Tag Archives: Sociedade Secreta Silvestre

[PT] Brasil: Comunicado 79 de ITS: Ataques Destruidores na FLONA

Enviado al mail.

“Nós devemos andar aqui na Terra pisando suavemente, como um pássaro que passa voando no céu e você olha depois e ele não deixa rastros.” – Ailton Krenak

Como o ciclo das águas voltamos a lutar pelo selvagem. Algumas bocas sujas falaram contra nós, investigadores frustrados da PC e PF nos caçaram até debaixo de pedras, mas sequer nos encontraram, e aqui estamos novamente, Sociedade Secreta Silvestre, provocando caos e terror.


Assumimos os ataques destruidores na Floresta Nacional de Brasília (FLONA) ocorridos durante a madrugada de domingo do dia 28 deste mês, desta vez na região de Taguatinga. Na ocasião realizamos os seguintes ataques:

– Destruição parcial de uma torre de sinal em construção. Tentamos, mas não conseguimos derrubar a torre. De qualquer modo ela foi inutilizada, as bases estão seriamente comprometidas, bem como os cabos de aço que a sustentam e foram danados. Todos os fios foram cortados, incluindo o fio terra;
– Destruição total de uma placa solar destinada a alimentar a torre. Cortamos o cadeado da caixa de controle do painel com um alicate e destruímos tudo que estava em seu interior. Com martelos arrebentamos toda a placa;
– Pixações com ameaças em várias placas na floresta, especialmente a Ricardo Salles;
– Destruição de uma pequena ponte para visitantes dentro da floresta;
– Após sermos recebidos na entrada e na saída por um imponente Lobo Guará, como se nos saudasse, causamos o incêndio e a destruição de dois carros do IBAMA através de IEDs incendiários de 8 litros de gasolina divididos em quatro garrafas amarradas a pequenos explosivos e várias mechas ignitoras, deixadas na parte da frente e de trás dos carros;

Nem ecoturismo nem estruturas tecnológicas terão espaço nas florestas, a guerra extremista contra o mundo moderno cinzento e artificial segue, às cidades os artefatos. Damos as costas ao Sistema Tecno-Industrial por puro desprezo. Claro, a repugnância violenta à civilização pulsa quente em nossas artérias, e a catarse cheira a explosivos. E para quem pensa que um grupo de alguns individualistas pouco pode a National Thowheed Jamath demonstra o contrário depois da merecida carnificina contra cristãos no Sri Lanka. Em dezembro do ano passado por um triz o cenário de terror no país asiático não foi produzido nestas terras por nós de Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil. Mas pouco importa, as intenções seguem latentes, recordem-se de que o que antecede a explosão é o silêncio. Os ataques nesta madrugada de domingo na FLONA são uma fagulha, é lógico que a selvageria vinda de nossas mãos se materializará por cima da cidadania. Esta aparição após as investigações da Polícia Federal vem cheia de surpresas, ao invés de nos intimidarmos nós aumentamos o poder terrorístico. A tocaia está em curso.

As florestas para nós são locais sagrados que merecem o profundo respeito, não é de nosso feitio fazer ecoar explosivos nestas áreas, antes atacar uma metrópole a disputar com os sons das matas e dos animais. Os ataques executados não foram aleatórios. O Cerrado tem sido desertificado, o pouco que resta se extinguirá em alguns anos, e isso dizem os próprios cientistas, gente como Antonio Donato Nobre com as suas respeitosas investigações. Mas alguém sensível é capaz perceber isso, não é preciso que a ciência nos dite que a terra está doente. Em nome do progresso humano as cidades tragam indiscriminadamente a natureza e acuam a vida selvagem. Os sons silvestres ouvidos nas densas matas tem se tornado memórias, uma lembrança é que o inconfundível Gavião-Peneira já não mais é visto pairando no ar à procura de pequenas presas no chão pois a terra hoje é erma, seca e de crosta asfáltica. Nos últimos dias temos peregrinado nas florestas meditando em o quanto a existência da espécie humana é destrutiva. O impacto ecocida da civilização que presenciamos vem semeando a dor crescente em nossos espíritos. A terra grita. Nos bosques nos deparamos com amontoados e trilhas de lixo atirados por “amantes da natureza” que saem para seus “lazeres de domingo”, em muitos lugares há erosões causadas pelo enorme fluxo de centenas de ciclistas, os seres da natureza tem estado afugentados pela massa de civilizados que tiram os finais de semana nos bosques como “sessão de descarrego”, mas que na semana contribuem angustiantemente com o progresso da tecnológica sociedade moderna. Vimos asquerosas máquinas rasgando a terra expandindo a urbanização e óbvio, presenciamos também matas e riachos danados após típicos festivais hipsters. Isso é o antigo Cerrado sucumbindo na intervenção de um único ser, a espécie invasora humana. Logo não só nas cidades, mas em qualquer floresta o risco de ataque é latente. Proclamamos vocês humanos civilizados personas non gratas nestas áreas, se distanciem da natureza selvagem, voltem para seus ambientes artificiais e doentes, vocês são uma espécie invasora nojenta e destrutiva, as florestas não são para vocês, deixem-nas para os Lobos, as Suçuaranas, as Seriemas, as Cascavéis, os Veados, as Capivaras, os Teiús, os Tatus, deixem o selvagem para o que é selvagem. Que o enojado ecoturismo sucumba. Logo pensem duas vezes vocês escoteiros, turistas, ciclistas, caçadores, famílias, hipsters, patrulhas, andarilhos ou qualquer civilizado que ouse pisar nestes locais onde a civilização ainda não interviu por completo, que não seja uma surpresa qualquer tipo de ataque bárbaro repentino.

A FLONA está sob jurisdição do ICMBio, entidade que sofreu drástica mudança esta semana em sua direção, e que por sua vez é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), dirigido atualmente por Ricardo Salles. Pixações nas placas dentro da floresta realçam as ameaças a este personagem charlatão e “anti-ambiental” que trabalha estritamente em prol de mineradoras, indústrias e agropecuária. Salles comicamente já foi condenado após fraudar documentos para favorecer empresas de mineração. Por acaso lembram do que passou com o bastardo do Óscar Landerretche, não? Então cuidado, Salles. Você é uma figura pública. Não somos como os desprezíveis do Partido da Causa Operária que rosnam o tempo inteiro babando radicalismo, mas que quando te encontram dão tapinhas em seu carro. Operamos terroristicamente apenas. Não temos pressa, só disposição, arsenais e objetivos, e você é um deles, junto com a turma incompetente e pateta dos “Bolsonaros” e outros que já mencionamos. Não fazemos isso esperando por mudanças nestas instituições, já que não obedecemos a lógicas políticas. Além do mais o MMA e várias autarquias como o ICMBio, Serviço Florestal Brasileiro e o IBAMA logicamente sempre trabalharam a favor de uma insana civilização “sustentável” e progressista, como se houvera tal possibilidade. Agora sob gerência de Salles estes órgãos são apenas vereditos para atividades catastróficas. É bem sabido que este funcionamento ecocida irá se intensificar de maneira abissal com as intervenções de Ricardo Salles, suas movimentações nas últimas três semanas comprovam muito bem isso. Este cara é do tipo que passa o pano para empresas como a Vale que destruiu consecutivamente vários quilômetros de biomas após dois gigantescos desastres civilizados oriundos de atividades mineradoras no estado de Minas Gerais. Isso é imperdoável. Logo colocar Salles, “Bolsonaros” e companhia como alvos parte também de um vingativo ódio egoísta em chamas dentro de nós. Isso não é por “justiça climática” querida por lixos progressistas como Greta Thunberg e nem pela esquerda, que se foda a esquerda, igualmente podemos atacá-la. Esta é uma posição antipolítica, a Natureza Selvagem não possui “lados políticos”. E claro, é oportuno causar paranoia e desordem política, pois salda desestabilizações dentro da ordem social. Se bem que em matéria de desestabilização a incompetência de Bolsonaro e de suas proles sujas é líder longínqua, e aplaudimos isto de pé, as pateticidades e declarações deste grupo político amador colaboram ativamente com o caos que desejamos já que travam parcialmente o funcionamento de algumas estruturas do Estado com o choque de interesses e seu denso viés ideológico, conseguindo também provocar severos conflitos entre grupos a partir do dualismo político que guia a civilização ocidental.


O que fizemos foi pouco, só que temos uma vida para expurgar nosso ódio à civilização e ao progresso humano. Para o momento os ataques na FLONA e deixamos este recado a Salles e turminha. É impossível atacá-los? ITS quase matou o presidente da Codelco, uma das maiores mineradoras do mundo. Quem imaginaria? Francamente, não temos pressa. A vingança é degustada friamente. É claro que seguiremos com outros ataques indiscriminados e seletivos buscando danar e desestabilizar a civilização. A paz e a ordem serão quebradas pela selvageria. Quem sabe em uma próxima oportunidade o Sri Lanka não será aqui. Não iremos nos estender mais, que os explosivos falem por si só. Estamos serenos e quem é sabe, sem massagem.

De volta à escuridão nos unimos aos animais da natureza, a cultuar a lua, o sol, as estrelas, o vento, as águas, os bosques, o todo.

Que a névoa cubra nossa caminhada. Misantropia e natureza selvagem sempre.

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil
-Sociedade Secreta Silvestre

[es] (Brasil) Comunicado 71 de ITS: Sociedad Secreta Silvestre

Traducción del comunicado de SSS sobre los supuestos detenidos miembros de ITS en Brasil.
!Adelante Guerreros de ITS!


Hace poco nos enteramos de algunas informaciones compartidas por la prensa que tras las siete órdenes de búsqueda y aprehensión en el Distrito Federal, Goiás y São Paulo por parte de la Policía Federal y Civil, la PCDF informó que detuvo en Alto Paraíso de Goiás a tres acusados de pertenecer a la Sociedad Secreta Silvestre. Mencionaron incluso que el “blog había dejado de actualizar y que eso sería un indicio de que habían llegado finalmente a los terroristas”. Erraron, estúpidos.

Vemos indicios de insanidad mental en la Policía Federal y Civil por creer que detendría con tal facilidad a los extremistas de ITS. Hasta hoy nunca nos han tocado ni un solo dedo, la Sociedad Secreta Silvestre permanece libre y en tocaia, confeccionando el caos que próximamente impondrá a los civilizados. La policía ha sido tan efectiva para encontrar a los eco-extremistas cuanto están para aclarar el caso Queiroz. No había huellas digitales en el explosivo, no había rastros de ADN, no había códigos de barras, no había numeraciones de rastreo, no hay registros de cámaras, no hay testigos efectivos, no hay pistas, no hay nada que pueda atrater a la policía a nosotros. La Sociedad Secreta Silvestre es un grupo herméticamente cerrado y ausente de diálogos externos que puedan comprometer nuestras actividades, no utilizamos redes sociales o hacemos cualquier tipo de exposición comprometedora, por lo que esta es una amenaza invisible. No hay como encontrarnos, el viento deshace nuestras huellas y la oscuridad cubre nuestros cuerpos, heredamos la sabiduría antigua.

Pronto estarán seguros de que seguimos en este sendero criminal en la era de las catástrofes a fin de proporcionar el año del fuego, balas y explosivos, todos contra el mismo blanco, la humanidad. Que Krakatoa ruja tan alto como hace más de un siglo, porque a la ciudadanía le explotarán infinitas bombas. En esta simbiosis salvaje caminamos, buscando el lúcido extincionismo.

Nos duele tener que mirar desde el alto de los montes y ver el avance humano tragando colosalmente la Naturaleza Salvaje, ver el venado, el lobo guará, el jaguar, la ema, el teiú y tantos otros seres silvestres sin salida ante el fin inminente del sagrado Cerrado consumido por la civilización. Nos dolió ver secar aquel río que amábamos y que con el sonido de su curso natural llenaba nuestras mentes de serenidad. Fue insoportable saber que aquel árbol que tocábamos y nos hacía sentir parte del Todo había sido arrancado. Volver en aquel vivo bosque después de años y presenciarlo silencioso, ausente del canto de los pájaros y de otros seres vivos, fue imperdonable. El humano ha empujado todo lo bello en este mundo al abismo, lo que hicieron en Alto Paraíso a la vuelta de año comprueba una vez más el desprecio de nuestra especie por la naturaleza. Si la especie humana no le importa la tierra, tampoco nos importarán sus vidas. No luchamos por un futuro, el futuro ya está decidido y no será de utopías.

Jair Bolsonaro, Ricardo Salles, Damares Alvos y compaía, estas firguras nocivas que preferimos amenazarlas y que buscaremos su muerte son apenas manifestaciones mayores de cada civil común que locamente vaga por las asfixiantes ciudades. Como se esperaba, el mayor de los estúpidos y sus principales aliados en sus pocas horas de gobierno declaró guerra al medio ambiente y a los pueblos nativos. Lo poco que queda de la Naturaleza Salvaje será tragado por el progreso. No esperamos que vuelvan atrás, no estamos lamentando. Vamos a matar indiscriminadamente cuántos humanos logremos, hasta que nos maten, eso lo juramos.

