Tag Archives: Sociedade Secreta Silvestre

Secret Forest Society Plans to Kill Bolsonaro


Desde Deep Green Resistance.

Jair Bolsonaro, Brazil’s openly fascist President, is loathed by groups who care about preventing climate collapse and protecting the Earth’s last healthy ecosystems. According to the Guardian, Bolsonaro’s policies are now resulting in 3 football fields per minute of rainforest destruction, and scientists fear that the Amazon is reaching a critical tipping point, beyond which it will be impossible to save. If that “point of no return” is breached it will result in massive forest fires, which will release an immense amount of sequested CO2 into the atmosphere, accelerating climate collapse and annihilating one of the Earth’s sources of oxygen. Violence is also increasing and loggers have begun killing indigenous leaders and resistors from the over 400 tribes who call the forest home. Bolsonaro has overseen major funding cuts and firings at the Brazilian indigenous affair agency, which has gutted the few remaining governmental protections for these people.

Presumably this is why the Secret Forest Society (Sociedade Secreta Silvestre) have now targeted Bolsonaro for assassination. Two weeks ago, Veja Magazine interviewed one of the leaders of the Secret Forest Society (SSS), a branch of an international organization called the Individuals Tending Toward the Wild (ITS). The leader, identified as Anhangá, claimed that Bolsonaro was supposed to be executed on the day of his inauguration, but they were temporarily foiled by an unexpected security presence. Since then Bolsonaro has cancelled several key events, including an open car parade. Anhangá stated “We could easily blend in and carry out this attack, but the risk was enormous (…), so it would be suicidal. We didn’t want that.”

It is unclear how or when the Secret Forest Society plans to assassinate Jair Bolsonaro, but their affiliates in the ITS have been linked to letter bombs, University explosions, and the successful assassination of a biotechnology researcher. Their organization claims to stand up against people and systems that lead to environmental destruction, and they advocate for using extreme measures against nature’s enemies.

(es/en/pt) Arde el amazonas, arde la conciencia de los híper-civilizados

Recibido al mail


Arde el amazonas, ya es noticia mundial. El fuego avanza y lo calcina todo, y los híper-civilizados temen… Las alarmas están encendidas y en las redes sociales todos ponen el grito en el cielo; ¡¿Por qué nadie hace nada?! ¡Nuestro planeta se está muriendo!

Pareciera que la conciencia mundial acerca del estado catastrófico en el que hemos sumergido al mundo está despertando, ¡EN 2019!, sentimos informarles que ya es demasiado tarde para eso, y “nuestro planeta” esta bien pinche condenado, o mejor dicho, “nuestro mundo” porque el planeta seguirá adelante sin nosotros.

Pero los felicitamos, han logrado que el Amazonas sea trending topic en twitter, de seguro que los animales muertos estarán agradecidos, y no hay duda de que a partir de mañana empezaremos a ver como los árboles se regeneran a base de likes y compartidas. Que puto chiste…

Hay algo que no esta en duda, la furia es una respuesta adecuada frente a la devastación, pero no de la que se indigna, sino de la furia que quema, que detona y que castiga.

Todos los dedos apuntan a Bolsonaro como el mayor culpable, y si bien es la salida fácil, no se puede negar que el cabrón esta particularmente ligado a la destrucción ambiental acelerada, sin embargo ¿Cuantos van allá de las palabras? Que nosotros sepamos, solo un grupo ha estado planeando la ejecución del bastardo. ¿Se preguntan cual?

Nosotros hace rato que vimos la crudeza de este mundo, y si algunos necesitan que se queme el pinche Amazonas entero para darse cuenta, que así sea, siempre y cuando la respuesta sea proporcional. El tiempo de las lamentaciones ha terminado, como ya decían los guerreros del ALF, ¿Si no eres tú, entonces quien? ¿Si no es ahora, cuando?

¡Ataca, quema y asesina!

¡Que la rabia se traduzca en odio misantrópico!

¡Muerte a la humanidad moderna!


Amazon burns, the conciusness of the hyper-civilized burns

Amazon burns, it’s alreadu worldwide news. The fire advances and burns everything and the hyper-civilized are afraid…The alarms are turned on and in the social media everyone is freaking out: Why nobody is doing anything?! Our planet is dying!

It seems like the global consciusness about the catastrophic state of in wich we left the planet is awakening, IN 2019! we are sorry to inform you that is too late for that, and “our planet” is pretty much fucked up, or rather “our world”, because the planet will continue forward without us

Congratulations, you made it, Amazon is now trending topic in twitter, for sure the dead animals will appreciate that, and there is no doubt that from tomorrow we will see how the trees self-regenerate themselves because of the “like and share”. What a fucking joke…

There is something that is not in doubt, Fury is an adequate response to devastation, but not the one that of the indignated ones, but the fury that burns, detonates and punishes.

Every finger points towards Bolsonaro as the one to blame, and even if this is an easy analisys, it can’t be denied that the bastard is closely linked to the accelerated enviromental destruction, however, How many go beyond words? As far as we know, only one group have been planning the assassination of the bastard. Do you wonder wich group?

We realize long time ago about the crudity of this world, and if some need that the whole fucking Amazon burns down to realize it, so be it, as long as the answer is proportional. The time for regrets is over, as the ALF warriors said, if not you, who? If not now, when?

Attack, burns and kill!

May the rage become misanthropic hate!

Death to modern humanity!


A Amazônia Queima, e Queima Também a Consciência dos Híper-civilizados

A Amazônia arde, já é notícia mundial. O fogo avança e queima tudo, e os híper-civilizados temem… Os alarmes estão ligados e nas redes sociais todos gritam aos céus: por que ninguém faz nada? Nosso planeta está morrendo!

Parece que a consciência mundial sobre o estado catastrófico em que submergimos o mundo está despertando, EM 2019! Lamentamos informar que já é tarde demais para isso, e “nosso planeta” está desgraçadamente condenado, ou melhor, “nosso mundo”, porque o planeta seguirá adiante sem nós.

Mas nós os parabenizamos, já que conseguiram fazer com que a Amazônia se tornasse trending topic no Twitter, certamente os animais mortos estarão agradecidos, e não há dúvidas de que a partir de amanhã começaremos a ver como as árvores se regeneram com base em likes e compartilhamentos. Que piada de merda…

Há algo que não resta dúvidas, a fúria é uma resposta adequada à devastação, mas não a que se indigna, sim a fúria que queima, que detona e que castiga.

Todos os dedos apontam a Bolsonaro como o maior culpado, e embora seja o caminho mais fácil, não se pode negar que o bastardo está particularmente ligado à acelerada destruição ambiental, no entanto, quantos vão além das palavras? Até onde sabemos, apenas um grupo esteve planejando a execução do bastardo. Se perguntam qual é?

Já faz muito tempo que nós vimos a crueza deste mundo, e se alguém precisa que toda a Amazônia seja queimada para se dar conta disso, que assim seja, desde que a resposta seja proporcional. O tempo das lamentações acabou, como os guerreiros da ALF já disseram: se não é você, então quem será? Se não for agora, será quando?

Ataca, queima, assassina!

Que a raiva se traduza em ódio misantrópico!

Morte à humanidade moderna!

(Brasil) Grupo ecoextremista reclama do agronegócio em MS e promete ataques neste ano

Desde la prensa brasileña.


24 de Julio

Por uma caixa de e-mail criptografada na Suíça, Anhangá, personagem conhecido nesta semana após relatar à Revista Veja que o grupo terrorista planeja atacar o presidente Jair Bolsonaro (PSL), revelou ao Jornal Midiamax que Mato Grosso do Sul é visto como um ‘inferno do agronegócio’ para a SSS (Sociedade Secreta Silvestre) e garantiu que o grupo planeja ataques para este ano no país.

