Tag Archives: Austin

(pt) Glória ao Terrorista Serial de Austin

Em nossa postagem anterior informávamos sobre os seis atentados indiscriminados que acertaram a cidade de Austin, Texas, desde os primeiros dias de março, ataques que deixaram dois mortos e vários feridos, o rastro de terror e medo que cobriu a região, a paranoia e a mobilização das grandes agências de inteligência (FBI, ATF, etc.).

No último dia 21 de março foi informado que o autor dos atentados havia morrido.

Desde as primeiras explosões agentes federais começaram a rastrear os materiais que foram utilizados para a fabricação de bombas caseiras. Visitaram lojas grandes e pequenas interrogando a várias testemunhas para criar um perfil do responsável. Recordemos que os lugares onde foram encontrados os dois últimos pacotes-bomba (um que explodiu dentro de uma filial da Fedex e outro que foi encontrado em uma pequena loja dos Correios), existiam câmeras de segurança, as quais entregaram imagens do terrorista e do veículo com a qual se locomovia. Com estes dados, as autoridades rastrearam o modelo do carro e chegaram ao responsável. Na manhã de quarta-feira foi iniciada uma operação para detê-lo e frear a onda de pacotes-bomba.

Enquanto cercavam ao terrorista com carros blindados, patrulhas e helicópteros, vários agentes da SWAT se aproximaram rapidamente com armas de grosso calibre em mãos, gritando e fazendo alarde como muito bem sabem fazer, e ao sentir-se encurralado, o solitário serial-bomber tomou uma corajosa decisão. Consciente do que havia feito e aceitando o seu final, aproximou uma de suas bombas em seu peito e a ativou. A onda expansiva destroçou seu veículo, matando-o imediatamente e deixando ferido um dos agentes da SWAT. Gloriosa maneira de morrer de um bombista indiscriminado!

A Polícia não obteve nada dele, pelo contrário, de Mark Anthony Conditt (o nome do responsável) tiveram apenas medo, terror, árduas horas de trabalho de investigação, sangue e morte.

É assim que o episódio de Mark fica nas recordações, permanece como exemplo da ferocidade de um terrorista que em seu atuar não dá a mínima importância ao amanhã e se guia apenas pelo seu presente decadente.

Sobre as motivações de Mark o FBI disse apenas que “queria enviar uma mensagem”, e que em seu telefone havia um vídeo onde reivindicava seus atos. Seja como for as razões do terrorista das 7 bombas são ainda um mistério, mas sentimos ele muito próximo de nós, por isso surgiu-se a necessidade de dedicar-lhe estas palavras.

A morte de Mark não é boa nem ruim, é apenas a consequência das decisões de um terrorista indiscriminado, aquele que enfrenta a TUDO sem esperar nenhuma mudança, apenas pelo gozo egoísta do sangue e o cheiro da pele queimada de seu alvo.

(Meus atos são) “O grito que um jovem deve fazer para afrontar os desafios de um homem na vida”.

Mark A. Conditt

Que a vida e morte de Mark seja um exemplo para os individualistas selvagens!

Morte e feridas para os híper-civilizados de qualquer cidade!

Maldición Eco-extremista blog


(pt) Sobre o Atuar Indiscriminado do Bombista Serial

O caos e o terror se apoderaram das ruas, o fantasma do terrorismo continua perturbando as mentes mais corretas até os dias atuais.

Estados Unidos, o país com as maiores agências de investigação e contra-inteligência do mundo tem um caso urgente a ser resolvido pois já há umas semanas um bombista em série tem captado a atenção das autoridades e da sociedade em geral, o mistério é enorme e a ausência de efetividade é bastante evidente.

Tudo se iniciou em 2 de Março, um pacote-bomba que se ativava através de um sistema de “armadilha” detonou nas imediações de uma casa particular na cidade de Austin, Texas. O homem que o abriu morreu devido a tremenda explosão. Aparentemente a polícia não deu muita importância por se tratar de um homem negro.

Em 5 de Março outro pacote-bomba de características semelhantes matou a um adolescente e feriu gravemente a sua mãe (ambos afro-americanos) novamente em Austin. O pacote também foi deixado nas imediações da casa das vítimas, e neste mesmo dia uma idosa hispana foi vítima de um terceiro pacote-bomba, e após isso a polícia começou a formular teorias e concluíram que os crimes tinham uma “motivação racial”, mas se equivocaram…

Em 18 de Março uma bomba-armadilha foi ativada por uma dupla de pessoas brancas que caminhavam tranquilamente pela rua, deixando-as feridas. Com isso a hipóteses de que os atentados eram cometidos por um “racista” estava descartada.

Tão logo em 19 de Março um quinto pacote-bomba explodiu dentro de uma empresa dos Correios ferindo a uma trabalhadora e deixando terror entre a população. O FBI que já havia assumido o caso admitiu ter neutralizado um sexto explosivo sem dar maiores detalhes do artefato.

Além disso agentes do FBI reconheceram que as bombas estavam manufaturas com pregos e pólvora negra, feitas com um alto grau de sofisticação, mas compostas por materiais de fácil aquisição. Diante disso, o recordo do terror e caos que deixou Freedom Club nos anos 90 segue fresco.

O que chama a atenção é a maneira indiscriminada de atuar do/dos terroristas com estes tipos de atos, o que nós desde Maldición Eco-extremista apoiamos, engrandecemos e aplaudimos completamente. Não nos importa as razões que movem o atuar selvagem deste tipo de “serial-bomber” (como a imprensa o batizou), o que importa é semear a discórdia e o temor nos progressistas e humanistas modernos.