Para finalizar, a los que desean el caos, independientemente de qué grupos o individuos sean, los explosivos los esperan. Nos enteramos que el Núcleo de Oposición al Sistema (NOS) nos dedicó otro comunicado “amigable”. ¿El individuo que se oponen está ahí, quieren hacer algo útil? Paren de lloriquear izquierdista y ataquen y mira también en su equipo, simpatizantes y partidarios. Sabemos que hay otros grupos adormecidos por ahí, igualmente ataquen de manera salvaje. Y como indiscriminados y oportunistas que somos, convocamos también a los mujahadin a atacar indiscriminadamente. Si ustedes lobos solitarios tienen la capacidad, háganlo, contra blancos cristianos o cualquier otro objetivo de la civilización occidental.

El tal Moro se manifestó sobre aislar líderes de facciones con el PCC y CV. Sabemos cómo terminó en 2006, sabemos bien con eso terminará de nuevo. El caos y la desestabilización ya son avistados en el horizonte.

Por el momento, la guerra de nervios.

¡Con la sabiduría de los antiguos!
La tocaia sigue …

Individualistas Tendiendo a lo Selvaje – Brasil
-Sociedad Secreta Silvestre

[es] (Brasil) Comunicado 69 de ITS: La Sociedad Secreta Silvestre se posiciona

Original en portugués.


Cuatro lunas ya han pasado desde nuestro atentado y mucho se ha especulado, un gran terror fue impuesto cuando las autoridades se encontraron con nuestro artefacto de alto poder de destrucción capaz de causar una masacre en un área estratégicamente escogida donde había cerca de 1, 500 personas celebrando una misa cristiana. El acto forma parte de una coordinación mayor que se refiere al proyecto internacional Individualistas Tendiendo al Salvaje, y sirve para demostrar nuestra capacidad de ataque y la amenaza terrorista latente que somos, la Mafia Eco-extremista. La impunidad nos rodea porque el manto del Desconocido nos protege y borra nuestros rastros. La guerra eco-extremista no se detendrá.

I.

Los estúpidos han declarado que somos una invención de la “derecha” para criminalizar la “izquierda” y viceversa. Somos antipolíticos, nos da igual si atacamos derecha o izquierda, ya que nuestro objetivo es el humano progresista sin distinciones. Como declaramos, el oportunismo nos mueve, por eso decidimos posicionarnos antipolíticamente ante la inestabilidad política para provocarla. ITS es una amenaza real y opera desde 2011, desde México, expandiendose en el mundo y que llega a Brasil en 2016, cuando la Sociedad Secreta Silvestre detonamos una olla a presión bomba con esquirlas en vísperas de los Juegos Olímpicos de 2016 en el centro de Brasilia (1) . Hay varios atentados en que ITS se responsabiliza en los países en los que opera. En México podemos citar los conocidos atentados a nanotecnólogos en la Tec de Monterrey (2) (3) (4), y los asesinatos de José Jaime Barrera Moreno (5) y Lesby Osorio (6), ambos en la encubadora del progreso llamada UNAM. Hubo otros cientos de ataques por los que se atribuye el ITS. En Chile, sin duda, el caso más notorio fue el atentado al ex presidente de la mega-minera Codelco, Óscar Landerretche (7) (8). En Argentina el paquete-bomba de Constelaciones Salvajes dirigido a una gran figura científica explotó mientras era manejado en Correos e hirió a dos trabajadores (9) (10). A principios de este año ITS atravesó el océano y llegó a Grecia (11), Reino Unido (12) y España (13), igualmente sembrando el terror. Sólo un lector perezoso y mal informado afirmaría que somos una farsa.

II.

Como prueba adicional a la autoría del atentado en una ciudad del Distrito Federal, divulgamos un vídeo del explosivo grabado antes de su detonación:

También dejamos público el enlace en que anunciamos con anterioridad el atentado:
https://telegra.ph/Atentado-en-Brazl%C3%A2ndia-DF-12-24

El ataque estaba programado para el día 25, a las 07:30 de la mañana durante la Misa de Navidad de la Iglesia, pero supimos por medio de un informante que tendría una misa el día 24, por la noche, entonces anticipamos el ataque. Como es posible ver a través de la fecha, fue publicado el día 24. Es imposible que hubiéramos creado este enlace después de enterarnos en los medios, ya que el explosivo fue efectivamente neutralizado sólo a las 04:00 de la mañana del día 25, y los medios divulgaron lo ocurrido sólo a principios de la tarde del día 25. Eso por sí solo comprueba que ITS está detrás del ataque.

III.

Dejamos claro de que podemos atacar durante la posesión del electo. Lo que podemos decir es que, nosotros sí tenemos la capacidad de atentar el día 01 y causar grandes daños y muertes. La prueba de ello fue nuestro primer ataque bajo el nombre de Sociedad Secreta Silvestre / ITS-Brasil, en vísperas de las Olimpiadas de 2016. Había un gran operativo militar y de inteligencia trabajando para aniquilar cualquier amenaza, e incluso completamente rodeados por militares, explotamos una gran bomba debajo de la nariz de las autoridades y salimos impunes por la oscuridad. Lidiamos con humanos civilizados, y ellos son completamente previsibles, si están bien estudiados. El GSI prepara una estructura de defensa como si un gran y extravagante ejército enemigo fuera atacar frontalmente a Bolsonaro durante la ceremonia, cuando en realidad unas pocas personas bien disfrazadas y con pocos kilos del explosivo correcto y un buen accionador pueden causar una masacre. Ellos ven en grande, pero piensan pequeño. No están acostumbrados a la guerra no convencional que maneja ITS. El objetivo no es sólo Jair Bolsonaro. Por más que tengamos un odio particular a este estúpido debido a sus posiciones en relación al “medio ambiente”, nuestro objetivo es mucho mayor que él. El eco-extremismo defiende que además de la civilización, el propio humano moderno y civilizado es nocivo a la Naturaleza Salvaje, por lo tanto se convierte en nuestro blanco, es por eso que Individualistas Tendiendo al Salvaje defiende el ataque amoral e indiscriminado para desestabilizar y roer el progreso humano. Pero también atacamos selectívamente, y este es el caso del electo. Nuestros objetivos contra Jair, sus afiliados, partidarios y simpatizantes parten de una perspectiva anti-política y de venganza por sus posiciones en relación a la Naturaleza Salvaje. Puede ser él, o puede ser cualquier persona que esté allí. Quien sabe, las autoridades, pueden enfocarse demasiado en Bolsonaro, mientras el blanco puede, en realidad, ser un civil. Tal vez ataquemos, tal vez concentraremos nuestras fuerzas en otro gran ataque cerca. Eso sólo lo Desconocido dirá.

IV.

Reiteramos nuestras amenazas a “Don” Sérgio da Rocha, presidente de la Conferencia Nacional de los Obispos de Brasil y otras figuras cristianas, como Damares Alves. Tal vez terminen ellos como el sacerdote Ruben Díaz Acántara, antiguo representante máximo de la iglesia “Nuestra Señora del Carmen”, en Cuautitlán Izcalli, Estado de México, asesinado por Salvajes Asesinos Seriales, de ITS-México. O también como el misionero maldito igualmente asesinato por la tribu aislada de los salvajes “Centinenses”.

¡Misantropía y Naturaleza salvaje siempre!
¡Es también por ti, Kevin! ¡Tú no será olvidado, guerrero caído!

Individualistas Tendiendo a lo Salvaje-Brasil
Sociedad Secreta Silvestre

Notas:
1. https://www.thesun.co.uk/news/1577179/eco-terrorists-who-detonated-pressure-cooker-bomb-last-week-declare-war-on-the-olympics-in-revenge-for-bulldozing-wildlife/

2. http://www.nature.com/news/nanotechnology-armed-resistance-1.11287

3. https://www.jornada.com.mx/2011/08/10/estados/035n1est

4. https://www.youtube.com/watch?v=TvpYpsHvGUM

5. https://www.proceso.com.mx/445951/eco-extremistas-se-atribuyen-asesinato-en-la-unam-habra-crimenes-anticipan

6. https://www.pacozea.com/grupo-ecoterrorista-se-adjudica-la-muerte-de-lesvy-en-cu-2

7. https://www.youtube.com/watch?v=Y2MCuxZVm5Q

8. https://www.biobiochile.cl/noticias/nacional/chile/2017/01/18/que-es-el-eco-extremismo-analisis-de-individualistas-tendiendo-a-lo-salvaje.shtml

9. http://maldicionecoextremista.altervista.org/argentina-cuadragesimo-quinto-comunicado-its-reivindicacion-paquete-bomba-en-correo-argentino/

10. https://www.eltrecetv.com.ar/videos/periodismo-para-todos-2018/operacion-g20-buenos-aires-convertida-en-un-escenario-de-pelicula_107892

11. http://maldicionecoextremista.altervista.org/grecia-cuadragesimo-septimo-comunicado-its/

12. http://maldicionecoextremista.altervista.org/abismo-reivindicacion-nihilistica-actos-misantropicos-48-comunicado-its/

13. http://maldicionecoextremista.altervista.org/espana-comunicado-52-de-its/

[PT] (Brasil) Comunicado 63 de ITS – Sociedade Secreta Silvestre: Sobre os ‘Anarcops’ da 325 e Seus Consortes

Respuesta de la Sociedad Secreta Silvestre a los anarcopolicías cagones de 325 y a los demás involucrados.

¡Se les va a quemar la lengua!


“Disparei uma bala em sua boca pelas mentiras que dizia, e outra na mão por causa das coisas sujas que escrevia.” – Jacques Mesrine, sobre o sequestro de um jornalista francês.

Pela última vez os anarco-frades se pronunciaram contra nós eco-extremistas com a intenção de nos prejudicar de alguma maneira. Vocês da ONG 325 e seus consortes pagarão caro pelas delações contra a suposta pessoa por trás do teórico eco-extremista Abe Cabrera que sequer faz parte de ITS e por difamar e tentar entregar informações de Misanthropos Cacoguen à polícia do Reino Unido. Olho por olho, dente por dente.

Cada um de vocês por trás deste conluio possui o espírito de Jacob Ferguson (1) encarnado em seus corpos. São humanistas do pior tipo, daqueles que até mesmo seus próprios “compas” deveriam desconfiar já que tendem à traição, do tipinho de X9 traidor que colabora afetivamente com a polícia no caso de uma investigação, do tipo lunático que expõe e difama quem se atreva a criticar ou superar a fracassada teoria e “práxis” do cadáver da anarquia. Que saibam que aqui no Brasil a primeira das leis que impera nas favelas e na malandragem das ruas é “nunca caguetar”. Jamais há perdão, cagueta paga com a vida. A traição e a delação são comportamentos repugnantes onde quer que seja, inclusive entre os anarcos, e o que fizeram terá um preço. Há quem entre vocês condene em qualquer hipótese a delação, mesmo quando envolva inimigos ou discordantes. Quem não se lembra do que houve durante o desmantelado plano de fuga dos terroristas da CCF quando um tipinho de gente igual a vocês chamado Christodopoulos Xiros falou contra membros da dita guerrilha? Eles se posicionaram contra a atitude cagueta (2):

“Pelo menos nós, com nossas “práticas como as da máfia” nunca traímos as nossas ideias e a nossos companheiros, mesmo quando houveram pessoas presas e acusadas de serem membros de nosso grupo, sem ter nada a ver com isso, mesmo que não consideremos alguns deles companheiros, ou até mesmo consideremos alguns deles como nossos inimigos pessoais, a única certeza é que não houve um cagueta ou um traidor entre eles.”

Não duvidamos que entre os seus próprios companheiros vocês encontraram pouco apoio no que fizeram. E como vão os estudos para o concurso público da polícia, anarquistas? Quem diria, os revolucionários abolicionistas e anti-carcerários tentando enviar dissidentes à prisão. Recordam os stalinistas enviando os divergentes aos gulag. Vocês envergonhariam os verdadeiros anarquistas que voaram pelos ares vários militares nos séculos 19 e 20. Já dizia o velho Bakunin que ‘se desse poder a vocês ficariam pior que o próprio czar’. Nossas diferenças resolvemos entre nós mesmos sem envolver autoridades policiais, em conversações ou com a violência. Mas vocês “anarcops” optaram pelo caminho mais sujo. Terão então que lidar conosco da pior forma. O mais recente eco-terrorista jogado na prisão pelo FBI foi Joseph Mahmoud Dibee (3), agora a patrulha paraestatal de anarcops se esforça para enviar algum dos nossos para trás das mesmas grades. Esta simbiose entre polícia e anarquistas é algo que apenas o anarquismo moderno é capaz de proporcionar.

Claro, não é só vocês que sabem de segredos. Se optarmos por delatar anarquistas certamente alguns companheiros de vocês cairiam nestas terras. Temos em nossas mãos o poder de responder com a mesma moeda, mas não o faremos porque não somos miseráveis como vocês. E não sejam idiotas, ITS-México se posicionou duramente contra Scott Campbell e John Zerzan porque eles estavam pedindo quando encheram as suas bocas para falar merda. Agora vocês tentam nos atingir fazendo o que fizeram. Já que vocês querem mandar os nossos para a cadeia, enviaremos os seus para o mundo dos mortos.