Integrante de um grupo que se autodenomina eco-extremista, a sociedade faz parte do grupo terrorista internacional ITS (Individualistas que Tendem ao Selvagem), defendendo a natureza, contrária ao modo de vida atual, que prioriza a produção em larga escala em detrimento do meio ambiente. Para combater o modo de vida atual, a SSS quer difundir ‘guerra psicológica’ e afirma já ter sido autora de três ataques a bomba em Brasília.

“Uns danam colossalmente, outros danam pouco, mas todos danam e não fazemos distinções, e toda esta estrutura tecno-industrial só se sustenta porque há civis operando e a defendendo”, relata Anhangá.

Mas apesar de manter 83% da cobertura vegetal nativa, o bioma Pantanal tem apenas 4,6% da área protegidos por unidades de conservação, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente. Terra da ministra do Agronegócio, Tereza Cristina (DEM), alvo de críticas após a liberação de agrotóxicos neste ano, o Jornal Midiamax conversou com Anhangá, que significa ‘espírito que protege os animais’, em tupi-guarani, sobre as questões que preocupariam o grupo extremista.

Ele seria um dos líderes do grupo e morador de Brasília, procurado pela Polícia Federal desde o vazamento do planejamento dos ataques ao presidente da República. Na troca de mensagens, é possível perceber que a Sociedade é pequena e que teria poucos recursos para planejar grandes ataques, como admitem.

Do contato inicial da reportagem com a organização terrorista internacional ITS no México até a primeira resposta de Anhangá a reportagem, foram dois dias. Por meio do representante, a organização revela se preocupar com a devastação do ecossistema do Pantanal e do Cerrado e afirma não ter lado político, apesar de não reclamar da visibilidade trazida pela reportagem da revista de circulação nacional para o pequeno número de membros no país.

O grupo eco-extremista reencaminhou o contato da equipe de reportagem a Anhangá pelo e-mail criptografado, nos respondendo que a mensagem já havia sido enviada ao representante do ITS no Brasil.

Anhangá, então, entrou em contato da sua caixa de e-mail criptografada com a da reportagem. Ao contrário do processo de produção da matéria da revista, quando ele encaminhou um link para um chat privativo, em que as mensagens eram destruídas após 24 horas.

Dois dias antes de a Revista Veja publicar uma possível nova ameaça ao presidente, o site oficial do ITS, Maldición Eco-extremista, divulgou um comunicado enviado pelo braço brasileiro do grupo intitulado “Destruindo uma invenção política com o nosso nome”.

O texto tentava desligar qualquer atentado do SSS a ligações com a esquerda ou direita políticas. No entanto, Anhangá não negou em entrevista ao Jornal Midiamax o ódio ao que chama de ‘posturas cínicas’ do governo de Bolsonaro. O grupo também encaminhou fotos de dois explosivos que estariam sendo produzidos para serem utilizados ‘a qualquer momento’.

Qualquer um pode ser alvo

“Uma coisa que deve ficar clara é que ITS não é um grupo que visa exclusivamente atacar governos, sejam eles quais forem, até porque isso gera um enorme trabalho e custo, algo que ainda não podemos bancar. Uma visão sobre nós está sendo moldada neste sentido, e está equivocada. Nós como eco-terroristas que somos podemos visar uma infinidade de alvos, desde um simples carro até pesquisadores, estudantes ou até civis, dado que desprezamos a vida humana civilizada e consideramos que a humanidade moderna, com o seu estilo de vida, é irreconciliável com a natureza selvagem e intrinsecamente danosa. Portanto, esperem por qualquer alvo. ITS como um grupo eco-extremista internacional já atacou presidentes de megaempresas, mas também atacou civis comuns indiscriminadamente, e todos sob o mesmo impulso. Uns danam colossalmente, outros danam pouco, mas todos danam e não fazemos distinções, e toda esta estrutura tecno-industrial só se sustenta porque há civis operando e a defendendo, conscientemente, por mais que neguem que assim seja, sobretudo os esquerdistas. Então, os alvos são infindos. Governos, sejam eles quais forem, sempre foram danosos, afinal o progressismo sempre foi buscado e ele é alcançado apenas através de danos graves à natureza, como mineração, desmatamento, barramento de rios, monoculturas, etc.. Acontece que o novo governo ressignificou o interesse em danos, nos parece proposital e há muito cinismo. Olhe aquele Salles, como é cínico. Bolsonaro fazendo papel de estúpido quis rebater esta semana dados objetivos do INPE com a intenção de negar o abissal desmatamento que ocorre no país. Então, é custoso visar alvos do governo e raramente o fazemos, mas esse governo tem nos enfurecido de uma maneira bastante particular devido a suas posturas cínicas e explícitas referente a questões ambientais”.
Liberação de agrotóxicos

“Não defendemos qualquer tipo de agronegócio, tampouco agrotóxicos, nossa perspectiva é outra. Mas é odioso o que esta pessoa tem feito, defender e liberar dezenas daqueles produtos químicos, muitos deles periculosíssimos e condenados em outros países. As consequências destes produtos sempre foram drásticas, sendo abruptas ou lentas, por “menos nocivos” que fossem. Sabe-se hoje que o declínio de insetos, especialmente aqueles polimerizadores, tem relação direta com a aplicação de pesticidas. Não é atoa que vulgarmente os chamam de “veneno”. Este país é um dos que mais consomem agrotóxicos no mundo, são toneladas todos os anos, estes produtos contaminam solos, rios, córregos, matam animais e insetos e se impregnam nos alimentos distribuídos. O resultado, além dos danos graves à natureza, são doenças neurológicas, câncer e tantas outras enfermidades. Mato Grosso é um inferno do agronegócio, e o Pantanal é rico e diverso, e como qualquer outro ecossistema neste país, especialmente o Cerrado, está ameaçado pela agropecuária. Tereza Cristina é como uma outra Kátia Abreu, a nova “rainha do motosserra”, e não hesito em dizer que será tão pior quanto.

Para ilustrar melhor o absurdo enquanto terminava minhas respostas, tive que voltar nesta pergunta para atualizá-la, já que hoje, 22 de Julho, acabo de saber que foi aprovado o registro de mais 51 agrotóxicos, totalizando 262, apenas neste ano, incluindo o Sulfoxaflor, inseticida do qual estudos mostram relação com o declínio da população de abelhas. Explosivos que dilaceram membros não são nada se comparados aos danos causados à natureza por nossa espécie’.
Ligações com o Paraguai

“Não existe nenhum membro de ITS no Paraguai. Mas já há algum tempo prestamos atenção no Exército do Povo Paraguaio (EPP), que inclusive realizou um interessante ataque há pouco tempo através de um braço indígena da organização, matando um brasileiro e causando danos materiais. Mas não temos qualquer tipo de contato ou relação com o grupo, há inclusive completa divergência em nossos caminhos, apenas tiramos lições da bela atuação destes insurgentes”.
SSS e PCC

“Não existem membros de ITS por “todo o país”. O grupo não possui esta dimensão. Quando emitimos aquele comunicado [de apoio ao PCC] estávamos apenas nos alinhando às intenções destas facções de atacar e retaliar autoridades e militares, já que um “salve geral” poderia ser dado a qualquer momento devido a transferência de líderes do PCC após planos de fuga frustrados. Se isso ocorresse, mesmo sem nenhuma ligação com o grupo, certamente atacaríamos contribuindo com as intenções caóticas da facção, porque diretamente isso contribuiria também com as nossas, caos e desestabilização da sociedade”.
Ataques planejados?

Tem algo que sempre levamos em mente quando nos fazem esta pergunta. Em 1970 uma das informações cruciais para os militares alemães elaborarem um plano para aniquilar a organização palestina Setembro Negro na Alemanha, grupo terrorista que sequestrou e matou onze atletas israelenses, foi a quantidade de membros da organização. Durante as negociações na vila olímpica em Munique eles deixaram escapar seu contingente, e isso foi importantíssimo para uma contrainsurgência contra os rebeldes palestinos. Então jamais diremos quantos de nós existem, isso seria um tiro em nosso próprio pé. E sim, existem mais ataques planejados para este ano. Apenas aguardem.