O que faz este terrorista anônimo é demostrar que mesmo estando em um país tão vigiado e tão duro em suas leis sobre terrorismo, ainda se pode realizar este tipo de ato sem serem presos. Aprendamos então as lições que deixa este “novo unabomber” (como nomeou a imprensa).

Pelo atuar misantropo que move os individualistas que se declaram em Guerra contra esta realidade artificial!

Para cima, bombista de Austin!

Que tuas bombas sigam derramando sangue e semeando morte!

Ânimos Criminais!

(UNITED STATES) PRAISE FOR THE SERIAL TERRORIST FROM AUSTIN

In our last post we reported on the six indiscriminate attempts that hit Austin, Texas, since the first days of March, attacks that spread two dead and various wounded, the trail of terror and fear that covered the zone, the paranoia and mobilization of the large intelligence agencies (FBI, ATF, etc.).
Last March 21st it was reported that the author of the attacks had died.
Since the first explosions, federal officers began the tracking of the materials which were used for the fabrication of homemade bombs, they visited various large and small shops interviewing some witnesses to create a profile of the responsible. Remember that in the places where were found the last two package bombs (one that exploded inside of a Fedex office and another which was found in a small delivery shop), were security cameras, that gave the images of the terrorist and the van in which he mobilized. With that fact, the authorities traced the model of the van and found the responsible, Wednesday in the morning it was executed an operation to detain him and stop the outbreak of package bombs.

While they were surrounding the terrorist with armoured cars, patrols and helicopters, several SWAT agents quickly approximated with long weapons in their hands, screaming and boasting like they know, when he felt enclosed, the solitary serial bomber made a courageous decision, aware of what he had done and accepting his end, put one of his bombs closer to his chest and activated it, the blast destroyed his van, killing him instantly and hurting one of the SWAT agents. Glorious way to die for an indiscriminate bomber!

Police didn’t obtain anything from him, to the contrary, from Mark Anthony Conditt (the name of the responsible) they had only fear, terror, arduous hours of investigation work, blood and death.

So, the episode of Mark remains in the memory, remains as example of the ferocity of a terrorist who doesn’t give in his acting the minimal importance to the tomorrow and who is guided just by his decadent present.

On Mark motivations, the FBI just said that “he wanted to send a message”, and that it was a video in his phone in which he reclaimed his acts, no matter how, the reasons of the terrorist of the 7 bombs are still a mystery but we feel him very close to us, because of that we feel the necessity of dedicate this words to him.

Mark’s death isn’t good or evil, is just the consequence of the decisions of an indiscriminate terrorist, who faces EVERYTHING without expecting anything, just because the egoistical joy of the blood and the smell of the burned skin of his objective.

(My acts are) “the outcry that a young man has to do to confront the challenges of a man in life”
Mark A. Conditt

Let the life and death of Mark be an example for the wild individualists!
Death and wounds for the hyper-civilized of any city!

Maldición Eco-extremista blog

(UNITED STATES) ON THE INDISCRIMINATE ACTS OF THE SERIAL BOMBER

Chaos and terror have seized the street, the ghost of terrorism remains disturbing the most correct minds up to today.
United States, the country with the largest investigation and counterintelligence agencies of the world has an urgent case to be solved, since for a few weeks a serial bomber has attracted the attention of the authorities and the society in general, the mystery is huge and the lack of effectiveness is quite evident.
It all began on 2 March, when a package bomb which was activated with a “trap” system, detoned on the outside of a private home in the city of Austin, Texas, the man who opened it died because of the tremendous explosion, apparently police didn’t give much importance to it because he was a black man.
On 5 March, another package bomb of similar characteristics killed an adolescent and severely hurt his mother (both African American) also in Austin, the package was left on the outside of the domicile of the victims too, the same day but in another zone, an old hispanic woman was victim of the third package bomb, after that, police began to deduce theories and considered that the crimes had a “racial background”, but they were wrong…
On 18 March, a package trap was activated by two white people who were calmly walking down the street, being injuried. With this, the hypothesis that the attempts were being committed by a “racist”, was discarded.
Only just on 19 March, a fifth package bomb exploded inside of a delivery company hurting one worker and spreading terror among the population, the FBI which have already took the case, admitted that they have neutralized a sixth explosive package without elaborate on this.

In addition, FBI agents have recognized that the bombs were fabricated with nails and gunpowder, made with great sophistication but composed of easy-to-buy materials.
In view of that, the memory of the terror and chaos that spread Freedom Club in the nineties remains fresh.
What attracts attention is the indiscriminate way of acting of the terrorist/terrorists through this type of acts, what we from Maldición Eco-extremista completely support, praise and applaud. We don’t care about the reasons which motivate the wild acting of this “serial bomber” (as the media have named him), what matters is to spread discord and fear in the modern progressists and humanists.
What this anonymous terrorist does is to prove that even being in a country so monitored and strict on its terrorist laws, it is possible to execute this type of acts without getting caught, let’s learn from the lessons of this “new unabomber” (as the media have designated him).
For the misanthropic acting that moves the individualists to declare themselves in War against this artificial reality!
Up with the bomber of Austin!
May your bombs keep shedding blood and spreading death!
Courage, criminals!

 

Maldición Eco-extremista blog