O que os move contra nós é o desespero, já que a “nova anarquia”, “anarquia negra” ou qualquer outra baboseira que queiram chamar, fracassou, aceitem isso e ponto. Qualquer um sabe que há um forte mal-estar dentro da “cena anarquista” internacional e cada vez mais indivíduos e indivíduas de coragem tem rompido com o utopismo bobo sem esperar por dias melhores, por algum tipo de “colapso” ou se iludindo com os já ultrapassados contos de fadas revolucionários e humanistas em prol da “humanidade”. Estes idiotas de 47 cromossomos tem um arsenal infantil de adjetivos para berrar contra qualquer um que demonstre simpatia com ITS e como eles já não tem mais o que escrever contra nós agora apelam ao ridículo, como foi o caso do blog “Instinto Cristiano” (porque de selvagem ele não tem nada) que replicou (4) uma publicação que taxa os manos de ITS-México de “Nazi-Astecas” (Mas que diabos é isso?? Estes colunistas esquerdistas não tem mais o que inventar!). Por aqui no Brasil o que seríamos? “Nazi-Tupinambás”? É apenas uma questão de juízo moral arraigado em vocês missionários libertários. A Cruz Negra anarquista deve ter ficada confusa quando o ex-comungado Kevin Garrido soltou uma bomba em apoio a ITS (5). Mario Lopez Tripa foi outro quem ateou fogo à batina de vocês (6). Aliás, tenha sangue em seus olhos, Kevin. Apesar da condenação, mantenha-se firme, o seu dia chegará. E Tripa, estamos com você para cobrar estes miseráveis.

No Brasil o cenário não é diferente, e recentemente um tal Núcleo de Oposição ao Sistema (NOS) após alguns ataques em São Paulo fez um “chamado” para uma “união e luta contra o sistema” (7). Sério? Estes esquerdistas foram bem inocentes ao tentar nos “convocar” para a sua “luta” ridícula que é incoerente até para eles mesmos ao pedirem entre as suas “reivindicações” a libertação do ex-presidente Lula, político da esquerda que em seu governo solidificou o atual “sistema”. Mas que diabos de grupo anarquista pede a libertação de um ex-presidente? Para contrapor à “ameaça Bolsonaro” e fazer como a Frente Popular na Espanha em 1936 que tentou barrar a ascensão da direita? As justificativas são duvidosas.

Sabemos que há por aí muitos esforços sinceros para se discutir o eco-extremismo e aprofundar não só a crítica eco-extremista, já houveram muitas conversações e escritos nos últimos anos. Ultimamente os interessados estão sendo coagidos por um complô de idiotas que condenam duramente qualquer menção à Tendência e os colocam numa espécie de lista negra de “ex-compas corrompidos por eco-extremistas”. Este é um esforço anarquista para barrar a qualquer custo a expansão da teoria e prática eco-extremista. O caso mais recente e que merece a sua exploração veio de um autor britânico eco-anarquista que publicou um interessante artigo sobre “violência descolonial e eco-extremismo” que foi apresentado durante a Anarchist Studies Network Conference, na Universidade de Loughborough. Em menos de uma semana os fiscais anarquistas o criminalizaram com base nas leis morais do que é aceitável ou não dentro da esquerda (o autor foi vítima do que ele mesmo aborda no artigo) e o fizeram excluir a publicação (8) e em seu lugar divulgar uma nota de esclarecimento (9). Claro, uma situação como esta não poderia passar despercebida. Nós temos o texto e o divulgamos neste comunicado para qualquer um que queira lê-lo e discuti-lo, acesse-o aqui. A publicação “Paper On Decolonial Violence and Eco-Extremism For 2018 ASN Conference” pode ter sido excluída mediante “coerção dos libertários”, mas possuímos o seu conteúdo na íntegra. O autor explica também que um dos motivos para ter apagado a publicação é a sua segurança (na verdade, o pressionaram com a ideia de “segurança”), mas com um texto como este a esta altura os seus únicos inimigos são os inquisidores anarquistas, e não por haver ameaçado a anarquistas como fez ITS em seu trigésimo primeiro comunicado (10), mas por ter racionalizado de maneira inteligente a cerca da moralidade e da violência terrorista. Um trecho da nota de esclarecimento “Avoiding Misinterpretation” (Evitando Interpretações Erradas):

“Eu entendo que discutir os aspectos mais feios da civilização é algo que é muito desconfortável para muitas pessoas e eu posso entender porque as pessoas não gostam que eu faça isso. Acredito que, se quisermos reagir de alguma forma às fealdades com que somos confrontados, primeiro precisamos reconhecê-las, discuti-las e não desconsiderar ou tentar ignorar. Isto parece-me verdadeiro, independentemente de estarmos ou não a falar do ISIS, eco-extremismo, do complexo militar-industrial capitalista, agricultura totalitária ou de qualquer outro contexto”.

Os esquerdistas estão presos em algum tipo de realidade paralela onde o que quer que façam ou aprovem em suas auditorias morais é correto e aceitável (FLT, MEND, Ted Kaczynski, CCF, YPG, Baader-Meinhof, Rote Zora, Zapatistas, Luta Revolucionária, etc.) e o que quer que façamos é errado, é “fascismo!!!” (com ênfase). No mundo dos adultos onde as coisas são levadas a sério a teoria e prática eco-extremista do extinto Reação Selvagem e de ITS foi muito bem discutida por diversos grupos e indivíduos interessados. Os Selvagistas publicamente já admitiram que a teoria eco-extremista contribuiu para o derrubamento do mito revolucionário que estava presente dentro do Selvagismo (11). A teoria eco-extremista também contribuiu com a crítica anarquista e ex-anarquista no Chile, Argentina e México. Aqui no Brasil sabemos que também foi seriamente discutida em outros estados. Nos Estados Unidos e Europa a discussão e a contribuição também foi grandiosa em diversos círculos. E anarquistas do “tipo 325, IGD, Voz Como Arma e Instinto Salvaje” surgem e unicamente ainda tem a coragem de berrar “fascistas!!!” e condenar irracionalmente qualquer coisa que os teóricos da Tendência ou interessados escrevem ou dizem? A única palavra para isso é demência. Como dito anteriormente, estão desesperados com o fracasso do anarquismo moderno e a expansão do eco-extremismo. O mesmo autor eco-radical condenado por anarquistas devido o seu artigo apresentado na ASN Conference já havia publicado no ano passado uma opinião respeitável em torno das ações de ITS intitulada “Eco-Terrorism, Eco-Fascism, Eco-Extremism, Eco-Anarchism and the Białowieża Forest(12). Um trecho interessante deste texto:

“Posso simpatizar com esta crítica aos anarquistas por parte deste escritor eco-extremista no que diz respeito à fraqueza dos argumentos anarquistas, onde os anarcos simplesmente chamam “fascista” tudo o que não gostam, algo que parece estar acontecendo.”

Uma prova cabal de que estes anarquistas são dementes é que se pegarmos a definição de fascismo não há absolutamente nada haver com o que defendemos, ou seja, é delírio o que dizem, tudo é dito de maneira extremamente emotiva. Ao invés de rediscutirem os seus métodos e as suas teorias, nos dedicam livros e colunas inteiras de calúnias e gritos “fascistas, fascistas, fascistas!”. Se Steffen Horst Meyn morreu (13) ninguém menos que os anarquistas presentes no local foram os culpados já que estavam há 20 metros de altura em seus inúteis e ultrapassados tree sitting enquanto o Bosque de Hambach aguarda pelo seu fim. Bloqueios, sitiamentos de árvores, cartazes, tudo isso já demonstrou ser completamente ineficaz há anos e só tem fichado e jogado aos montes os ecologistas na prisão. Apesar do aval moral dos esquerdistas, os descendentes do MEND são terroristas e fazem as petroleiras recuarem no Delta do Níger, na ilha de Bougainville o que os nativos praticaram foi terrorismo e conseguiram destruir as atividades da mineradora Rio Tinto Zinc. O que os Mapuche tem feito para defender as suas crenças pagãs e as suas terras ancestrais no Chile é terrorismo. As santificadas CCF são puramente terroristas. Por mais que demonizem este conceito, é terror puro. A diferença para o nosso terrorismo é apenas o alvo e o método indiscriminado, já que para nós o problema não é mais apenas a sociedade tecno-industrial e seu progresso, mas a própria humanidade. Mas vocês praticam o terror com a fé cega mirando um novo e inalcançável ser humano, com a esperança numa espécie de Éden anarquista para esta catástrofe de quase 8 bilhões de criaturas antropocêntricas insaciáveis. Isso é estúpido. E no fim das contas será que são realmente bem seletivos? E a morte de Sergio Landskron? E os vários depoimentos de civis que quase foram dilacerados por estilhaços das bombas das CCF? E a explosão numa estação de metrô de uma Escola Militar no Chile? E o trabalhador morto numa farmácia incendiada numa marcha no Chile? Estes “casos inconvenientes” são varridos para debaixo do tapete vermelho da moralidade e jamais são reabertos. Vocês são uma incoerente vergonha universal.

O arrependimento por tentar nos prejudicar será amargo, aguardem.

Adiante, teóricos eco-extremistas!
À caça ITS nas Américas e Europa, porque por aqui faremos a nossa parte!
Saudações, Guerrilha Lixo!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil
– Sociedade Secreta Silvestre

Notas:

1. https://animalliberationpressoffice.org/NAALPO/snitches/
2. https://publicacionrefractario.wordpress.com/2015/04/02/valio-la-pena-intentarlo-nada-ha-acabadotodo-continua-diptico-en-solidaridad-con-la-huelga-de-hambre-de-la-conspiracion-de-celulas-del-fuego-marzo-2015/
3. https://earthfirstjournal.org/newswire/2018/08/11/alleged-elf-and-alf-fugitive-joseph-dibee-arrested-after-12-years/
4. https://instintosalvaje.org/ee-uu-egoismo-vs-los-aztecas-nazis-del-eco-extremismo/
5. https://es-contrainfo.espiv.net/2016/11/28/prisiones-chilenas-escrito-del-companero-kevin-garrido-desde-la-carcel-santiago-1/
6. http://maldicionecoextremista.altervista.org/es-en-delaciones-en-cadena-si-claro-en-mexico-city/
7. https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/07/07/nos-comunicado-1/
8. https://ecorevoltblog.wordpress.com/2018/09/23/paper-on-decolonial-violence-and-eco-extremism-for-2018-asn-conference/
9. https://ecorevoltblog.wordpress.com/2018/09/25/avoiding-misinterpretation/
10. http://maldicionecoextremista.altervista.org/mexico-trigesimo-primer-comunicado-individualistas-tendiendo-a-lo-salvaje/
11. https://www.wildwill.net/blog/2016/07/12/revisiting-revolution/
12. https://feralculture.blog/2017/07/30/eco-terrorism-eco-fascism-eco-extremism-eco-anarchism-and-the-bialowieza-forest/
13. https://bosque.hambachforest.org/blog/2018/09/21/comunicado-de-prensa-20-09-2018-muerte-tragica-en-el-bosque-de-hambach/

[pt] (BRASIL) Comunicado 57 de ITS: Incêndio Contra Igreja — Sociedade Secreta Silvestre

“No dia em que te manifestares farás deles uma fornalha ardente.” – Salmos 21:8-9

A casa de deus ardeu. Nós da Sociedade Secreta Silvestre nos responsabilizamos pelo incêndio criminoso que atingiu a Capela São Geraldo no Parque Vivencial do Paranoá neste último Sábado, 16. Sabemos que o incêndio a atingiu porque nós o fizemos com as nossas próprias mãos, atiramos gasolina nos fundos da igreja, tacamos fogo naquela merda e desaparecemos na noite escura e fria. Pela manhã de longe avistamos o local e descobrimos que a estrutura desgraçadamente ainda está de pé, sofrendo danos nos fundos, onde o fogo a atingiu. Parece que lamentavelmente a gasolina não foi suficiente. Mas não é um problema, num ataque futuro levaremos bastante gasolina para encharcar aquela merda de líquido inflamável e fazer dela uma fogueira gigante. Teremos o gozo único de incendiá-la novamente diante de nossos olhos.

Os crentes cristianizaram os nossos antepassados e maldisseram as suas crenças pagãs. Eles profanaram e destruíram as suas terras sagradas e em seu lugar levantaram estátuas cristãs e estabeleceram os templos de suas religiões. Eles também financiaram o progresso e trouxeram a civilização com os seus valores alheios. Em seus atos arrasaram e catequizaram os selvagens, fizeram com que se esquecessem dos Espíritos que habitam o cosmos e os ensinaram a desrespeitar a Terra. À cruz e à espada eles impuseram o civismo e ajudaram na expansão da desgraça, logo merecem a egóica vingança ancestral.