Ao Jornal Midiamax, Anhangá encaminhou fotos de explosivos feitos pelo ITS

[en] (Brazil) 85 Communique from ITS: Dismantling a political invention with our name

Until now we had choosen not to talk about this issue, as it was “behind scenes” and we did not give much importance until then, but as now has became publicly in a political narrative, takin position on this issue is of a vital importance to take back our name from the dirty mouth of the liars with political goals.

Since we emerged publicly, there are many who try to understand our motivations, and the interpretations of who we are varies depending the observers, each one more imaginative than the other. In short, for the right wing we are a extreme-left terrorist group, and for the left-wing we are a fascist group created by the right-wing, both theories based in political justifications. It is not a surprise and actually it is very repetitive, but we reafirm that we are not on any of those sides, we are far beyond politics. ITS is a nihilist group of an extremist ecological tendency. Using a more complex languaje, there are many “fake news” about us, even in Wikipedia some lies have been included.

The world has learned a lot from the strategies of Steve Bannon, and more specificly in Brazil, Jair Bolsonaro was chosen only because of the massive strategy of virtually propagandistic lies and some political maneuvers executed by the judicial powers that now are on foreground. But not only the lies comes from the righ wing, the left also worship it. Left journalists and sites clearly interested in the Bannon strategy wich they criticize so much, created very funny lies about ITS, as it was the case of DCM (1), Brasil247 (2) and Revista Forum (3), wich situates us in a paranoic invention of the right wing to justify a “coup d’etat” due to the evident failure of the Jair Bolsonaro’s government. According to them, we were created some months ago by the “fascist right wing governemnt” as a secondary strategy to “create an insurrectional situation” in order to “block democracy” and “build a police state” (those are the words of Mauro Lopes). How many bad words, Mauro. In this way, hurts the spirit of journalism and it degrades to the level of sites like 0 Antagonista. We are not a “very serious political operation created by bolosonarism” some months ago. For a good investigation journalist, it is clear that we emerged on 2016, long time ago from the actual government, even during the presidence of Dilma Rouseff, wich was later defeated and Michel Temer came into power. Back in that time, we just started the inaugural week of the Olimpics (4) shortly after the spectacle articulated by the, at the moment minister, Alexandre de Moraes, who extravagate an operation of Federal Police wich arrested a supposed cell of Islamic State in Brazil, wich in reality was a bunch of beginners without capabilites and without any personal contact between them or capacity to carry out attacks. They did not attack and were arrested and the case spectacularized, but we did attack. We detonaded a pressure cooker filled with nails and spheres in the upper platform of Pilot Plane bus station (5). If we are not mistaken, we never revealed this information, but that was NOT the intended place for the blast, but instead we planned to place the bomb in a LINE of dozens of people who were waiting to get into a bus. We just changed the place in the last moment because the place was infested with cops and army officers, only 4 days before the start of the Olimpic Games of that year. What would happened if we blasted the intended spot? How many would been wounded or killed? that was in 2016 and Bolsonaro did not have even the chance to become president at the moment. Dilma go out and Temer come in, and we continue the attacks, here in Brasilia and other places, in darkness and publicly. Temer leaves and comes Bolsonaro, and we still planting bombs and carrying arson attacks. But for the “respected” leftist journalism, “we are clearly a fascist invetion from the far-right to justify an state of emergency under the governement of Jair Bolsonaro”. You are provoking self-shame with this stupidity, my dear.

Agencia Publica published once an interest reportage showing how the terrorist attacks from the righ wing promoted the AI-5 (6) in past times. That makes sense, but not this narrative builded by the newspapers. Those leftist think that if the governement was behind our attacks, they would be exectued as we did? with the same materials? with the same frecuency? or the same targets? They need to read some novels in order to stimulate their creativity and build something more spectacular, not those cringey and paranoid narratives.

Also crazy is the right wing who think of us as a “creation of PCC”. In the eve of takeover of Jair Bolsonaro we stated that we are aligned with PCC and CV, but that means only an intellectual alignment with the chaotic intentions of those groups in opposition to the politicians and the army, revealed together with the plans of scape of the São Paulo faction the last year. There is not direct dialogs nor pacts with those groups. But that does not means that we do not have interest. So, we are not a creation of those criminal factions.

The far-right journalist of the site Terça Livre, Fernanda Salles, recently contacted the blog Maldicion Eco-extremista saying that she was being “threatened by the Secret Wilderness Society”, and the administrators of the blog ME pass this information along with the contact of the journalist. We never threatened journalists. So, also, we are not the people behind the threats against Allan dos Santos nor the other journalist. In that moment we stated that we were not responsible for that and we do not care much about it, that if they felt threatened call the cops. The curious thing is that Fernanda lately wanted to give us information about the people behind those supposed threats, as if she wanted to make us stand against them to search for them and “take revenge”, wich did not happened, as we were not interested in this fight, even if implies (not publicly) our name. The journalist Allan do Santos, the journalist Fernanada Salles and the site Terça Livre are responsibile of many “fake news” (7), so we will be not surprised if they made-up those alleged threats using our name to play with their political rivals. But we do not discard also the possibility that a mediocre leftist use our name to archieve political goals with this threats.

The political narrative with our name have been intesified and reached levels that make us furious. The new episode of this lie was published by 0 Antagonista. On July 3, the site published a supposed e-mail received by the senator Marcos do Val (8), rapporteour of the “package against crime”, and supposedly the e-mail was signed by us. Marcos delivered a video to the Federal Police in wich can be seen armed men wandering around his house, stating that he was being threatened because of his complaing of the wrecked “package” made up by Sergio Moro. We did not sent any e-mail to Marcos and no member of ITS wander around the house of this senator. In short, either this is a fake of the right “create a dangerous enemy for the left” to demoralize it (even more) or is a joint of the left to block the political projects of the right through terror. Everything related to our activities is reported in the blogs “mouthpiece” of ITS, if not disclosed on those spaces is because is not from us, is just lies.

The left call us “fascist creation of the far-right”, the right call us “communist invention of the far-left”, and from far away we watch, some times laughing and some times infuriating us. Both stupid groups, failed, clearly defective in their political articulations and both harmful for the few things that are important to ITS. The fact that we make angry the governemnt of Jair Bolsonaro does not make us leftists. This is colossally harmful because wild nature does not have political sides nor flags. While the left was on power on the last years of administration also was extremely harmful as any other government would do. So all that structure can go to hell, this is not what we deal with or what we care for, if every civilization collapses in fron of our eyes with their politics and their values, we will enojoy it laughing. We are more worried about the starving polar bears that travel hundred of miles in search of food and feed themselves with piles of rubbish (9), about the bees producing honey with waste (10), about the sea animals with human produced garbage merged into their bodies (11), about the birds feeding their babies with cigarette butts (12), about the forests teared apart because of the progress (13), with mineral dams collapsing and swallowing eco-systems (14), this is what matter to us. We do not care about anything else.

Individualists Tending Towards the Wild – Brazil
– Secret Wilderness Society


1. https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/jornalista-denuncia-farsa-para-criar-clima-de-terror-e-justificar-golpe-no-brasil/
2. https://www.brasil247.com/poder/bolsonarismo-comeca-a-agitar-espantalho-do-terror-para-tentar-o-golpe
3. https://revistaforum.com.br/bblogdorovai-quem-ganha-com-a-existencia-de-grupos-terroristas-no-brasil/
4. https://www.thesun.co.uk/news/1577179/eco-terrorists-who-detonated-pressure-cooker-bomb-last-week-declare-war-on-the-olympics-in-revenge-for-bulldozing-wildlife/
5. http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/08/cheia-de-pregos-panela-de-pressao-explode-na-regiao-central-de-brasilia.html
6. https://apublica.org/2018/10/atentados-de-direita-fomentaram-ai-5/
7. https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/06/26/fundacao-do-psl-de-bolsonaro-pagou-despesa-de-blogueiro-ligado-a-fake-news.htm
8. https://www.oantagonista.com/brasil/viu-meus-meninos-pelas-cameras-e-nao-os-convidou-para-entrar/
9. https://www.jornalciencia.com/52-ursos-polares-invadem-cidade-russa-para-comer-lixo-e-nao-morrerem-de-fome/
10. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/10/producao-de-mel-colorido-intriga-apicultores-na-franca.html
11. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2015/08/em-video-tartaruga-marinha-tem-canudo-arrancado-da-narina.html
12. https://www.bbc.com/portuguese/geral-48847312
13. http://climainfo.org.br/2019/04/26/o-mundo-perdeu-12-milhoes-de-hectares-de-floresta-em-2018/
14. https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Mariana e https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Brumadinho

[es] (Brasil) Comunicado 85 de ITS: Desconstruyendo una invención Política con nuestro nombre

Enviado al mail.


