[PT – Chile] Comunicado 84 de ITS: Massacre Frustrado, Sobre o Histórico Tiroteio no Sul

Enviado al mail.


Sul do Chile, Região de Los Lagos, cidade de Puerto Montt, lá onde a terra sulista começa a se partir. 27 de maio de 2019, às 9 da manhã e uma alma antissocial se prepara para descarregar seus desejos infernais. O destino, a má sorte, a arma defeituosa, quem sabe, a verdade é que neste dia foi frustrada uma grande tragédia, tragédia que prometia se tornar um massacre.

A morte não quis abraçar o sul maldito e, em vez disso, se tranquilizou apenas com um ferido em gravidade.

Assim, no puro estilo do Massacre de Columbine (não nas mesmas proporções, claro) um adolescente de 14 anos mascarado e armado invade sua escola com um revólver. Ele caminha sigilosamente até chegar a uma sala de aula e então dispara sua arma três vezes, ferindo em uma delas um aluno no pescoço (que foi salvo antes de morrer), agindo rapidamente e fugindo em seguida.

O que acabamos de relatar é um marco na história do Chile, mesmo sabendo que no ocorrido não houve vítimas fatais, o feito neste caso ainda prevalece pelas intenções, as terríveis intenções. Embora as causas do ataque armado por parte do adolescente ainda não estão completamente claras, os fatos, as imagens e o que deixou escrito são esclarecedores.

“Woow, aparentemente não deu certo, se aconteceu é porque me deram razões. Cada um que morreu foi por algo.”

A carta encontrada na casa do jovem dizia isso, além de ter sido encontradas mais de uma dezena de balas de reposição. Tudo indica claramente que suas pretensões eram maiores.


Poderíamos elaborar teorias de porque o massacre não se concretou, como por exemplo, que o revólver estava com defeito e não pode seguir disparando, -recordando que ele disparou sua arma em três oportunidades-, e devido a isso teve que abortar a missão. Ou o fato de que o quase-assassino esteve dentro da sala por mais de três minutos, o que ele fez? O que ele disse? Sentiu-se seguro e esperou o momento? Os fez de reféns? Um bocado de perguntas que dificilmente serão respondidas. Em todos os casos, o chamativo está nas infernais intenções do garoto, em seu valente e decidido crime de desprezo pela vida humana.

Um tiroteio inédito nas terras malditas do sul no qual ITS não poderia ficar indiferente. A verdade é que o sul está absorvendo a nova criminalidade a qual não poderão frear tão facilmente.

Nós continuamos fazendo história com nossos atentados, outros cometem seus crimes, e outros mais liberam seus ferozes desejos. Nós como grupo extremista com tendências misantropas, claro, abraçamos estes tipos de ações. Em geral sentimos simpatia pela criminalidade em seu amplo espectro, mas tais ações homicidas executadas friamente e com grande violência tem um significado e um peso maior para nós, especialmente quando vêm da completa individualidade, a materialização dos desejos obscuros de uma pessoa são sempre resgatáveis.

Ações como estas desatam as forças obscuras do Caos e vêm com um valor intrínseco.

Pequeno adolescente, teu massacre não ocorreu, mas deu uma lufada de ar fresco para nossas andanças. Tu ganhou um lugar na história dos Únicos a apenas pelo acaso não presenciamos tua ira homicida. Te inteire aí, em tua prisão domiciliar, que os membros de ITS saúdam tua coragem, a celebram e a imortalizam, porque tu foi o Caos empunhando tua arma, o abismo te espera…

Por pouco tu não se uniu aos selvagens Luis Henrique de Castro e Guilherme Tucci, ao homicida Vladislav Roslyakov, ao terrível Dimitrios Pagourtzis, ao sanguinário Nikolas Cruz, a Federico Guevara, ao jovem sangue frio Jaylen Fryberg, ao macabro Will Cornick, ao implacável Sergey Gordeyev, ao horrendo Thomas Lane, ao bestial Tim Kretschmer e tantos outros mais jovens homicidas.

Humanidade moderna desgraçada, as cidades e civilização nos adoeceram, nos intoxicaram com progresso e modernidade, se atentem às consequências. Nós somos o que surgiu desta merda toda e nossos crimes são a resposta agônica.

Pacotes-bomba, incêndios e atiradores escolares para a civilização!

Que se implante a “tradição” gringa no sul!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Chile


Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.