Lembrem-se de que Pero Fernandes Sardinha, o primeiro maldito bispo que quis impor o cristo nestes solos terminou devorado pelos bestiais da tribo dos Caetês. Nós herdamos a guerra que iniciaram os nossos antepassados, então esperem também por fiéis mortos, quantos pudermos exterminar, tal como tem feito os parças Selvagens Assassinos Seriais. O Caos irá sobrepor a evangelização e destruir a fé inquisitória.

Ademais de asquerosa e inimiga cabal do paganismo, a cristandade foi e continua sendo grande aliada da civilização. Pois então que ardam. Ardam até que não reste mais nada pelo caminho, até que a cristandade seja aniquilada em absoluto. E não pensem que iremos nos privar de apenas os atacar com o fogo. Esperem por facadas, disparos, explosivos, venenos e maldições, esperem… De nós esperem de tudo. Sejam vigilantes, ovelhinhas. O eco-extremista vem senão para roubar, matar e destruir. Somos a figura do anticristo.

Caiam em desgraça, crentes. O deus de vocês não nos parará. Incendiaremos e mataremos impunemente. Enquanto se ajoelham e suplicam em vão ao céu vazio da figura divina, nós eco-extremistas olhamos para os céus e vemos as tempestades, os relâmpagos, as rajadas de ventos, as chuvas torrenciais, as estrelas, o Sol, a Lua e tudo aquilo que acreditamos e violentamente defendemos, a incomensurável Natureza Selvagem. Assim na terra como no céu são estes os Deuses que habitam, os vulcões, as montanhas, os rios, os mares, os desertos, as florestas, as chapadas, a névoa e tantas outras manifestações indômitas. O deus de vocês é disfuncional e contrário a toda esta grandeza, por isso o devastamos.

De resto, é pelo egóico desejo odioso de profanar o cristo. Tragam-nos o seu líder e cuspiremos em sua maldita cara.

Se o deus de vocês vier, que venha armado.

Todas as igrejas serão queimadas!
Que a fúria de Anhangá recaia sobre vós!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil

-Sociedade Secreta Silvestre

Outono.

Era do Crucificado.

[pt] (Brasil) Comunicado 55 de ITS: Abandono Indiscriminado de Pacote-Incendiário — Sociedade Secreta Silvestre

Sociedad Secreta Silvestre, grupo de ITS en Brasil ha regresado, su ataque indiscriminado ejecutado en la capital de ese pais no es más que la señal de que siguen activos y peligrosos, asechando y con la idea de seguir adelante con su Guerra individualista.
¡Adelante grupos de ITS!
¡Que las bombas, los incendios y los asesinatos causen caos y destrucción hacia la civilización!


“Inundándome en mares de misantropía, como el ahogo que se siente al ver autos en la avenida, mi respiración tambiém se verá detenida, por el deseo de esta especie ver el fin de sus días”

O terror regressa uma vez mais na antiga Pindorama. Exato, estamos de volta. Na Érebo*, de nada servira colocar os seus cães farejadores em nossa busca, dissipamos como a névoa diante de seus olhos e deixamos que o vento carregara. Levaram a cabo esforços investigativos inúteis tal como as suas técnicas de contrainteligência e, claro, as suas falhas tentativas de busca, estávamos em tocaia no mais profundo da escuridão, seguindo os seus passos, e não o contrário.

Como ariscos animais que somos, por acaso pensaram que seria fácil? Definitivamente sim. Porque as suas mentes estão concentradas no terrorismo clássico e nas suas motivações. O eco-extremismo nunca se deteve por aqui, seguia nas sombras observando a todo o enojado progresso civilizado e a destruição da Terra, submergido nos mares do ódio misantropo e jurando pelo Selvagem uma grande vingança. Resgatando a sabedoria dos antigos, fomos pacientes em aguardo ao momento apropriado do retorno. Distantes da cacofonia civilizada nós conversamos com a Lua durante muitas destas noites, quietamente meditando sobre os sons que emitiam o Inumano. Observando as estrelas, pedíamos a Ela com o seu encanto para que junto a todo o Indômito estivera a nosso lado no que estaria por vir. De tal modo se fez e assim permanecerão, disto nós temos a completa certeza. O momento chegou, nós regressamos.

Um ano de parcial silêncio se passara por estas terras, mas houvera muitos estrondos para além delas. É claro, o eco chegou até o nosso bando e com grande gozo saudamos egoisticamente a cada ato de terror contra o humano moderno e o seu progresso. No Sul, no Norte e, mais recentemente, na Europa. Explosões, atentados incendiários, investidas frontais, ataques armados, muito sangue, quase uma dezena de mortos, carne queimada, feridas abertas e terror, muito terror. Estamos a nos alastrar como ervas daninhas por este mundo acinzentado, a pisotear insensatas utopias defuntas e a miséria do humanismo. Pelos antigos, por nós mesmos e pelo Selvagem.

Recordem-se de que o silêncio é a antecedência do terremoto, catastrófico e repentino. Rompemos a quietação, o epicentro é o coração da sociedade tecno-industrial e os seus valores, o alvo é a civilização em si. O atacaremos indiscriminadamente de forma amoral. Suas estruturas, qualquer habitante. Construtores deste mundo ou meros viventes, não há inocentes. Devastando como um tornado.

Para o ser humano civilizado e moderno não há saídas a não ser a sua própria extinção. É ele uma total falha no fenômeno da existência, jamais se curvará perante a imensidão e força da Natureza Selvagem, de toda a sua beleza, resplendor, sabedoria e riqueza. Estará sempre a tentar manipular e dominar o Desconhecido, nominar o Inominável e desafiar a sua fúria, ousará meter as suas mãos imundas em tudo o que é belo e vivo para arrancar as entranhas da Terra e impor o seu mundo gris, estrépido e saturado de fumaça. Jamais será capaz de compreender a formosura das constelações, o sabor das águas minerais, a serenidade das matas, a quietude das noites, o mistério do que é desconhecido, o canto animalesco do fundo das florestas, o ronco dos ventos, o percurso dos rios, a cólera das tempestades, a infinidade dos céus… jamais. Enquanto pisar nos solos deste mundo eternamente constrangerá os Espíritos da Terra, acimentando tudo o que é vital até que não reste nada além de suas metrópoles doentes e secas. É contra esta aberração que nós atentamos misantropicamente. Diferente de alguns idiotas por aí, somos os reais traidores da espécie.

Agora a ir diretamente ao que mais interessa, reivindicamos o abandono indiscriminado de um paquete incendiário (mais especificamente, uma caixa de presentes) em Brasília, no último Sábado 05, num ponto de ônibus em frente a um Batalhão da Polícia Militar. O artefato elaborado para ser ativado por um “fio de nylon armadilha” foi dedicado a qualquer cidadão transeunte e à sua cidadania. Em seu interior havia uma botelha com 700 ml de um líquido altamente inflamável. Até o momento não tivemos notícias do artefato elaborado por nós mesmos e que dificilmente falharia após vários ensaios exitosos. Noticiado ou encoberto, fomos nós que despreocupadamente o abandonamos. Mencionamos que igualmente Caçadores Noturnos, grupo aderente a Máfia Eco-extremista na Grécia, contaminamos este e outros artefatos com “rastros alheios” de pessoas quaisquer. Não nos interessa sob a quem recaia a culpa. Saibam que nos últimos ataques direcionamos os nossos artefatos explosivos improvisados e bombas incendiárias ao centro do Distrito Federal, só que agora será diferente, há uma lista imensa de alvos em diversas cidades que há alguns meses tem sido observados e que um a um serão atingidos (incluindo alvos humanos), a começar por este ataque agora executado. O explosivo de ontem foi apenas um “Olá, aqui novamente estamos.”, há outros mais à caminho.

Nós não tememos as suas investigações que até agora tem sido uma piada. Estamos cientes das possíveis consequências das nossas ações para nós mesmos, a morte nos abraça e a qualquer momento pode nos arrastar para o abismo que inevitavelmente nos espera. Nos esquivamos das jaulas, erraram a mira ao disparar-nos. A personificação da escuridão e das trevas não nos afugenta, porque ali mesmo nós habitamos**. De qualquer modo, nada nos intimida. Nossa guerra segue em qualquer lugar e a qualquer preço, a vingança está a ser e permanecerá terrível.

Pois bem, no meio deste grande cosmos talvez sejamos apenas espíritos animistas em busca de vingança seguindo o que os Antigos estão a sussurrar em nossos ouvidos.

Que a Fúria de Anhangá recaia sobre vós, porque a nossa é certeza.

Pela dispersão caótica do terrorismo misantropo!

Saiam a atacar, saiam a matar, saiam a delinquir!

Um caloroso abraço aos mafiosos e mafiosas do Sul, do Norte e Europa!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil

-Sociedade Secreta Silvestre

Notas:

*A Operação Érebo é um grande operativo que a polícia investigativa civil e federal levou à luz no ano passado, mas que já estava em curso há algum tempo. Os alvos foram alguns agrupamentos de individualistas anarquistas, niilistas e ecologistas eco-extremistas e não extremistas. Apartados, misturaram tudo, fizeram uma enorme salada e deu nisso, a Érebo. Os investigadores dispararam para todas as partes, mas contra nós e nossos afins, que livres seguem e conspirando, erraram a mira.

**Insólita resposta ao nome da Operação. Na mitologia grega Érebo é a personificação das trevas e da escuridão.

(tü) Yabanıla Meyleden Bireyciler – Brezilya’nın Yirminci Bildirisi

Traducción en turco del vigésimo comunicado de ITS, que desde la ciudad de Brasilia reivindicaron la colocación de un artefacto explosivo-incendiario en una estación de autobuses.

Traducción de cargo de “Nox”.

¡Por la destrucción de los valores civilizados de la sociedad tecno-moral!

___________________________

“Eğer onlar Yeryüzüne saygı duymuyorlarsa biz de onların yaşamlarına saygı duymayacağız.”

ITS’nin ilk Bildirisi

“Yargıcın çekiçleri olmaksızın tüm bu yargıçlara sıçayım ve işeyeyim. ‘İğrenç vatandaş hayatının barakalarda bulunmadığından’ bu yana, yaygın tüm vatandaşlar için onların içinde sonsuz sayıda bomba patlamasını umuyorum. Ben uygarlığa karşıyım ve vatandaş/insanlık içinde en çok uygar hedefi(kendim de dâhil) buluyorum. Bunlar ilerlemeye tutunan ve kendilerine evcilleşmemişi yok etmeyi adamışlardır, ”

Kevin Garrido

2017 yılının ilk haftasında, 7 Cumartesi günü: Biz Brasilia’daki Plano Piloto otobüs istasyonundaki bir kalabalığın içine, iki litrelik benzin ve bir kilo patlayıcı toz ile şarapnel dolu bir kap içeren bir sırt çantasını bırakıp gittik. Bir mekanik fitil ile kundakçı patlayıcı aygıt patlamanın ulaşabileceği çok sayıda insana yöneltildi. Patlayıcıyla ne olduğunu bilmiyoruz, fakat Federal bölgedeki Kamu Güvenliği Sekreterliği tarafından örtbas edildiği muhtemeldir. Bu durum Brezilya’daki İslam Devleti(IŞİD) hücrelerinin sözüm ona varlığı nedeniyle halk içinde panik yaratmak istenmemesindendir. Günde yaklaşık 600.000 sivilin dolaştığı bir yere bırakılmış bir patlayıcıyı itiraf etmek vatandaş koruyucuları için oldukça utanç olurdu.

Her durumda, genel çalışan vatandaşın ölümü ve sakatlanması da dâhil olmak üzere, bunun ve diğer muhtemel sonuçların tümünü üstleniyoruz.

7cef7e9258197548c1a26c33b7f02c60.png

ITS-Brezilya / Gizli Orman Topluluğu’ndan bazı sözler:

Durum çöküştür, bu tropikal ülkede bir deprem gibi gürlüyor. “Brezilya” tarihin en ciddi dönemlerinden biri olan, 30 yılı aşkın bir süredir yaşanan en şiddetli krizi yaşıyor. On iki milyon işsiz var, Bazı eyaletler başarısız oldu ve federal müdahaleye ihtiyaç duydu. Suçluluk yükselişte ve hapishaneler taşmakta, yüzlerce kişiyi öldüren kanlı ayaklanmalara neden olmaktadır. Milyonlarca doları hortumlayan iktidar ve muhalefet partilerin yolsuzlukları yaygınlaşıyor. “Üç güç” yoğun politik çatışma içindedir. Kuraklık su olmaksızın sayısız şehri terk ediyor. Enflasyon yükseliyor ve toplu taşımanın büyümesine mal oluyor. Tasarruf önlemleri sefil vatandaşın sonsuz umudu ikiye parçalıyor. Sert kuraklıklar tüm ürünlerin bozulmasına sebep olur. Bunlar ve diğer pek çok sosyal, ekonomik ve ekolojik krizlerle çok uzun bir liste yapılırdı. Küresel uygarlığın “Brezilya” kısmı tarihteki en ciddi krizlerden birinde işlevini yitirmedir. Haberler daha iyi günlerin gelmeyeceğini açıkladı. Bu insan kitlesinin iğrenç hayatına egemen olan çaresizlik kazandırır. Bu bizi gülerek yüreklendiriyor.