Hasta ahora habíamos decidido no hablar sobre el tema, ya que ello solo estaba “detrás de escena” y no nos importó mucho hasta entonces, pero como ahora se ha convertido públicamente en una narrativa política, este posicionamiento es vital para sacar nuestro nombre de la boca sucia de los mentirosos con fines políticos.

Desde que emergimos públicamente, hay muchos que intentan comprender nuestros motivos, y las interpretaciones de quienes somos varían según el grupo de observadores, cada uno más fantasioso que el otro. En resumen, para los de la derecha política somos un grupo terrorista de extrema izquierda, y para los izquierdistas somos un grupo fascista creado por la derecha, ambas teorías basadas en justificaciones políticas. No es sorprendente y ya es repetitivo, pero reafirmamos que no somos ni lo uno ni lo otro, y estamos más allá de la política. ITS es un grupo nihilista de tendencia ecológica extremista. Usando un lenguaje más complejo, se crean muchas “fake news” sobre nosotros, incluso en Wikipedia se han incluido algunas mentiras.

El mundo ha aprendido mucho de las estrategias de Steve Bannon, y particularmente en Brasil, Jair Bolsonaro fue elegido solo por la estrategia masiva de mentiras virtualmente propagandísticas y algunas maniobras políticas ejecutadas por el poder judicial que ahora está en primer plano. Pero no solo la mentira viene de la derecha, la izquierda también la adora. Periodistas y sitios de izquierda claramente interesados ​​en la estrategia de Bannon que critica tanto, han creado divertidísimas mentiras sobre ITS, como fue el caso de DCM (1), Brasil247 (2) y Revista Fórum (3), lo que nos puso en una paranoica invención derechista para justificar un “golpe de estado” debido al evidente fracaso del gobierno de Jair Bolsonaro. Para ellos, fuimos inventados hace unos meses por el “gobierno fascista de derecha” como una estrategia secundaria para “crear un clima de urgencia” para “bloquear la democracia” y “construir un estado policial” (en palabras de Mauro Lopes). Que palabras de mala fe, Mauro. De esa manera, lastima el espíritu periodístico y se degrada al nivel de sitios como O Antagonista. No somos una “operación política muy seria creada por el bolsonarismo” hace unos meses. Para un buen periodista investigador, está claro que emergimos públicamente en 2016, mucho antes del actual gobierno, incluso durante la presidencia de Dilma Rousseff, que más tarde fue derrocada y asumió el vicepresidente Michel Temer. En esa ocasión, comenzamos en la semana inaugural de los Juegos Olímpicos (4) poco después del espectáculo articulado por el entonces Ministro Alexandre de Moraes, quien extravagó una operación de la Policía Federal que arrestó a una presunta célula brasileña del Estado Islámico, que en realidad era un grupo de iniciantes incapacitados y sin ningún contacto personal entre ellos o capacidad de ataque. No atacaron y fueron arrestados y espectacularizados, pero nosotros atacamos. Explotamos una olla a presión rellena de clavos y esferas en la plataforma superior de la estación de autobuses de Pilot Plane (5). Si no nos equivocamos, nunca revelamos esta información, pero NO fue el sitio inicial de la explosión, sino EN UNA COLA de docenas de personas que esperaban para embarcar en un autobús estacionado. Solo cambiamos el lugar en el último momento porque el área estaba infestada por la policía y los oficiales del ejército, a solo 4 días antes del inicio de los Juegos Olímpicos de aquel año. ¿Y si hubiéramos explotado en el lugar previsto? ¿Cuántos no habrían sido heridos o asesinados? Eso fue en 2016, y Bolsonaro ni siquiera tenía la posibilidad de llegar a la presidencia en esa época, sin importar lo difícil que pensara. Dilma sale, Temer regresa, y continuamos los ataques, aquí en Brasilia y en otros lugares, en la oscuridad y en público. Sale Temer y entra Bolsonaro, y seguimos plantando explosivos y causando incendios. Pero para el “respetado” periodismo de izquierda, “somos una clara invención fascista de la extrema derecha para justificar un estado de excepción bajo el gobierno de Jair Bolsonaro”. Estás causando auto-vergüenza de esta estupidez, querida.

Agencia Pública, publicó una vez un reportaje interesante que muestra cómo los ataques terroristas de derecha promovieron el AI-5 (6) en tiempos pasados. Eso tiene sentido, no esta narrativa que estos periodicos han construido. ¿Piensan estos izquierdistas que si el gobierno estuviera detrás de los ataques que cometimos, serían ejecutados como los ejecutamos? ¿Con los mismos materiales que usamos? ¿Con la misma frecuencia? ¿O los mismos objetivos? Necesitan leer algunas novelas para estimular su creatividad y crear algo más espectacular, no estas narraciones chulas y paranoicas.

Igualmente loca está la derecha que nos pone como una “invención del PCC”. En la víspera de la toma de poder de Jair Bolsonaro nos declaramos alineados con el PCC y el CV, pero esto se refería solo a una alineación intelectual con las intenciones caóticas de estos grupos en oposición a los políticos y los militares, revelados junto con los planes de escape dibujados por la facción de São Paulo en el año pasado. No hay diálogos directos con estos grupos, ni pactos. Pero eso no significa que no haya interés por nuestra parte. Por lo tanto, tampoco somos un invento de esas facciones criminales.

La periodista de extrema derecha del sitio Terça Livre, Fernanda Salles se contactó recientemente con el blog Maldición Eco-extremista diciendo que estaba siendo “amenazada por la Sociedad Secreta de Silvestre”, y los administradores del blog ME pasaron esta información y el contacto de la periodista. Nunca amenazamos a periodistas. Así que tampoco somos los autores de las amenazas a Allan dos Santos ni a esta reportera. En aquel momento dijimos que nosotros no éramos responsables y que nos importaba poco, que llamaran a la policía si se sentían amenazados. Lo curioso es que Fernanda posteriormente quiso transmitir información de la gente detrás de las supuestas amenazas, como si quisiera ponernos en su contra para buscarlos y “vengarnos”, lo cual no sucedió, ya que no estábamos interesados ​​en esta supuesta pelea, aunque implicaba (de forma no pública) nuestro nombre. El periodista Allan do Santos, la periodista Fernanda Salles y el sitio Terça Livre son responsables de muchas “noticias falsas” (7), por lo que no nos sorprendería si crearán estas supuestas amenazas usando nuestro nombre para jugar contra sus oponentes políticas. Pero tampoco descartamos que un izquierdista mediocre use nuestro nombre para lograr fines políticos con estas amenazas.

La narrativa política con nuestro nombre se ha intensificado y alcanzado niveles que nos enfurecen. El nuevo capítulo de esta mentira fue publicado por O Antagonista. El 3 de este mes, el sitio publicó un presunto correo electrónico recibido por el senador Marcos do Val (8), relator del “paquete contra el crimen”, y supuestamente el correo electrónico fue firmado por nosotros. Marcos entregó un video a la Policía Federal en el que muestra a hombres armados merodeando por su casa, indicando que supuestamente lo amenazaban por denunciar el “paquete” estropeado preparado por Sérgio Moro. No enviamos ningún correo electrónico a Marcos y ningún miembro de ITS corrió alrededor de la casa de este senador. En resumen, o es una farsa de la derecha “crear un enemigo peligroso de la izquierda” para desmoralizarlo (aún más) o es una unión de la izquierda para bloquear el avance de los proyectos políticos de derecha a través del terror. Todo lo relacionado con nuestras actividades se reporta en los blogs “portavoz” de ITS, si no fue divulgado en estos espacios es porque no es nuestro, son solo mentiras.

