma forma ou de outra. Eles aceitaram as conseqüências de sua recusa, mesmo que tivessem dúvidas sobre isso.

Podemos aplicar essas lições à nossa própria situação. Muitos grupos “anarquistas verdes” ou “pós-esquerdistas verdes” como o Deep Green Resistance e outros semelhantes têm uma atitude “militarista” ou “militante” em relação ao “desmantelamento” ou “destruição” da civilização. Existem até mesmo grupos “pró-Unabomber” que sonham com uma “revolução” contra a “sociedade tecno-industrial”. Mas e se, como diz o avô acima, em seus esforços para combater a escravidão, eles estiverem apenas criando mais escravos? Não seria esta a essência do projeto esquerdista/revolucionário: uma última “escravidão”, um último “martírio” que acabará com todas as escravidões e martírios? Só mais um grande empurrão e vamos constituir o lugar onde não há tristeza, nem suspiros, nem mais dor. O Leviatã já teve esse sonho antes, uma miríade de vezes agora, e as pessoas se lançaram contra as rodas do Progresso para torná-lo realidade. Eles ainda estão mortos, e não estamos mais perto da liberdade.

Ainda assim, há outros, como John Zerzan, que pensam que “desistir” de defender o mundo que a civilização criou é algo semelhante ao niilismo e ao desespero. “Esperança”, de acordo com esse raciocínio, seria encontrar uma maneira de “deixar todo mundo terminar bem”, de evitar todas as conseqüências negativas do fim de um modo de vida que não tem produzido nada além de conseqüências negativas para aqueles que se opuseram a ela (como nossos Apaches aqui). O Réquiem cantado para um mundo construído no enorme cemitério de outros mundos mortos deve ser pastoral e pacífico, é o que nos dizem, para que não sucumbamos à vingança e ao ódio, para que não pecamos contra os valores da “Iluminação” que de algum modo escaparam de ser plenamente domesticados, mesmo quando tudo o mais foi (mirabile visu!).

Mas e se esse desejo de salvar o mundo, esse desejo de “derrubar a tirania”, não importando o custo, essa coceira para “lutar por um mundo melhor”, for apenas mais uma roda de hamster, outro jugo para ser colocado em nós, para resolver problemas que nós não criamos e para nos sacrificarmos por um mundo melhor que nunca veremos (engraçado como isso funciona)? E se a perspicácia da civilização domesticada se baseia em aproveitar nossa hostilidade para torná-la melhor, mercantilizando nosso radicalismo e perpetuando valores civilizados em inimigos auto-proclamados como um vírus em um hospedeiro inocente? Por que não apenas manter nossos princípios, como fizeram os Apaches derrotados, e deixar as fichas caírem onde elas irão cair? E se percebêssemos que, como animais, não sabemos o que o futuro vai trazer, que a única resistência que temos é a resistência no agora, e os cuidados de amanhã cuidarão de si mesmos? Na verdade, simplesmente não temos poder sobre o amanhã, assim como não temos poder para ressuscitar o passado. Se o fizéssemos, não seríamos animais, e o revolucionário/esquerdista/tecnocrata estaria certo.

Os eco-extremistas mexicanos estão incorporando essas idéias como na seguinte passagem, que eu traduzi de um trabalho recente deles:

“Percebemos plenamente que somos seres humanos civilizados. Encontramo-nos dentro deste sistema e usamos os meios que ele nos proporciona para expressar uma tendência oposta a ela, com todas as suas contradições, sabendo muito bem que há muito tempo estamos contaminados pela civilização. Mas mesmo como os animais domesticados que somos, ainda nos lembramos de nossos instintos. Vivemos mais tempo como uma espécie em cavernas do que em cidades. Não estamos totalmente alienados, e é por isso que atacamos. A característica distintiva do RS nessa conversa é que dizemos que não há melhor amanhã. Não há como mudar o mundo para um mundo mais justo. Isso nunca pode existir dentro dos limites do sistema tecnológico que engloba todo o planeta. Tudo o que podemos esperar é um amanhã decadente, cinza e turbulento. Tudo o que existe é o agora, o presente. É por isso que não estamos apostando na “revolução” tão esperada nos círculos esquerdistas. Mesmo que isso pareça exagerado, é assim que é. A resistência contra o sistema tecnológico deve ser extremista no aqui e agora, não esperando por mudanças em condições objetivas. Não deve ter “metas de longo prazo”. Deve ser realizado agora por indivíduos que assumem o papel de guerreiros sob sua própria direção, aceitando suas próprias inconsistências e contradições. Deve ser suicida. Não pretendemos derrubar o sistema. Nós não queremos seguidores. O que queremos é a guerra individualista travada por várias facções contra o sistema que nos domina e subjuga. Nosso grito para a Natureza Selvagem será sempre o mesmo até o nosso próprio extermínio violento: “E iraram-se as nações, e veio a tua ira… e o tempo em que tu deverias destruir os que destroem a terra” (Apocalipse 11:18).”

Talvez a única resposta verdadeiramente livre, a única que escapa ao ciclo da domesticação, seja aquela que afirma firmemente que este mundo não vale a pena ser salvo, que seus dias estão contados e quanto mais cedo o mal cair, melhor. Às vezes, a condenação na escatologia cristã não é meramente um castigo, mas é o que é melhor para a alma saturada de iniqüidade. O mundo deve cair, e provavelmente nada irá substituí-lo, nada que possamos prever de qualquer maneira. A única práxis real, portanto, é a da rejeição e não a da reconstrução: um dos animais heróicos que se defronta com o gigante civilizado da escravidão e do medo.

– Chahta-Ima (2016)

(Chile) ITS nos tiene preocupados, porque busca objetivos terroristas que dañen la Tierra: Capitán de Carabineros en retiro

El atentado de ITS-Chile tiene ocupadas a las agencias de investigación dada la naturaleza de su actuar.

¡ADELANTE MAFIA DE LOS ITS!