Tıpkı ITS’nin Meksika’da yaptığı gibi, biz Gizli Orman Topluluğu şeylerin gidişatına katkıda bulunacak ve bu krizi kötüden daha kötüye götüreceğiz. Bu çökmüş toplumu kenara itmek istiyoruz. Terör ve istikrarsızlık yaratmak için her türlü insan ve insanın hedefine sınırsız biçimde saldıracağız. Ve elverişli ise, hızlı değişimden dolayı birçok kişiyi şaşırtan Explanada de Ministerios’da PEC 55’de yapılan korkunç yürüyüşe benzer şekilde Kaos’a neden olacak sosyal protesto gösterilerine sızacağız. Sonuç devrilen yanmış araçlar, istila edilmiş ve yıkılmış bakanlıklar, grafiti ve alt üst edilmiş simgeler, vandallaştırılmış anıtlar ve birçok yaralı ve tutuklu bir derya oldu. Mevcut sivil örgütlerin iğrenç toplumsal taleplerine sempati duymuyoruz. Tekno-endüstriyel sistemin yapılarının zayıflatılması amaç olduğundan sadece çok derin şartlar üretmek için hiper-uygarlığın bir anlık isyanından yararlanıyoruz.

Gelişigüzel Fraksiyon on sekizinci tebliğde doğruladı ve biz de tekrar ettik: Seçtiği hayat biçimi tarafından dayatılan insan türü yok olmaya mahkûmdur. Vahşinin süzülebileceği daha güzel bir yaşamı görmek için insanlık soyu tükenmelidir. Hiçbir şey bu Savaşta kaçınılmayacak. Temel problem “politik” veya “hükümet” ya da Devleti kapsama değildir. Bu kapitalizm, faşizm ya da komünizm ile ilgili değildir. Otoriterlik, militarizm ya da hiyerarşilerle ilgili değildir. Tekno-endüstriyel Sisteminin kendisi bile değil, çünkü bir şekilde ortadan kaldırılmış olsa da, Batılılaşmış modern insanlar ilerlemeyi yeniden kurmak ve uygarlık yapılarını sağlam tutmak için çalışırlardı. Problem uygar insanlığın kendisidir. En radikal “anarko-ilkelciler” in “Tanrısı”, Ted Kaczynski bile, Tekno-endüstriyel Sistem’in sona erdiğinde bile uygarlığın ayakta kalacağını kabul etti. Belki de bu sadece farklı bölgelerde parçalı bir biçimde olacaktır. Dolayısıyla, uygarlığın etkin bir şekilde yok edilmesi için, mücadele günümüzde bilinen insan ırkıyla mücadeleye odaklanmalıdır. Her iki durumda da, eko-aşırılar, eylemlerimizin uygarlığı ortadan kaldıracağına inanmıyor, ve birkaç yıl içinde kendi içinde evcilleşmemişe yenik düşeceğini düşünüyoruz. Her halükârda, Yeryüzünü dolaşırken, ölümü hızlandırmak için azami zarar verecek nihai sonuçlara varana kadar saldıracağız. Modern uygar insanın benimsediği yaşam tarzı kanserli bir kültüre dönüşmüştür. Geçmişte, haç ve kılıç altında, dünyanın büyük bir bölümü sömürgeleştirildi. Teknoloji ile, modern çağda geri kalanı üzerinde kendini empoze etti. HİÇBİRŞEYİN özgür olmadığını kabul ediyoruz. Hâlâ var olan az sayıdaki yerli halk birkaç yıl içinde insan ilerlemesi yüzünden yutulacak ve geride bırakılan küçük Vahşi Doğa kısa süre sonra kentsel yayılma altında gömülecektir. Savaş ayrıca insanın her şeye, hatta gökyüzüne egemen olmayı hedeflediğinden beri, hatta havada ateş etmek için uygarlığa karşı bir saldırı haline gelen, TÜM bu olanlara karşıdır. İlerlemecilik devam edecek ve bu egemenlik hayvani içgüdülerimizi tamamen ortadan kaldıran nanoteknoloji yoluyla insan zihninin kontrolünü ele almaya devam edecektir. Her şeyi kontrol etme girişimi “düşüncenin interneti” içinde inşa ettikleri benzer bir transhumanizm elde edilerek, insanın bir robot haline gelmesiyle sonuçlanacaktır. Tüm bunlar sanallaştırılmış, ölçülmüş, gözlemlenmiş, bağlı olmuş, kontrol edilmiş ve kapsama girmiştir. Vahşi Doğa ve bireysel özgürlüğümüz tamamen yok olacak. Yapay bu “siber-dünya” içinde hâkim olacaktır. Bu dünyanın başındaki istikametidir.

Çökmüş kitlelerin (vatandaşlar) bizim ölümlü düşmanımız olduğunu açıkça belirtmek istiyoruz. Aynısı bilim adamları, mühendisler, iş adamları vb. için de geçerlidir. Genel vatandaş hem Vahşi Doğa’nın yok edilmesinden, hem de insan ilerlemesinin gelişmesinden sorumludur. Bu sonuca varmak için, yalnızca o basit anarşist önceliğe başvurmak gerekir: “Bütün güç halktan geliyor.” Ve güç halktan gelirse, onların ellerinden gelen yıkım değil midir? Evet! “Fakat bu insanlar yabancılaştırılmış ve dikkati dağıtılmış, onları uyandırmamız lazım! Dağınıklar, köklü örgütlere ihtiyaçları var.” Bu anarşist süper kahramanlar müzayedede on kişiyi bir araya getiremeyeceklerini söylerler. Bunu nasıl yapacaklar? Onların sihirli değnekleri var mı? Aptallar! Kitleler onların söylemlerini umursamıyor ve onlar işte köle gibi çalışmakla meşguller. Binlerce mil yıkılmış orman ve dağ, çok sayıda kirlenmiş nehirler, göller ve okyanusların yanı sıra kirli hava ve nesli tükenmiş hayvan türlerine mal olan sonsuz sayıda eşya almak için daha fazla para kazanmak istiyorlar. O sefil bir durumda yaşadığını çok iyi bilir, fakat yine de elinde silahla modern köleliğin şartını savunur. Bu ilerlemenin devam etmesini sağladığı ve Tekno-Endüstriyel Uygarlık yapılarını ayakta tuttuğu için bile öldürecek.  Ekolojistler ve anarko-ütopyacıların “halkın örgütlenmesi” nin daha iyi ve daha adil bir dünya getirebilir bir devrime inandıklarında öfkeli olmamızın nedeni budur. Durumumuzdaki gerçek değişim tamamen imkânsızdır ve bu konuda herhangi bir girişim sadece medeniyetin kendisini güçlendirecektir. Aslında, herhangi bir “devrim” insan uygarlığının devam etmesi için temel yapılarını sağlamlaştıracaktır. Buna inanan aptalca insanlar için, biz şunları söylüyoruz: Fortaleza şehrindeki eylemde “sınıf arkadaşların” yeterince dövülmedi. Bir dahaki sefere öldürülecekler! Onlar ancak sosyal medyada en radikal ve öfkeli oldukları hakkında konuşan bir madde bağımlıları grubu değil. Ancak bu bunu söyledikleri tek yer, çünkü boktan bir hayat sürüyorlar ve içki içiyor, uyuşturucu alıyor ve iğrenç solcu ilkelerine göre şikâyet ediyorlar.

Bu tropik ülkedeki doğa Amazon bölgesinde de azalıyor. Sadece birkaç yıl içinde yok olma eşiğinde olan muhteşem Cerrado’dan başlayarak, orada hiçbir şey kalmayacak. Başkent ve diğer yerlerin, ulusal tarihte en ciddi su kriziyle karşı karşıya kaldıkları tesadüf değil. Bunların hepsi insan elinin neden olduğu tahribatın bir yansımasıdır. Hiper-uygar arasında cahil sorun gerçekten ekolojik olduğu ve kendi faaliyetlerinin sonucu olduğu altyapı yatırım eksikliğinden bahsediyor. Down Sendromu tarafından deforme olmuş bir insanın bile bunu gerçekleştirmek için küçük bir beyni kullanması mümkündür, ancak insan kitleleri hepsini görmezden gelmeye devam etmektedir. Bu esnada, tüm güzellik kaybolur ve Pajés Kutsal Alanı’ndaki gibi ormanları ve nehirleri düzleştirerek, Federal Bölge olarak bilinen bu parazit yer genişler.

Uygar insanlığın lanetli kitlesi, tekno-endüstriyel sistemin yapılarına hayranlık duyan ve onu iyi niyetle savunan, uygarlığa, bu çöküşe suç ortağıdır.  Bu evrensel bir din gibi, belki de en başarılı evrensel dindir. Hiper-uygar insan merhameti hak etmiyor, sadece Yeryüzü’nde bir veba. Bir çekirge sürüsü gibi hiçbir şeyin kalmaması için tüm manzarayı yiyip bitiriyor. İnsanlar yalnızca kendileri ile ilgilenirler ve vahşi dünyayı görmezden gelirler. Ondan nefret ediyorlar, Onu asla yalnız bırakmayacaklar ya da ona geri dönmeyecekler. Sadece insan ilerlemesini beslemek ve yapaylığı genişletmek için ona hükmetmeye çalışacaklar. Bu, uygar insanoğlunun tartışılmaz amacı, aynı zamanda onun en büyük hatası. İnsanlar dünyanın her yerinden vahşi olanı süpürebilir ve savaşı kazandıklarını teyit eder, ancak er ya da geç, ani felaketler hepsini düşürecektir. Vahşi Doğa geçmişin medeniyetleri ve imparatorlukları gibi insan ırkını bitirmek için geri dönecek. Biz evcilleşmemişin yanında kalmaya ve oradan savaşı sürdürmeye karar verdik.

Ayrım gözetmeksizin Vahşi Doğa’nın tepki vermesi gibi, biz büyük çapta öldürme ve saldırıya geçeceğiz. Biz insanlara ve insan olmayanlara saldıracağız. Uygar insanın her zaman düşmanımız olacağını beyan ederek, saldırılarımızı doğal afetlerle değiştireceğiz.

Savaşçı atalarımızdan vahşi bir mirasa sahibiz. Kendi yapılarının finanse edenlerin yanı sıra, Tekno-endüstriyel sistem ve aydın akıl hocaları, ilke amaçlarına karşı Savaşa devam edeceğimizi beyan ederiz. Özel olarak bilim adamları, mühendisler, hümanist filozoflar, matematikçiler, kimyagerler, fizikçiler, eğitimciler, mimarlar, iş adamları, teknoloji uzmanları vb. leri konuşuyoruz. Artık her zamankinden daha fazla genel vatandaşlara ayrım gözetmeksizin zarar vermeye ve öldürmeye devam edeceğiz. Herhangi teknoloji düşkünü eşit olarak kendi çöküşünün aksamasına yenik düşmelidir.

Sonuç olarak, Bu tebliğde yeteri uzunlukta ilerlediğinden, umarız ITS-Meksika tebliğleri tarafından maruz kalan sahte eko-aşırılardan koparız. Bilmeyenler için, “Ormanın Gölgeleri” ve “Guamera Eko-Aşırı Savaşı” adlı sahte gruplara atıfta bulunuyoruz. Bu aldatıcıların kanı akabilir!

Tekno-endüstriyel sistem ve vatandaşlara karşı gelişigüzel terörizm için!

Ahlaklı saldırılara ölüm!

Genel vatandaşlar, bilim adamları, eğitimciler, iş adamları, araştırmacılar, mühendisler, fizikçiler, matematikçiler, programcılar, teknisyenler, kimyagerler, mimarlar, çiftçiler, kamu görevlileri, öğrenciler, hümanistler, solcular ve diğer tekno-moronlar, herhangi bir teknoloji uzmanı, herhangi ilerici dikkat, çünkü bu yeni Gregorian yıl içinde uygar kan içinde dolaşıyor olacağız!

Caetês ve los Tupinambás gibi terör ve öldürmek!

Anavatan topraklarını savunan Ka’apor gibi şiddet!

“Kaos bir uçurum, bir merdiven. Tırmanmaya çalışan birçok kişi başarısız oluyor ve asla bir daha denemiyor. Onlar yenilgiye düşüyorlar. Ve bazılarının ona tırmanma fırsatı var, ancak reddediyorlar. Onlar krallıkta, tanrılarda, aşkta kalıyorlar. Yanılsamalar. Sadece merdiven gerçek, Tırmanış, bu yaşamın tamamı.”

Yabanıla Meyleden Bireyciler – Brezilya

– Gizli Orman Topluluğu

Merkez-doğu Pindorama, bulutlu gökyüzü.

Ocak 2017.

(en) Twentieth Communiqué of the Individualists Tending Toward the Wild – Brazil

Traducción al inglés del fiero y certero comunicado de la Sociedad Secreta Silvestre (ITS-Brasil).

¡Muerte a la ciudadanía híper-civilizada!


“If they don’t respect the Earth neither will we respect their lives.”