La izquierda nos llama la “invención fascista de la extrema derecha”, la derecha nos llama la “invención comunista de la extrema izquierda”, y desde lejos observamos, a veces riendo bastante, o enfureciendonos. Dos grupos estúpidos, fracasados, claramente defectuosos en sus articulaciones políticas y ambos dañinos para las pocas cosas que importan a ITS. No es porque enojamos al gobierno de Jair Bolsonaro que seamos de izquierda. Está siendo colosalmente perjudicial porque la naturaleza salvaje no tiene lados políticos, ni banderas. La izquierda durante los últimos años de administración también fue gravemente dañina como lo haría cualquier otro gobierno. Así que va a la mierda toda esa estructura, no es con lo que tratamos o de lo que nos preocupamos, si cada civilización colapsa ante nuestros ojos con sus políticas y valores, disfrutaremos de la risa. Nos preocupan más los osos polares esqueléticos que caminan cientos de millas en busca de alimento y se alimentan de pilas de basura (9), con las abejas que producen miel con desechos (10), con los animales marinos con basura humana fusionada en sus cuerpos (11), con aves alimentando a sus polluelos con colillas de cigarrillos (12), con los bosques diezmados por el progreso (13), con represas de minerales rompiendo y tragando ecosistemas (14), eso es lo que nos importa. No nos importa nada más.

Individualistas Tendiendo a lo Salvaje – Brasil
-Sociedad Secreta Silvestre

1. https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/jornalista-denuncia-farsa-para-criar-clima-de-terror-e-justificar-golpe-no-brasil/
2. https://www.brasil247.com/poder/bolsonarismo-comeca-a-agitar-espantalho-do-terror-para-tentar-o-golpe
3. https://revistaforum.com.br/bblogdorovai-quem-ganha-com-a-existencia-de-grupos-terroristas-no-brasil/
4. https://www.thesun.co.uk/news/1577179/eco-terrorists-who-detonated-pressure-cooker-bomb-last-week-declare-war-on-the-olympics-in-revenge-for-bulldozing-wildlife/
5. http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/08/cheia-de-pregos-panela-de-pressao-explode-na-regiao-central-de-brasilia.html
6. https://apublica.org/2018/10/atentados-de-direita-fomentaram-ai-5/
7. https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/06/26/fundacao-do-psl-de-bolsonaro-pagou-despesa-de-blogueiro-ligado-a-fake-news.htm
8. https://www.oantagonista.com/brasil/viu-meus-meninos-pelas-cameras-e-nao-os-convidou-para-entrar/
9. https://www.jornalciencia.com/52-ursos-polares-invadem-cidade-russa-para-comer-lixo-e-nao-morrerem-de-fome/
10. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/10/producao-de-mel-colorido-intriga-apicultores-na-franca.html
11. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2015/08/em-video-tartaruga-marinha-tem-canudo-arrancado-da-narina.html
12. https://www.bbc.com/portuguese/geral-48847312
13. http://climainfo.org.br/2019/04/26/o-mundo-perdeu-12-milhoes-de-hectares-de-floresta-em-2018/
14. https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Mariana e https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Brumadinho

[PT – Brasil] Comunicado 85 de ITS: Desconstruindo Uma Invenção Política Com o Nosso Nome


Enviado al mail.

Havíamos até então decidido não nos manifestar acerca do assunto, dado que ele estava apenas nos “bastidores” e pouco nos importava até aí, mas como agora têm publicamente se convertido em uma narrativa política é vital este posicionamento para arrancar o nosso nome da boca imunda de mentirosos com fins políticos.

Desde que publicamente surgimos são muitos os que tentam compreender as nossas motivações, e as interpretações de quem somos variam de acordo com o grupo observador, cada uma mais mirabolante que a outra. Em resumo, para aqueles da direita política nós somos um grupo terrorista da extrema-esquerda, e para os esquerdistas nós somos um grupo fascista criado pela direita, ambas teorias fundadas em justificativas políticas. Não é surpreendente e já está repetitivo, mas reafirmamos que não somos nem um nem outro, e estamos além da política. ITS é um grupo niilista de tendência extremista ecológica, só. Utilizando uma linguagem mais enquadradora, há um bocado de “fake news” sendo criada acerca de nós, inclusive na Wikipédia tem sido incluídas algumas mentiras.

O mundo tem aprendido bastante com as estratégias de Steve Bannon, e particularmente no Brasil Jair Bolsonaro foi eleito apenas devido a estratégia massiva de mentiras propagadas virtualmente e algumas manobras políticas executadas pelo poder judiciário e que agora tem vindo à tona. Mas não só de mentiras vive a direita, a esquerda também a adora. Jornalistas e sites da esquerda claramente interessados na estratégia de Bannon que tanto criticam tem criado mentiras hilárias sobre ITS, como foi o caso do DCM (1), Brasil247 (2) e Revista Fórum (3), que nos colocam em uma paranoia de invenção da direita para justificar um “golpe de estado” devido o fracasso evidente do governo de Jair Bolsonaro. Para eles fomos inventados há poucos meses pelo “governo fascista de direita” como estratégia secundária para “criar um clima de urgência” para “efetuar o trancamento da democracia” e a “construção de um estado policial” (palavras do jornalista Mauro Lopes). Que palavras de má-fé, Mauro. Assim você fere o espírito jornalístico e se rebaixa ao nível de sites como O Antagonista. Não somos uma “operação política gravíssima criada pelo bolsonarismo” há poucos meses. Para um bom jornalista investigador fica claro que surgimos publicamente no ano de 2016, muito antes do atual governo, ainda durante a presidência de Dilma Rousseff, que posteriormente foi derrubada, assumindo o vice-presidente Michel Temer. Na ocasião, surgimos na semana de início das Olimpíadas (4) pouco depois do showzinho articulado pelo então ministro Alexandre de Moraes que extravagou uma operação da Polícia Federal que prendeu uma suposta célula brasileira do Estado Islâmico, que na verdade era uma bando de amadores altamente incapacitados e sem qualquer contato pessoal entre si ou capacidade de ataque. Eles não atacaram e foram presos e espetacularizados, mas nós atacamos. Explodimos uma panela de pressão recheada de pregos e esferas na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto (5). Caso não estejamos equivocados, nunca revelamos esta informação, mas NÃO era lá o local inicial da explosão, mas NUMA FILA de dezenas pessoas que esperavam para subir em um ônibus estacionado. Só mudamos o local de última hora porque a área estava infestada por policias e agentes do exército, já que faltavam apenas 4 dias para o início dos Jogos Olímpicos daquele ano. E se houvéssemos explodido no local planejado? Quantos não haveriam sido feridos ou mortos? Isso foi em 2016, e Bolsonaro sequer tinha chances de alcançar a presidência naquela época, por mais que já cogitasse. Sai Dilma, entra Temer, e continuamos os ataques, aqui em Brasília e em outros lugares, às escuras e publicamente. Sai Temer entra Bolsonaro, e prosseguimos plantando explosivos e causando incêndios. Mas para o “conceituado” jornalismo de parte da esquerda, “somos uma clara invenção fascista da extrema-direita para justificar um estado de exceção no governo de Jair Bolsonaro”. Não passem vergonha com esta burrice, caros.

A Agência Pública uma vez publicou uma interessante matéria que mostra como os atentados terroristas da direita fomentaram o AI-5 (6) em tempos passados. Aquilo sim faz sentido, não esta narrativa que estes jornalecos tem construído. Será que estes esquerdistas acham mesmo que se o governo estivesse por trás dos ataques que cometemos eles seriam executados como os executamos? Com os mesmos materiais que utilizamos? Com a mesma frequência? Ou aos mesmos alvos? Estão precisando ler alguns romances para aguçar a criatividade e criar algo mais espetacular, e não estas narrativas chulas e paranoicas.

Igualmente louca é a direita que nos coloca até como uma “invenção do PCC”. Às vésperas da posse de Jair Bolsonaro declaramos nos alinhar ao PCC e CV, mas isso se referiu unicamente a um alinhamento intelectual com as intenções caóticas destes grupos em oposição a políticos e militares, reveladas juntamente com os planos de fuga traçados pela facção paulista no ano passado. Não existe nem nunca existiu diálogos diretos com estes grupos, tampouco pactos. Mas isso não quer dizer que não haja interesse da nossa parte. Portanto, também não somos uma invenção de facções criminosas.

A jornalista de extrema-direita do site Terça Livre Fernanda Salles recentemente entrou em contato com o blog Maldición Eco-extremista dizendo estar sendo “ameaçada pela Sociedade Secreta Silvestre”, e os administradores do blog ME nos repassaram estas informações e o contato da jornalista. Jamais ameaçamos algum jornalista. Então nem somos nós os autores das ameaças a Allan dos Santos nem a esta repórter. Na ocasião afirmamos que não fomos os responsáveis e que pouco nos importava, que chamasse a polícia se acaso se sentisse ameaçada. O curioso é que Fernanda posteriormente quis nos repassar informações das pessoas por traz das supostas ameaças, como se quisesse nos colocar contra elas para que fôssemos atrás para “nos vingarmos”, o que não ocorreu, já que não estávamos interessados nesta suposta briga, mesmo que envolvesse (de maneira não-pública) o nosso nome. O jornalista Allan do Santos, a jornalista Fernanda Salles e o site Terça Livre são responsáveis por muitas “fake news” (7), então não nos surpreenderia se estivessem criando estas supostas ameaças utilizando o nosso nome para nos jogar contra desavenças políticas suas. Mas também não descartamos algum medíocre esquerdista utilizando o nosso nome para alcançar fins políticos com estas ameaças.

A narrativa política com o nosso nome tem se intensificado e chegado a patamares que já nos enfurece. O novo capítulo desta mentira foi publicado pelo site O Antagonista. No dia 3 deste mês o site publicou um suposto e-mail recebido pelo senador Marcos do Val (8), relator do “pacote anticrime”, e o e-mail foi supostamente assinado por nós. Marcos entregou um vídeo à Polícia Federal em que mostra homens armados rondando a sua casa, indicando que estava supostamente sendo ameaçado devido relatar o mimado “pacote” elaborado por Sérgio Moro. Não enviamos qualquer e-mail a Marcos e nenhum membro de ITS rondou a casa deste senador. Em suma, ou isso é uma farsa da própria direita para “criar um perigoso inimigo da esquerda” para desmoralizá-la (ainda mais) ou é uma articulação da própria esquerda para barrar o avanço de projetos políticos da direita através do terror. Tudo relativo às nossas atividades é relatado nos blogs “porta-voz” de ITS, se não foi divulgado nestes espaços é porque não é de nossa autoria, são mentiras apenas.

A esquerda nos chama de “invenção fascista da extrema-direita”, a direita nos chama de “invenção comunista da extrema-esquerda”, e de longe assistimos, hora rindo bastante, hora enfurecidos. Dois grupos estúpidos falidos, claramente fracassados em suas articulações políticas e ambos nocivos às poucas coisas que importam a nós de ITS. Não é porque enojamos o governo de Jair Bolsonaro que somos da esquerda. Ele tem sido colossalmente danoso à natureza selvagem, e ela não possui lados políticos, não possui bandeiras. A esquerda durante os últimos anos de administração também foi severamente danosa como qualquer outro governo seria. Então, que dane-se toda esta estrutura, não é com isso que lidamos ou nos importamos, se toda a civilização um dia ruir diante de nossos olhos com suas políticas e valores, apreciaremos rindo. Estamos mais preocupados com os ursos polares esqueléticos andando centenas de quilômetros em busca de alimentos e se alimentando de pilhas de lixo (9), com as abelhas fabricando mel com dejetos (10), com os animais marinhos com o lixo dos humanos fundido em seus corpos (11), com pássaros alimentando os seus filhotes com bitucas de cigarros (12), com as florestas sendo dizimadas pelo progresso (13), com barragens de minérios se rompendo e engolindo ecossistemas (14), é com isso que nos importamos. Não ligamos para mais nada.

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil
-Sociedade Secreta Silvestre

1. https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/jornalista-denuncia-farsa-para-criar-clima-de-terror-e-justificar-golpe-no-brasil/
2. https://www.brasil247.com/poder/bolsonarismo-comeca-a-agitar-espantalho-do-terror-para-tentar-o-golpe
3. https://revistaforum.com.br/bblogdorovai-quem-ganha-com-a-existencia-de-grupos-terroristas-no-brasil/
4. https://www.thesun.co.uk/news/1577179/eco-terrorists-who-detonated-pressure-cooker-bomb-last-week-declare-war-on-the-olympics-in-revenge-for-bulldozing-wildlife/
5. http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/08/cheia-de-pregos-panela-de-pressao-explode-na-regiao-central-de-brasilia.html
6. https://apublica.org/2018/10/atentados-de-direita-fomentaram-ai-5/
7. https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/06/26/fundacao-do-psl-de-bolsonaro-pagou-despesa-de-blogueiro-ligado-a-fake-news.htm
8. https://www.oantagonista.com/brasil/viu-meus-meninos-pelas-cameras-e-nao-os-convidou-para-entrar/
9. https://www.jornalciencia.com/52-ursos-polares-invadem-cidade-russa-para-comer-lixo-e-nao-morrerem-de-fome/
10. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/10/producao-de-mel-colorido-intriga-apicultores-na-franca.html
11. http://g1.globo.com/natureza/noticia/2015/08/em-video-tartaruga-marinha-tem-canudo-arrancado-da-narina.html
12. https://www.bbc.com/portuguese/geral-48847312
13. http://climainfo.org.br/2019/04/26/o-mundo-perdeu-12-milhoes-de-hectares-de-floresta-em-2018/
14. https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Mariana e https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Brumadinho

Armados e perigosos: Polícia caça grupo terrorista que ameaça Bolsonaro e ministros

Desde la prensa (1 y 2).

TERROR –   Na página que mantém na internet, a “Sociedade Secreta Silvestre” assumiu a responsabilidade pelos ataques ao Ibama: bombas e pichações (//.)

Grupo assume autoria de mais um atentado em Brasília, desdenha da Polícia Federal e agora ameaça de morte o ministro do Meio Ambiente.

Na madrugada de 28 de abril, um estrondo quebrou o silêncio em uma das sedes do Ibama, na Floresta Nacional de Brasília. Dois vigilantes correram para verificar o que havia acontecido. No estacionamento, encontraram um carro da fiscalização do órgão em chamas. Antes que conseguissem conter o incêndio, houve outra explosão. Um segundo automóvel começou a pegar fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas os veículos ficaram destruídos. Por se tratar de patrimônio público, a polícia foi chamada para realizar uma perícia. Em meio às cinzas, os técnicos recolheram palitos de fósforo, restos de fita adesiva e vestígios de um líquido inflamável — indícios de um incêndio criminoso. Além disso, havia pichações com ameaças ao ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente. No mesmo dia, o grupo que se autointitula “Sociedade Secreta Silvestre” reivindicou o atentado numa página na internet.