 -First ITS Communiqué

“I shit and piss on all of those judges without gavels. I expect for the common citizenry that an infinite number of bombs explode among them, since ‘filthy citizen life is not only found in the barracks.’ I am against civilization and in the citizenry / humanity I find the most civilized target (myself included). These are the ones clinging to progress and who devote themselves to destroying the untamed,”

Kevin Garrido

In the first week of 2017, on Saturday the 7th: we abandoned a backpack that contained two liters of gasoline and a container with one kg of blasting powder full of shrapnel in a crowd in the Plano Piloto bus station in Brasilia. The incendiary explosive device with a mechanical detonator was directed toward as many people as could be reached by the blast. We do not know what happened with the explosive, but it is likely that its presence was covered up by the Secretariat of Public Safety in the Federal District. This is due to not wanting to generate panic in the populace due to the supposed existence of cells of the Islamic State in Brazil. It would be rather embarrassing for the defenders of the citizenry to admit that an explosive was left in a place where around 600,000 civilians circulate per day.

In any case, we assume this and all of the other possible consequences, including the death and mutilation of the common working citizenry.

mochila-explosiva-320x427

Some words from the Secret Wilderness Society / ITS – Brazil

The situation is decadent, it rumbles like an earthquake in this tropical country. “Brazil” is going through the most intense crisis in over 30 years, one of the most severe in history. Twelve million are unemployed, some states have failed and have required federal intervention. Criminality is on the rise and the prisons are overflowing, leading to bloody rebellions that kill hundreds. Generalized corruption of the ruling and opposition parties siphons off billions. The “three powers” are in intense political conflict. The drought leaves numberless cities without water. Inflation is rising and the cost of public transportation increases. Austerity measures break in two the infinite hope of the miserable citizenry. Bitter droughts destroy entire crops like plagues. These and many other social, economic, and ecological crises would make for a very long list. The “Brazilian” portion of global civilization is sinking into one of the most severe crises in history. The news announces that better days will not come. This brings desperation that dominates the accursed life of the human mass. This makes us laugh heartily.

Just as ITS has done in Mexico, we of the Secret Wilderness Society will contribute to the course of things and we will push this crisis from bad to worse. We want to push this decadent society over the edge. We will attack indiscriminately all sorts of human and non-human targets in order to create terror and instability. And if it is convenient, we will infiltrate social protests to cause Chaos as was the case with the terrifying march against PEC 55 on the Explanada de Ministerios that surprised many due to its quick transformation. The result was a sea of overturned burnt cars, Ministries that had been overrun and destroyed, graffitied and overturned signs, vandalized monuments and many wounded and arrested. We don’t sympathize with the disgusting social demands of the civil organizations that were present. We merely take advantage of the momentary revolt of the hyper-civilized to generate abysmal situations where the goal is the weakening of the structures of the Techno-industrial System.

The Indiscriminate Faction has affirmed in the eighteenth communiqué and we repeat it here: the human species is condemned to extinction which has been imposed on it by the form of life that it has chosen. In order to see a more beautiful life where the wild can flow, the human race should go extinct. Nothing will be spared in this War. The principle problem is not “political” or “governmental” or involving the State. It isn’t about capitalism, fascism, or communism. It isn’t about authoritarianism, militarism, or hierarchies. It isn’t even about the Techo-Industrial System itself, for even if it is somehow eliminated, Westernized modern humans would work to re-establish progress and maintain the structures of civilization intact. The problem is civilized humanity itself. Even Ted Kaczynski, the “God” of the most radical “anarcho-primitivists,” recognized that even with the end of the Techno-industrial System, civilization would still be left standing. Maybe this would only be in a fragmented form in separate regions. Thus, in order for civilization to be effectively eliminated, the struggle must focus on combating the human race as it is known today. Either way, we eco-extremists don’t believe that our actions will eliminate civilization, and we think that it will succumb to the untamed within itself within some years. While we walk the Earth, however, we will attack until the final consequences to inflict the maximum amount of harm to hasten the demise. The style of life that the modern civilized human adopted has become a cancerous culture. In the past, under the cross and the sword, it colonized a large part of the world. By technology, it has imposed itself on the rest in modern times. One has to accept that NOTHING is free of it. The few native peoples who still exist will be swallowed up by human progress in a few years, and the little Wild Nature that is left will be buried under urban sprawl a short time from now.  The War has thus become against ALL that exists, for even shooting in the air has become an attack against civilization, since the human being has aimed to dominate everything, even the skies. Progressivism will continue and this domination will continue to take control of the human mind through nanotechnology that eradicates our animal instincts completely. The attempt to control all things will end in the human being becoming a robot, resulting in transhumanism similar to what they are constructing in the “Internet of things.” In this all is virtualized, measured, observed, connected, controlled, and contained. Wild Nature and our individual liberty will be completely eradicated. The artificial will prevail within this “cyber-world”. This is the direction in which the world is headed.

We want to make it clear that the decadent masses (the citizenry) are our mortal enemy. The same goes for the scientists, engineers, business people, etc. The common citizen is also responsible for the destruction of Wild Nature, as well as for the advance of human progress. To come to that conclusion, one only has to have recourse to that simple anarchist premise: “All power comes from the people.” And if power comes from the people, is not destruction also from their hands? Yes! “But those people are alienated and distracted, we need to wake them up! They are disorganized, they need grass-roots organizations.” This is what the anarchist superheroes say who can’t even bring together ten people (with allies) on the block. How are they going to do this? Do they have a magic wand? Idiots! The masses don’t care about what they say and they are too busy slaving away at work. They just want to get more money to buy an infinite number of goods that cost thousands of miles of destroyed forests and mountains, numerous contaminated rives, lakes, and oceans, as well as contaminated air and extinct animal species. He knows full well that he lives in an abject state, but he still defends his condition of modern slavery with arms in hand. He’ll even kill to make sure that progress continues on permanently and that the structures of Techno-industrial Civilization keep standing. That is why we get angry when ecologists and anarcho-utopians believe that a revolution of an “organization of the people” can bring about a better and more just world. Real change in our situation is completely impossible and any attempt at it would only reinforce civilization itself. In fact, any “revolution” would keep intact the principle structures for the continuance of human civilization. So for the foolish people who believe this, we say the following: your “classist comrades” at the demonstration in the city of Fortaleza were not beaten enough. Next time they should be killed! They aren’t but a band of drug addicts anyway who talk about how they’re the most radical and angry on social media. But that’s the only place they say that, because they lead a shitty life and they don’t do anything more than drink, take drugs, and complain about this and that according to their disgusting leftist principles.

Nature in this tropical country is also in decline in the Amazon region. In only a few years nothing will be left there, starting from the marvelous Cerrado that is on the brink of extinction. It’s no coincidence that the capital and other states are facing the most severe water crisis in national history. All of this is a reflection of the destruction caused by human hands. The ignorant among the hyper-civilized talk of the lack of investment in infrastructure when the problem is really ecological and is the result of their own activities. Even a person deformed by Down’s Syndrome can use a little piece of their brain to realize that, but the human masses continue to ignore all of it. In the meantime, all beauty fades away and this parasitic place known as the Federal District expands, flattening forests and rivers as was the case at the Pajés Sanctuary.

The accursed mass of civilized humans is accomplice to this decadence, to civilization, it adores the structures of the techno-industrial system and defends them in good faith. This is like a universal religion, maybe the most successful universal religion. The hyper-civilized human being does not deserve mercy, he is only a plague upon the Earth. He is like a cloud of locusts devouring entire landscapes so that nothing remains. Human beings only care about themselves and ignore the wild world. They hate it, they will never leave it alone or return to it. They will simply try to dominate it to feed human progress and expand artificiality. This is the inarguable goal of the civilized human, but it is also his greatest error. Human beings can sweep all of that is wild off the face of the Earth and affirm that they won the war, but sooner or later, sudden disasters will bring all of it down. Wild Nature will return to finish off the human race as it did the civilizations and empires of the past. We have decided to remain on the side of the untamed and wage war from there.

Indiscriminate like Wild Nature reacting, we will go about massively killing and attacking. We will attack humans and non-humans. We will alternate our attacks with natural disasters, declaring that the civilized human will always be our enemy.

We have a savage inheritance from our warrior ancestors. We affirm that we will continue the War against out principle targets, the Techno-industrial System and its intellectual mentors; as well as against those who finance its structures. We speak specifically of scientists, engineers, humanist philosophers, mathematicians, chemists, physicists, educators, architects, business people, technologists, etc. Now more than ever, we will continue to harm and kill common citizens indiscriminately. Any technophile should equally succumb to the vice of their own decadence.

To conclude, since we have gone on long enough in this communiqué, we hope that the head is torn off from the false eco-extremists who have been exposed by the communiqués of ITS-Mexico. For those who do not know, we refer to the false groups, “Shadows of the Forest” and “Guamera Eco-extremist War”. May the blood of those deceivers flow!

For indiscriminate terrorism against the Techno-Industrial System and the Citizenry!

Death to the moral of attack!

Watch out common citizens, scientists, educators, business people, investigators, engineers, physicists, mathematicians, programmers, technicians, chemists, architects, farmers, public officials, students, humanists, leftists, and any other techno-geek, any technophile, any progressivist, because we will be wading in civilized blood in this new Gregorian year!

Terrorizing and killing like the Caetês y los Tupinambás!

Violent like the Ka’apor defending their ancestral lands

 “Chaos is a precipice, it is a ladder. Many who try to climb it fail and never try again. They fall in defeat. And some have an opportunity to climb it, but they refuse. They remain in the kingdom, in the gods, in love. Illusions. Only the ladder is real, the ascent is all that exists.”

Individualists Tending Toward the Wild – Brazil

-Secret Wilderness Society

 Center-east Pindorama, overcast sky.

January 2017.

(es) Brasil – Vigésimo comunicado de Individualistas Tendiendo a lo Salvaje (Sociedad Secreta Silvestre)

Traducción al español del portugués del fiero comunicado de ITS-Brasil.

¡Por la expansión de la destrucción de los valores civilizados!

¡Adelante individualistas en GUERRA!


“Si ellos no respetan la Tierra nosotros tampoco respetaremos sus vidas”.

Primer comunicado de ITS

“A todxs aquellxs jueces sin su martillo lxs defeco y orino. A la ciudadanía espero le explosen infinitas bombas, porque “la inmunda vida ciudadana no solo se encuentra en los cuarteles”. Estoy contra la civilización y en la ciudadanía/humanidad considero es el objetivo más civilizado (me incluyo), son quienes están aferradxs al progreso y se empeñan en seguir destruyendo todo lo indómito, todo lo salvaje”

Kevin Garrido

Primera semana de 2017, sábado 7: abandonamos una mochila explosiva que contenía dos litros de gasolina y un recipiente con 1 kg de pólvora negra, relleno de fragmentos en medio de la multitud en la estación camionera Plano Piloto, en Brasilia. El artefacto explosivo-incendiario de detonación mecánica, estaba dirigido a cuántas personas pudiera alcanzar la explosión. No sabemos lo que pasó con el artefacto, pero es probable que haya sido encubierto por la Secretaría de Seguridad Pública del DF, debido a la preocupación en dar vida al pánico social generado por la supuesta existencia de células brasileñas del Estado Islámico. Sería muy embarazoso para los defensores de la ciudadanía, admitir que un explosivo fue dejado en un lugar por donde circulan alrededor de 600.000 civiles por día.

De cualquier modo, asumimos esto y todas sus posibles consecuencias, incluyendo la muerte o la mutilación de los ciudadanos comunes trabajadores.

mochila-explosiva-320x427

Algunas palabras de la Sociedad Secreta Silvestre / ITS-Brasil

El escenario es decadente, estremece como un terremoto en el país tropical. El “Brasil” pasa por la más intensa crisis en más de 30 años, una de las más graves en la historia, hay 12 millones de desempleados, estados completamente fallidos y con necesidad de intervención federal, delincuencia a la alza y cárceles superpobladas que dan lugar a rebeliones sangrientas que  arrancan un centenar de cabezas, la corrupción generalizada que envuelve a los partidos políticos gobernantes y opositores que socavar fondos que superan los mil millones, los “tres poderes” en confrontación política intensa, crisis hídrica que deja a un sinnúmero de ciudades sin agua, la inflación en constante aumento y los pasajes del transporte público en aumento, las medidas de austeridad que desgarran a la mitad la esperanza infinita de los miserables ciudadanos, sequías amargas que como plagas destruyen cultivos enteros, y tantas otras innumerables crisis sociales, económicas y ecológicas que nos costaría una larga lista. Definitivamente la parte “brasileña” de la gran civilización mundial se hunde en una de las crisis más severas de la historia. Los noticieros sólo anuncian que mejores días no vendrán, lo que trae la desesperación de dominar a la maldita vida de la masa humana, y nosotros nos carcajeamos.