Num país sem tradição de grupos ou de atos extremistas violentos, a primeira impressão que se tem de um caso assim é de uma brincadeira irresponsável. O tal grupo se apresenta como ecoterrorista e anticristão e mantém um site na chamada deep web — área da internet difícil de ser rastreada e, por isso, muito usada por criminosos de todos os tipos, de pedófilos a traficantes. Pela página, o grupo reivindicou o atentado ao Ibama e informou ter utilizado bombas incendiárias no ataque aos carros. Para provar o que dizia, postou um vídeo com imagens dos artefatos, mostrando o material usado — o mesmo encontrado pelos peritos da polícia no local do crime. O ataque, de acordo com a postagem, foi um alerta ao ministro Ricardo Salles. “Cuidado, Salles. Você é uma figura pública. Não somos como os desprezíveis do Partido da Causa Operária que rosnam o tempo inteiro babando radicalismo, mas que quando te encontram dão tapinhas em seu carro. Operamos terroristicamente apenas. Não temos pressa, só disposição, arsenais e objetivos, e você é um deles, junto com a turma incompetente e pateta dos ‘Bolsonaros’ e outros que já mencionamos”, diz o texto.

ALVOS –  Bolsonaro, Damares e, agora, Ricardo Salles: ameaças de morte (Daniel Marenco/Agência O Globo – Gero Rodrigues/Ofotografico/Agencia O Globo – Nacho Doce/Reuters).

A ação do grupo preocupa as autoridades de Brasília. No fim do ano passado, a tal “Sociedade Secreta Silvestre” assumiu a autoria de outro atentado. Uma bomba de fabricação caseira foi deixada perto de uma igreja a cerca de 50 quilômetros do centro de Brasília. O artefato só não provocou uma tragédia de grandes proporções porque houve falha no detonador, o que impediu a explosão. Como ocorreu agora, foi divulgado um vídeo com detalhes que só mesmo quem construiu o dispositivo poderia saber. Na época, o grupo afirmou que o objetivo era provocar o caos às vésperas da posse do presidente Jair Bolsonaro. “Se a facada não foi suficiente para matar Bolsonaro, talvez ele venha a ter mais surpresas em algum outro momento”, dizia um texto. “Temos armas e mais explosivos estocados”, alertava o comunicado. Desde então, a Polícia Federal investiga o caso.

Segundo um documento sigiloso obtido por VEJA, o objetivo da investigação é apurar “condutas extremamente graves, inclusive com a utilização de artefatos explosivos”, e “ameaças a figuras públicas, notadamente ao presidente da República Jair Messias Bolsonaro”. O caso está sendo conduzido com prioridade pela Divisão Antiterrorismo da PF e conta com o apoio da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e da Polícia Civil de Brasília. Apesar dos esforços redobrados, ainda não se sabe quem está por trás das ameaças e dos ataques. Três pessoas chegaram a ser presas no fim do ano passado. Com elas, foram encontrados um manual supostamente ensinando a fazer bombas caseiras e tubos de vidro com substância suspeita. No entanto, poucos dias depois, elas foram soltas. O documento, ficou provado, não pertencia a elas e o líquido era, na verdade, um remédio fitoterápico.

Além do presidente Bolsonaro e de Ricardo Salles, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, já havia entrado na mira da “Sociedade Secreta”. No início do ano, os supostos terroristas postaram um texto intituladoDamares andando no vale da morte. Num determinado trecho, diziam: “Já pensou um culto em sua igreja voando pelos ares como no Sri Lanka? Ou um evento seu? E uma toxina mortal em alguma alimentação sua? Uma bala na sua cabeça enquanto se desloca a trabalho?”. VEJA revelou no começo deste mês que, diante dessas ameaças, a ministra mudou de endereço, de rotina e reforçou a segurança. Foi aconselhada até a evitar o consumo de alimentos sem saber sua origem exata. “Deixamos clara a posição ameaçadora e nossas intenções homicidas também contra Damares Alves. Que fique claro que elas ainda existem, e estão cada vez mais perigosas”, ameaçou o movimento. O ministro Ricardo Salles reforçou as medidas de segurança pessoal e da sede do ministério. Em uma postagem recente, o grupo extremista desdenhou das autoridades brasileiras: “A Polícia Federal com ajuda da Abin e outros órgãos realizou um grande operativo, mas deteve pessoas aleatórias, não a nós. Seguimos nos desenvolvendo e atacando”.

INVESTIGAÇÃO – Polícia Federal apura ameaças terroristas ao presidente Bolsonaro (Ueslei Marcelino/Reuters)

Documento sigiloso obtido por VEJA revela a preocupação das autoridades com as ameaças de ataque ao presidente da República.

A divisão antiterrorismo da Polícia Federal está tentando descobrir a identidade dos integrantes de um grupo extremista que ameaça matar o presidente Jair Bolsonaro e dois ministros. Autointitulado “Sociedade Secreta Silvestre”, o movimento se diz “ecoterrorista” e “anticristão” e tem feito “ameaças a figuras públicas, notadamente ao presidente da República Jair Messias Bolsonaro”, segundo o documento obtido por VEJA.

As ameaças são postadas num site – e vieram à tona quando, em dezembro do ano passado, o grupo disse que poderia promover um atentado na cerimônia de posse presidencial. Na época, a polícia desarmou uma bomba colocada na porta de uma igreja que fica a cerca de 50 quilômetros do Palácio do Planalto.

Recentemente, a “Sociedade Secreta” incendiou dois carros numa das sedes do Ibama, em Brasília. No local, a polícia localizou fragmentos de uma bomba caseira. O grupo assumiu a autoria do atentado e anunciou que o próximo alvo será o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente.

Segundo os investigadores, as condutas dos envolvidos são “extremamente graves, inclusive com a utilização de artefatos explosivos” e representam “atos criminosos”.

[en] (Brazil) 79 Communique of ITS: Attacks against FLONA

“We must walk here in the land with soft steps, like a bird that pass flying on the sky and you look after and leave no traces.”
– Ailton Krenak

As the water cycle we come back to fight for the wild. Some dirty mouths talked against us, frustrated investigators of PC and PF hunted us even under the rocks, but not even there they found us, and here we are again, the Secret Wilderness Society, provoking chaos and terror.

We take responsibility for destructive attacks in the National Forest of Brasilia (FLONA) that happened during the morning of Sunday 28th of April, this time in Taguantinga region. We did the following attacks:

– A signal tower in construction was partially destroyed. We tried but did not managed to collapse the tower. In any case have been put out of service, the base is heavily damaged, as well as the iron cables that hold the tower. Every cable was cutted, including the land cable;

– Total destruction of the solar panel that gave energy to the tower. We cutted the lock of the control box with pliers and destroyed everything we found inside. The solar panel was completely smashed using hammers;

– Graffiti with threats in several signs on the forest, specially against Ricardo Salles;

– Destruction of a small brigde for visitors inside the forest;

– After being welcomed in the entrance and in the exit by a imponent Guara Wolf, as if he greet us, we caused the arson and destruction of two IBAMA (Brazilian Institute of Enviroment) vehicles by placing incendiary devices of 8 liters of gasoline divided in four bottles tied to little explosives and several fuses, placed un the front and back part of the vehicles;

Neither ecoturism nor technological structures will have a place within the forest, the extremist war agains the grey and artificial modern world still going on, the artifacts to the cities. We reject the Techno-industrial System out of pure contempt. Of course, the violent disgust towards civilization flows hot in our veins, and the catharsis smell like explosives. And for some who think that a bunch of individualists can do little the National Thowheed Jamath proves the oppossite after the well deserved carnage against christians in Sri Lanka. In the last december this scenario of terror was about to happen on this land by us, Individualists Tending Towards the Wild – Brazil. But we do not care, our intentions still vigent, remember that silence comes before the blast. The attacks of that sunday morning in FLONA are just a spark, is logical that the savagery that comes out of our hands will be materialized over the citizenry. This appearance after the investigations of Federal Police come full of surprises, instead of intimidating us, we upgrade our terrorist power. The tocaia is going on.