Tal como ITS ha hecho en México, nosotros, la Sociedad Secreta Silvestre contribuiremos al curso de las cosas y empujaremos esta crisis a lo peor de lo peor, para llevar al abismo a esta sociedad decadente. Atacaremos indiscriminadamente a TODOS los tipos de objetivos humanos o no humanos, para generar terror e inestabilidad, y si es conveniente nos infiltraremos en protestas sociales para causar el Caos igualmente como fue en la aterrorizadora marcha contra el PEC 55 (1), en la Explanada de Ministerios que logró sorprender por su repentina transformación, en donde el resultado fue un mar de destrucción como coches quemados, apedreados y volcados, los Ministerio invadidos y destruidos, placas grafiteadas y arrancadas, monumentos vandalizados y muchos heridos y detenidos. NO nos simpatizamos con las inmundas reclamaciones sociales de organizaciones civiles presentes, y nos aprovechamos de la revuelta pasajera de los híper-civilizados para generar escenarios abismales, donde el fin es el debilitamiento de las estructuras del Sistema Tecno-industrial.

Ya lo ha afirmado el Grupúsculo Indiscriminado en su comunicado dieciocho y nosotros lo ratificamos: la especie humana está condenada a la extinción (2), y eso se lo ha impuesto ella misma por la forma de vida que ha decidido llevar. Para ver un planeta más hermoso en donde lo salvaje pueda fluir, la especie humana debe ser extinta.

No hay nada que se salve en esta Guerra, el principal problema ya no es sólo lo “político” o el “gobierno” o el “estado”, no es el “capitalismo”, el “fascismo”  o el “comunismo”, no es el “autoritarismo”, “militarismo” o las “jerarquías”, no es ni siquiera el propio Sistema Tecnológico-industrial, pues si acaso, de alguna manera es eliminado el ser humano moderno occidentalizado,  este trabajará de reanudar el progreso y mantener las estructuras de la civilización intactas, entonces el problema es el PROPIO HUMANO civilizado. Incluso el mismo Ted Kaczynski, el “Dios” de los anarcoprimitivistas “más radicales”, con lucidez reconoce que incluso con la eliminación del Sistema Tecnológico-Industrial, la civilización seguiría en pie (3), tal vez sea fragmentada en muchas otras, regionalmente reasignadas, entonces para que la civilización sea efectivamente eliminada, la lucha debe enfocarse en combatir a la propia especie humana como hoy es conocida. De cualquier forma, nosotros los eco-extremistas no creemos que nuestras acciones eliminarán la civilización, y pensamos que sucumbirá por lo propio de lo indómito dentro de unos años, pero mientras pisemos esta tierra atentaremos hasta las últimas consecuencias para causar el máximo daño posible en este escenario para que más rápido se produzca.

El estilo de vida adoptado por el ser humano civilizado se convirtió en una cultura cancerígena, que a través de la cruz y la espada (en tiempos antiguos) colonizó gran parte del mundo, y a través de la tecnología (en los tiempos modernos), se impuso en el resto. Uno tiene que aceptar, no hay NADA libre de ella. Los pocos pueblos nativos que aún existen serán tragados por el progreso en pocos años, y la pequeña Naturaleza Salvaje que queda se verá sepultada por el progreso urbano en una fracción de tiempo. La Guerra pasa a ser contra TODO lo existente, pues hasta disparar incluso sin rumbo hacia arriba es un ataque contra la civilización, porque el ser humano intenta dominarlo todo, incluyendo los cielos. El progresismo continuará y esta dominación seguirá para alcanzar el control de la mente humana a través de la nanotecnología, para erradicar definitivamente por completo nuestros instintos animales. El intento de controlar todas las cosas, terminará con la robotización del ser humano, resultando en el transhumanismo dentro de un mundo similar a lo que ya se están construyendo con el “Internet de las cosas” (Internet of things), en el que todo se virtualiza, es medido, observado, conectado, controlado y contenido, donde la Naturaleza Salvaje y nuestra libertad individual está completamente erradicada, y lo artificial prevalece dentro de un “ciber-mundo”, este es el escenario por donde el mundo se dirige.

Dejamos claro que la decadente masa humana es nuestra enemiga mortal, la ciudadanía es nuestra enemiga mortal. Al igual que cómo los científicos, ingenieros, empresarios, etc., el ciudadano común es también responsable de la destrucción de la Naturaleza Salvaje y el responsable por el avance del destructivo progreso humano, y para llegar a esta conclusión sólo basta citar una simple premisa anarquista: “todo el poder emana del pueblo”. ¿Si el poder emana del pueblo, la destrucción no está también en sus manos? ¡SÍ! “Ah, pero las personas están alienadas, están distraídas”, “¡es preciso despertarlas!”, “están desorganizadas, necesitan organización de base”, dicen los superhéroes anarquista que no pueden reunir ni 10 personas (con afinidades) en una cuadra. ¿Cómo va a hacer algo? ¿Con una varita mágica? ¡Imbéciles! La masa humana no les importa lo que dicen, no se interesan sus demandas “clasistas” y “liberadoras”. La masa humana está preocupada únicamente en servir y trabajar, en conseguir mucho dinero para comprar bienes infinitos que cuestan miles de bosques destruidos y montañas, un sinnúmero de ríos, lagos y mares contaminados, altos porcentajes de aire contaminado y muchas especies de animales extintos, ella sabe muy bien que su estado es miserable, y aún defiende con las armas en la mano la condición de esclavitud moderna, y podrá incluso matar para asegurar que el progreso siga permanente y que las estructuras tecnológica-industrial se mantengan  en pie. Es por eso que nos enojamos con los ecologistas y anarco-utópicos que creen en una “revolución”, que creen en la “organización del pueblo” para un “mundo mejor y más justo.” Un marco de cambio en este escenario es completamente imposible, y cualquier intento sólo fortalece a la civilización misma. De hecho, cualquier “revolución” como se le conoce, mantendrá las principales estructuras para la continuación de la civilización humana. Así que para los ingenuos que creen en esto, decimos lo siguiente: golpearon poco de sus “compañeros clasistas” en la manifestación en la ciudad de Fortaleza. ¡Que resulten muertos para la próxima vez!, porque al final no son más que una banda de drogadictos que en las redes sociales predican ser los más radicales e indignados, pero sólo en la red… porque llevan una vida de mierda, y no hacen nada fuera de ella, excepto beber, drogarse y reclamar sobre esto y aquello en base a sus inmundas premisas izquierdistas.

Igualmente decadente es también la naturaleza en el país tropical, en estas tierras amazónicas. En unos pocos años no quedará nada por aquí, empezando por el maravilloso Cerrado ya al borde de la extinción (4). No es casualidad que la capital y otros estados enfrenten la peor crisis de agua en la historia nacional (5), pues todo esto es un reflejo de su propia destrucción causada por las manos humanas. Los ignorantes híper-civilizados sólo hablan de “la falta de inversión en infraestructura”, cuando en realidad el problema es ecológico y procede de sus propias actividades. Incluso un deformado con síndrome de down que se esfuerza por utilizar su pedazo de cerebro es capaz de darse cuenta de esto, pero la masa humana sigue haciendo caso omiso de todo, mientras que lo bello se desvanece y este lugar parasitario llamado Distrito Federal se expande pasando por encima de los bosques y ríos (6), como lo hicieron con el Santuário dos Pajés (7).

La masa humana y su huésped maldito, el ser humano civilizado, es cómplice de la decadencia, de la civilización, ella adora las estructuras del sistema tecnológico-industrial y las defiende con fe, es como una religión universal, tal vez la más exitosa religión universal. El ser humano híper-civilizado no merece piedad, es sólo una plaga en esta tierra, es como una nube de langostas que devoran paisajes enteros hasta que no queda nada, el ser humano sólo se preocupan con el mismos y extraña el mundo salvaje, odia ello, nunca lo dejará en paz ni regresará a ello, intentará siempre dominarlo para que el progreso humano sea alimentado y la artificialidad siga en expansión, ésta es la opción indiscutible del ser humano civilizado, pero es también su mayor error. El ser humano puede incluso barrer todo lo salvaje de la faz de la tierra y afirmar que la batalla ya fue ganada, pero tarde o temprano los desastres repentinos pueden poner todo abajo, la Naturaleza Salvaje regresará a acabar con esta raza humana como lo hizo con todas las civilizaciones y los imperios del pasado, y es del lado de lo indómito en donde decidimos permanecer y guerrear.

Indiscriminados como la Naturaleza Salvaje reaccionando, iremos a atentar y a asesinar masivamente, atacaremos a los humanos y no-humanos, y alternaremos nuestros ataques junto a las catástrofes naturales, declarando que el ser humano civilizado siempre será nuestro enemigo.
Tenemos la herencia salvaje de nuestros guerreros antepasados, afirmamos que vamos a seguir en Guerra en contra de nuestros principales objetivos, el Sistema Tecnológico-Industrial y los mentores intelectuales y financiadores de sus estructuras, precisamente nos referimos a los científicos, ingenieros, humanistas filósofos, matemáticos, químicos, físicos, educadores, arquitectos, empresarios, tecnólogos, etc., seguiremos también y más que nunca despreocupados en afectar o matar a los ciudadanos comunes. Cualquier tecnófilo debe igualmente sucumbir mediante el vicio de su propia decadencia.

Y para finalizar, ya que nos extendimos bastante en este comunicado, esperamos que las cabezas arrancadas de los falsos eco-extremistas sean expuestas pronto en los comunicados de ITS-México. Para aquellos que no saben, nos referimos a los falsos grupos “Sombras de los Bosques” y “Guerra Eco-extremista Guamera”. ¡Que la sangre de estos engañadores corra!

¡Por el terrorismo indiscriminado contra el Sistema Tecno-Industrial y la Ciudadanía!

¡Muerte a la moral del ataque!

¡Cuídense ciudadanos comunes, cuídense científicos, educadores, empresarios, investigadores, ingenieros, físicos, matemáticos, programadores, técnicos, químicos, arquitectos, grandes agricultores, funcionarios públicos, estudiantes, humanistas, izquierdistas y cualquier otro tecno-nerd, cualquier tecnófilo, cualquier progresista, porque encharcaremos de sangre civilizada este nuevo año gregoriano!
¡Aterrorizando y asesinado como los Caetês y los Tupinambás!

¡Violentos como los Ka’apor defendiendo sus Tierras Ancestrales!
“El Caos no es un precipicio, el Caos es una escalera. Muchos de los que tratan de subir fracasan y nunca intentan nuevamente, caen a la derrota. Y algunos que tienen una oportunidad de subir, se niegan. Se mantienen en el reino, en los dioses, en el amor. Ilusiones. Sólo la escalera es real, la subida es todo lo que existe”.
Individualistas Tendiendo a lo Salvaje – Brasil
– Sociedad Secreta Silvestre

Centro-oeste de Pindorama, cielo nublado.

Enero de 2017.
Notas:

1 – http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/11/30/apos-protesto-da-pec-esplanada-tem-manha-de-limpeza-e-calculo-de-prejuizo.htm

2 – http://www.brasilpost.com.br/2015/06/22/sexta-extincao-em-massa-ja-comecou_n_7641448.html

3 – https://kataklysma.noblogs.org/?p=4574

4 – http://brasilescola.uol.com.br/brasil/cerrado-um-risco-extincao-goias.htm

5 – http://www.metropoles.com/distrito-federal/meio-ambiente/a-pior-crise-hidrica-no-df-nao-tem-data-para-acabar | http://www.jornalopcao.com.br/entrevistas/o-cerrado-esta-extinto-e-isso-leva-ao-fim-dos-rios-e-dos-reservatorios-de-agua-16970/

6 – http://www.jornaldebrasilia.com.br/cidades/meio-ambiente-a-cidade-cresce-e-o-cerrado-desaparece/

7 – https://www.youtube.com/watch?v=MHlDZdfp4bc

(pt) Brasil – Vigésimo comunicado de Individualistas Tendendo ao Selvagem (Sociedade Secreta Silvestre)

Comunicado número 20 de ITS, ahora desde Brasil. El fiero grupo “Sociedad Secreta Silvestre” se adjudica la colocación de un artefacto explosivo/incendiario en una central camionera en Brasilia y publica sus incomodas palabras.

¡POR EL ATAQUE INDISCRIMINADO Y LA EXPANCIÓN DE LA MAFIA ECO-EXTREMISTA!


“Se eles não respeitam a Terra tampouco nós respeitaremos suas vidas.”
– Primeiro comunicado de ITS

[…] defeco e urino em todos aqueles juízes sem seu martelo. À cidadania espero que exploda infinitas bombas, porque “a imunda vida cidadã não se encontra apenas nos quartéis”. Estou contra a civilização e considero a cidadania/humanidade o alvo mais civilizado (me incluo), é isto que está agarrado ao progresso e se empenha em seguir destruindo todo o indômito, todo o selvagem […]
– Kevin Garrido

Primeira semana de 2017, sábado 7: abandonamos uma mochila explosiva contendo dois litros de gasolina e um recipiente com 1 quilo de pólvora negra recheado de fragmentos em meio a multidão na Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília. O artefato explosivo-incendiário de acionamento mecânico estava dirigido a quantas pessoas a explosão conseguisse alcançar. Nós não sabemos o que houve com este artefato, mas é provável que tenha sido acobertado pela Secretaria de Segurança Pública do DF devido a preocupação em dar vida ao pânico social gerado pela suposta existência de células brasileiras do Estado Islâmico. Seria muito vergonhoso para os defensores da cidadania admitirem um explosivo abandonado num local onde circulam cerca de 600 mil civis por dia.

De qualquer modo, assumimos este ato e todas as suas consequências possíveis, inclusive a morte ou a mutilação de cidadãos comuns trabalhadores.

mochila-explosivaAlgumas palavras da Sociedade Secreta Silvestre/ITS-Brasil

O cenário é decadente, estremece como um terremoto no país tropical. O “Brasil” passa pela mais intensa crise em mais de 30 anos, uma das mais severas na história, são 12 milhões de desempregados, estados completamente falidos e com necessidade de intervenção federal, delinquência em alta e presídios superlotados que dão lugar à rebeliões sanguinárias que arrancam uma centena de cabeças, corrupção generalizada que envolve partidos políticos governistas e oposionistas por inteiro e minam cifras de dinheiro que ultrapassam a casa dos bilhões, os “três poderes” em intensa confrontação política, crise hídrica que deixa incontáveis cidades sem água, inflação em aumento contínuo e passagens de trasporte público que sobem, medidas de austeridade que rasgam ao meio a infinita esperança dos miseráveis cidadãos, secas amargas que como pragas dizimam plantações por completo e tantas outras incontáveis crises sociais, econômicas e ecológicas que nos custaria uma longa lista. Definitivamente a “ala brasileira” da grande civilização mundial se encontra afundada em uma das mais intensas crises na história. Nos noticiários apenas anúncios de que dias melhores não virão, o que leva o desespero a dominar a maldita vida da massa humana, e disso nós gargalhamos.

Tal qual como ITS tem feito no México nós da Sociedade Secreta Silvestre contribuiremos para o curso das coisas e empurraremos esta crise ao pior do pior para levar ao abismo esta sociedade decadente. Nós atacaremos indiscriminadamente de TODOS os modos alvos humanos ou não para gerar terror e instabilidade, e se nos for conveniente nos infiltraremos em protestos sociais para causar o Caos igualmente como houve na aterrorizadora marcha contra a PEC 55 (1) na Esplanada dos Ministérios que conseguiu nos surpreender por sua transformação repentina onde o saldo foi um mar de destruição com carros incendiados, depredados e tombados, Ministérios invadidos e destruídos, placas pixadas e arrancadas, monumentos vandalizados e muitos feridos e detidos. Nós NÃO simpatizamos com as imundas reclamações sociais das organizações civis presentes e apenas nos aproveitamos da revolta passageira dos hiper-civilizados para gerar cenários abismais onde o fim seja a fragilização das estruturas do Sistema Tecno-industrial.

Já afirmou o Grupúsculo Indiscriminado no comunicado dezoito e ratificamos: a espécie humana está fadada à extinção (2) e isso ela mesma impôs mediante o modo de vida que decidiu levar. Para haver um planeta belo onde o selvagem possa seguir fluindo a espécie humana deve ser extinta.

Não há mais nada o que se poupar nesta Guerra, o problema principal já não é apenas o “político”, “governo” ou o “estado”, não é o “capitalismo”, “fascismo” ou “comunismo”, não é o “autoritarismo”, “militarismo” nem as “hierarquias”, não é nem mesmo o próprio Sistema Tecnológico-Industrial, pois se acaso ele for de algum modo eliminado o ser humano moderno ocidentalizado trabalhará para retomar o progresso e manter as estruturas da civilização intactas, então o problema é o PRÓPRIO HUMANO civilizado. Até mesmo Ted Kaczynski, “o Deus” dos anarcoprimitivistas “mais radicais”, reconhece lucidamente que mesmo com a eliminação do Sistema Tecnológico-Industrial a civilização continuaria de pé (3), talvez se fracionando em muitas outras regionalmente realocadas, então para que a civilização seja efetivamente eliminada a luta deve focar-se em combater a própria espécie humana como hoje é conhecida. De qualquer forma nós eco-extremistas não cremos que nossas ações eliminarão a civilização, ela sucumbirá mediante o próprio indômito em alguns anos, mas enquanto pisarmos nesta terra atentaremos até as últimas consequências para causar o máximo de danos possíveis neste cenário para que mais rápido isso ocorra.

O estilo de vida adotado pelo ser humano civilizado converteu-se em uma cultura cancerígena que por meio da cruz e a espada (em tempos antigos e médios) colonizou grande parte do mundo e por meio da tecnologia (em tempos modernos) se impõs no que restou. Há de se aceitar, não resta mais NADA livre disso tudo. Os poucos povos tribais que ainda existem serão engolidos pelo progresso em poucos anos e a pequena Natureza Selvagem que resta será cimentada pelo avanço urbano em uma fração de tempo. A Guerra passou a ser contra o TUDO existente, pois até mesmo atirar sem rumos para o alto tornou-se um ataque contra a civilização, pois o ser humano tenta dominar tudo, inclusive os céus. O progressismo continuará e esta dominação seguirá até alcançar o controle da mente humana por meio da nanotecnologia para, por fim, erradicar por completo os nossos instintos animais. A tentativa de controle sobre todas as coisas terminará com a robotização do ser humano, resultará num transhumanismo dentro de um mundo semelhante ao que já estão construindo com a “internet das coisas” (internet of things), onde tudo é virtualizado, medido, observado, conectado, controlado e contido, onde a natureza selvagem e a nossa liberdade individual esteja completamente erradicada e o artificial impere dentro de um “cybermundo”, é este o cenário para onde o mundo ruma.

Deixaremos claro que a decadente massa humana é nossa inimiga mortal, a cidadania é nossa inimiga mortal. Tal qual como os cientistas, engenheiros, empresários, etc. o cidadão comum é igualmente responsável pela destruição da Natureza Selvagem e responsável pelo avanço do destrutivo progresso humano e para chegar a esta conclusão basta utilizar a simples premissa anarquista: “todo o poder emana do povo”. Se o poder emana do povo a destruição também não está em suas mãos??? SIM! “ah, mas o povo está alienado, está destraído.”, “é preciso despertá-lo!”, “estão desorganizados, é preciso organização de base.”, disseram os super-heróis anarquistas que não conseguem reunir 10 pessoas (com afinidade) numa praça. Farão isso como? Com uma varinha de condão? Imbecis! A massa humana está pouco se lixando para o que falam, está pouco se lixando para suas demandas “classistas” e “libertadoras”. A massa humana está preocupada apenas em servir e trabalhar, em conseguir muito papel moeda para comprar infinitos bens que custaram milhares de florestas e montanhas destruídas, incontáveis rios, lagos e mares contaminados, porcentagens elevadas de ar poluído e muitas espécies de animais extintas, ela sabe muito bem de seu estado miserável e ainda sim defenderá com armas em mãos a condição de servidão moderna e será capaz de até mesmo matar para garantir que o progresso siga em curso e a estrutura tecnológica-industrial permaneça de pé. É por isso que enojamos os ecologistas e anarco-utopistas que crêem na “revolução”, que crêem na “organização do povo” por um “mundo melhor e mais justo”. Um quadro de grande mudança neste cenário é completamente impossível e qualquer tentativa apenas fortalecerá a própria civilização. Aliás, qualquer “revolução” como é conhecida manterá de pé as principais estruturas para a continuação da civilização humana. Então aos ingênuos que crêem nisso dizemos o seguinte: apanharam pouco dos seus “companheiros classistas” na manifestação que houve em Fortaleza. Que sejam mortos da próxima vez, pois no fim das contas não passam de um bando de drogados que nas redes sociais pregam ser os mais radicais e os indgnados, mas apenas nas redes…. pois levam uma vida de merda e nada fazem fora delas a não ser beber, se drogar e reclamar disso e daquilo com base em suas imundas premissas esquerdistas.

Igualmente decadente está também a natureza no país tropical, nestas terras amazônicas. Em poucos anos nada restará por aqui, a começar pelo maravilhoso Cerrado que já beira a extinção (4). Não é por acaso que a capital e outros estados enfrentam a pior crise hídrica na história nacional (5), tudo isso é reflexo da própria destruição causada por mãos humanas. Os ignorantes hiper-civilizados falam apenas em “falta de investimentos em infraestrutura” quando na verdade o problema é ecológico e procede de suas próprias atividades. Até mesmo um deformado com síndrome de down que se esforça para utilizar seu pedaço de cérebro é capaz de perceber isso, mas a massa humana segue ignorando enquanto todo o belo se desvanece e este local parasitário chamado Distrito Federal se expande passando por cima de matas e rios (6), assim como fizeram com o Santuário dos Pajés (7).

A massa humana e seu hospedeiro maldito, o ser humano civilizado, é cúmplice da decadência, da civilização, ela cultua as estruturas do sistema tecnológico-industrial e as defende com fé, é como uma religião universal, talvez a mais bem sucedida religião universal. O ser humano hiper-civilizado não merece piedade, pois é apenas uma praga sob esta terra, é como uma nuvem de gafanhotos que devora paisagens inteiras até que nada reste, se importa apenas consigo mesmo e despreza o mundo selvagem, o estranha, o detesta, nunca o deixará seguir em paz ou regressará a ele, tentará sempre o seu domínio para que o progresso humano seja alimentado e a artificialidade siga expandindo, então é esta a escolha irrenunciável do ser humano civilizado, mas é também este o seu maior erro. O ser humano pode até varrer todo o selvagem da face da terra e o dar por vencido, mas cedo ou tarde repentinas catástrofes colocarão tudo abaixo e a Natureza Selvagem regressará e acabará com esta raça assim como fez com todas as civilizações e impérios passados, e é do lado do indômito que decidimos permanecer e guerrear.

Indinscriminados como a Natureza Selvagem reagindo nós iremos atentar e assassinar massivamente, atacaremos alvos humanos e não-humanos e alternaremos nossos ataques junto a catástrofes naturais declarando que o ser humano civilizado sempre será nosso inimigo.

Herdamos a herança selvagem de nossos antepassados guerreiros, afirmamos que nós seguiremos Guerreando contra nossos alvos principais, o Sistema Tecnológico-Industrial e os mentores intelectuais e financiadores de suas estruturas, precisamente nos referimos a cientistas, engenheiros, filósofos humanistas, matemáticos, químicos, físicos, educadores, arquitetos, empresários, tecnólogos etc., mas seguiremos também mais do que nunca despreocupados em poder estar ferindo ou matando o cidadão comum. Qualquer tecnófilo deve igualmente sucumbir mediante ao vício de sua própria decadência.

E para finalizar, já que estendemos bastante este comunicado, esperamos que a cabeça arrancada dos falsos eco-extremistas sejam em breve expostas em um comunicado de ITS México. Para os que não sabem nós nos referimos aos falsários grupos “Sombra dos Bosques” e “Guerra Eco-extremista Guamera”. Que o sangue destes enganadores jorre!

Pelo terrorismo indiscriminado contra o Sistema Tecno-industrial e a Cidadania!

Morte à moral do ataque!

Cuidem-se cidadãos comuns, cuidem-se cientistas, educadores, empresários, pesquisadores, investigadores, engenheiros, físicos, matemáticos, programadores, tecnólogos, químicos, arquitetos, ruralistas, funcionários do governo, alunos, humanistas, esquerdistas e qualquer outro tecno-nerd, qualquer outro tecnófilo, qualquer progressista, pois encharcaremos de sangue civilizado este novo ano gregoriano!

Aterrorizando e assassinando como os Caetês e Tupinambás!

Violentos com os Ka’apor defendendo suas Terras Ancestrais!

“O Caos não é um precipício, o Caos é uma escada. Muitos que tentam subi-la fracassam e nunca podem tentar novamente, a queda os derrota. E alguns recebem a chance de subir, mas se recusam. Prendem-se ao reino, ou aos deuses, ou ao amor. Ilusões. Apenas a escada é real, a subida é tudo que existe.”

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Brasil

– Sociedade Secreta Silvestre

Centro-oeste de Pindorama, céu nublado.

Janeiro de 2017.

Notas:

1 – http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/11/30/apos-protesto-da-pec-esplanada-tem-manha-de-limpeza-e-calculo-de-prejuizo.htm
2 – http://www.brasilpost.com.br/2015/06/22/sexta-extincao-em-massa-ja-comecou_n_7641448.html
3 – https://kataklysma.noblogs.org/?p=4574
4 – http://brasilescola.uol.com.br/brasil/cerrado-um-risco-extincao-goias.htm
5 – http://www.metropoles.com/distrito-federal/meio-ambiente/a-pior-crise-hidrica-no-df-nao-tem-data-para-acabar | http://www.jornalopcao.com.br/entrevistas/o-cerrado-esta-extinto-e-isso-leva-ao-fim-dos-rios-e-dos-reservatorios-de-agua-16970/
6 – http://www.jornaldebrasilia.com.br/cidades/meio-ambiente-a-cidade-cresce-e-o-cerrado-desaparece/
7 – https://www.youtube.com/watch?v=MHlDZdfp4bc