For us, forests are sacred places that deserve a profound respect, is not of our desire to make explosives blast on those places, rather attack in the metropolis than antagonize with the sounds of the forests and the animals. The executed attacks were not at random. Cerrado have become a desert, the little that remains will become extinct in a few years more, and those are the words of the scientists, people like Antonio Donato with their respectful research. But someone sensitive is able to feel that, is not necessary that science comes to told us that the earth is ill. In name of human progress the cities are indiscriminately swalloging the nature and cornering wild life. THe wild sounds heard in the dense bushes are just memories now, a memory is the Gavião-Peneira, wich is not anymore flying on the skies searching for little preys in the ground as the land nowadays is uninhabitable, dry and filled with asphalt. In the last days we were traveling through the woods meditating about how destructive is the existence of the human race. The ecological impact of the civilization that we witness comes sowing a growing pain in our spirits. The earth screams. In the forests we found piles and paths of garbage left by “nature lovers” that come to their “sunday leisure”, in many places there are erosions caused by the flow of hundred of cyclists, the beings of nature have been forced to flee because of the mass of civilized ones that come each wekeend to the woods as “relaxing moment”, but during the week contribute anguishedly with the progress of the technological modern society. We saw disgusting machines breaking the earth expanding urbanization and obviously we witnessed also bushes and rivers damaged after the typical hipster festivals. This is the old Cerrado succumbing before the intervention of only one being, the invasive human race. Not only in the cities, but in any forest the risk of attack is here. We announce to you, civilized humans, that you are not welcome on there areas, stay away from wild nature, go back to your artificial and sick enviroments, you are an invasive and disgusting species, forests are not for you, left them for the wolves, the puma, the Seriemas, the rattlesnakes, deer, capybaras, teius, tatus, left the wild for the wild. May the ecoturism succumb. Think twice you scouts, turists, cyclists, hunters, families, hipsters, patrols, vagabonds or any civilized who dare to walk on those places where civilization did not fully intervened yet, it will be no surprise any kind of sudden barbaric attack.

FLONA is under the jurisdiction of ICMBio, an entity that underwent a drastic change this week in its direction, and which in turn is linked to the Ministry of the Environment (MMA), currently headed by Ricardo Salles. The graffiti on the signs inside the forest highlight the threats to this charlatan and “anti-environmental” character who works strictly for mining, industry and agriculture. Salles has been convicted of document fraud to favor mining companies. Do you remember what happened with the bastard Oscar Landerretche, dont you? So be careful, Salles. You are a public figure. We are not like the despicable ones of the Workers’ Cause Party that snarl all the time salivating radicalism, but when they find you they pat your car. We operate as terrorists. We are not in a hurry, only disposition, arsenals and objectives, and you are one of them, along with the incompetent and pathetic class of the “Bolsonaros” and others that we already mentioned. We do not do this expecting changes in these institutions, since we do not obey political logic. In addition to the MMA and several such as the ICMBio, the Brazilian Forest Service and the IBAMA logically always worked in favor of an insane “sustainable” and progressive civilization, as if there were such a possibility. Now under Salles management these bodies are just verdicts for catastrophic activities. It is well known that this ecocidal operation will intensify abysmally with the interventions of Ricardo Salles, his movements in the last three weeks prove very well that. This type is of the type that is made of the blind eye with companies like the Vale that consecutively destroyed several kilometers of biomes after two gigantic civilized disasters coming from mining activities in the state of Minas Gerais. That is unforgivable. Put Salles, “Bolsonaros” and the others as a target comes also from a revengeful egoist hate that burns within us. This is not because of the “climate justice” desired by progressist garbage like Greta Thunberg neither for the leftwing oppossition, fuck the left, we can also attack them. This is an anti-political stand, Wild Nature does not have “political sides”. And of course, it is good to cause paranoia and political disorder, as it causes destabilization within the social order. If is true that in what concerns destablization the incompetence of Bolsonaro and his filthy gang are, by far, leading the race, we celebrate this, the pathetic deeds and words of this rookie political group collaborate actively in the chaos that we want as they partially stuck the normal functioning of some of the state structures with the clash of interests and their dense ideological bias, creating thus also severe conflicts between different groups because of the political dualism that leads the western civilization

What we did was little, only that we have a life to expel our hatred of civilization and human progress. For the moment the attacks in FLONA and we leave this message to Salles and company. Is it impossible to attack them? ITS almost killed the president of Codelco, one of the largest mining companies in the world. Who would imagine? Frankly, we are not in a hurry. Revenge is coldly tasted. It is clear that we will continue with other indiscriminate and selective attacks seeking to damage and destabilize civilization. Peace and order will be broken by savagery. Who knows in the next opportunity, maybe Sri Lanka will be here. We are not going to extend more, that the explosives speak for themselves. We are serene and who is part of this group, knows that it is without mercy.

Back to the darkness we join the animals of nature, to worship the moon, the sun, the stars, the wind, the waters, the forests, the whole.

May the fog cover our steps. Misanthropy and wild nature always.

Individualists Tending Towards the Wild – Brazil
-Secret Wilderness Society

[PT] Brasil: Comunicado 81 de ITS: Damares Andando No Vale da Morte

Enviado al mail.

Hoje nos inteiramos através da imprensa sobre a possível abdicação de cargo da Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves (1). As informações ainda são confusas, talvez desmentidas propositalmente para evitar maior desgaste a um governo caindo aos pedaços e que já perdeu alguns ministros. Se procede ou não existe um incômodo, isso é fato, quem sabe um esgotamento emocional por parte de Damares. A Veja, veículo que noticiou em primeira mão esta possível abdicação da ministra foi clara, ameaças de morte, oposições e ataques. O veículo pontuou e está certo, certamente a maior ameaça até então veio de nós da Sociedade Secreta Silvestre quando deixamos numa igreja em Brazlândia um artefato explosivo de 5 quilos com alto poder de destruição (2). Não nos importava a quantos matasse e ia dirigido a um grupo especifico, religiosos cristãos, o mesmo grupo de Damares, embora seja ela protestante. Miramos este grupo e tivemos os nossos motivos, e no momento deixamos clara a posição ameaçadora e nossas intenções homicidas também contra Damares Alves. Que fique claro que elas ainda existem, e estão cada vez mais perigosas. A Polícia Federal com ajuda da Abin e outros órgãos realizou um grande operativo, mas deteve pessoas aleatórias, não a nós (3). Nós seguimos nos desenvolvendo e atacando. O último ataque foi na madrugada do último domingo (28) na Floresta Nacional de Brasília onde deixamos um rastro de destruição na FLONA e incendiamos dois carros do IBAMA (4). O ataque está sendo investigado pela Polícia Federal de acordo com Sérgio Moro (5). Claro, registramos o momento para deixar claro que fomos nós os autores, o vídeo pode ser acessado por qualquer um. Já nesta ocasião concentramos nossas ameaças especialmente a Ricardo Salles, inclusive é um dos motivos do alvo elegido (ICMBio e IBAMA). Então, pode você estar andando no vale da morte, Damares, caminhando em casca de ovos, ou melhor, em um campo minado. Já pensou um culto em sua igreja voando pelos ares como no Sri Lanka? Ou um evento seu? E uma toxina mortal em alguma alimentação sua? Uma bala na sua cabeça enquanto se desloca a trabalho? Precauções tem limites quando se é uma figura pública, e além do mais, as paredes tem olhos. Estamos dispostos a levar isso até as mais extremas consequências. O silêncio antecede a explosão, nos aguarde.

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil
-Sociedade Secreta Silvestre

1. https://veja.abril.com.br/politica/preparando-a-saida/

2. https://www.metropoles.com/distrito-federal/policia-federal-investiga-ameaca-terrorista-a-posse-de-jair-bolsonaro

3. https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,suspeitos-de-terrorismo-e-ameaca-a-bolsonaro-sao-soltos,70002673648

4. https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/04/28/carros-do-ibama-pegam-fogo-na-floresta-nacional-de-brasilia.ghtml

5. https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2019/04/30/policia-federal-investiga-como-dois-carros-do-ibama-foram-queimados-no-df-diz-ministro-moro.ghtml